Restauração e história da Igreja
John Taylor
Notas de rodapé
Tema

John Taylor

John Taylor serviu como terceiro presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias de 1880 até sua morte, em 1887. Tendo nascido em 1808 em Milnthorpe, Inglaterra, filiou-se à Igreja em 1836 com a esposa, Leonora Cannon Taylor, enquanto morava em Toronto, Canadá. Sobreviveu ao ataque da turba à Cadeia de Carthage quando Joseph e Hyrum Smith foram mortos, mas ficou gravemente ferido. Nos 40 anos em que Taylor serviu como apóstolo, foi editor de vários jornais da Igreja, publicou livros e folhetos, pregou na Inglaterra e na América do Norte e supervisionou as primeiras missões na Alemanha e na França. Depois da morte de Brigham Young em 1877, Taylor inicialmente liderou a Igreja como presidente do Quórum dos Doze Apóstolos. Em 1880 foi ordenado terceiro presidente da Igreja e reorganizou a Primeira Presidência.

John Taylor

Retrato de John Taylor em perfil.

Enquanto presidia a Igreja como presidente do Quórum dos Doze, John Taylor aprovou a criação da organização Primária e designou por imposição de mãos as primeiras presidentes gerais das organizações femininas da Igreja. Como presidente da Igreja, supervisionou a aceitação da Pérola de Grande Valor como escritura e um programa de assistência a dívidas e outros empreendimentos de bem-estar para os pobres, como parte de um jubileu comemorativo do aniversário de 50 anos da Igreja.

À medida que a pressão do governo contra o casamento plural aumentava na década de 1880, Taylor resistiu, tendo aceitado o casamento plural em Nauvoo, Illinois. Em sua vida, casou-se com oito mulheres. O presidente Taylor passou grande parte de seus últimos anos escondendo-se das autoridades federais. Faleceu em julho de 1887.

Para mais informações sobre a vida de John Taylor, ver Profetas da Restauração em history.ChurchofJesusChrist.org ou no aplicativo Biblioteca do Evangelho.