Guias e chamados
Escolher métodos adequados
anterior seguinte

26

Escolher métodos adequados

Como professor do evangelho, você serve de representante do Senhor perante seus alunos. Certifique-se de que tudo o que ensinar esteja de acordo com a vontade Dele. Em cada aula, mostre reverência pelas verdades do evangelho.

O Senhor disse: “Lembrai-vos de que aquilo que vem de cima é sagrado e deve ser mencionado com cuidado e por indução do Espírito”. (D&C 63:64) Os métodos que você utilizar para ensinar as verdades do evangelho ajudarão os alunos a desenvolver sensibilidade pelas coisas sagradas. Portanto, certifique-se de que os métodos sejam adequados aos princípios ensinados e aos padrões da Igreja. Embora haja vários métodos que possam ajudá-lo a transmitir determinada mensagem, alguns deles talvez não sejam convenientes para determinada ocasião devido ao tema da aula ou à idade e experiência de seus alunos.

Sempre que pensar em utilizar determinado método, faça a si mesmo as perguntas a seguir para assegurar-se de que ele seja adequado.

Este método vai convidar o Espírito?

O Espírito deve estar presente para que uma mensagem do evangelho seja levada ao coração dos alunos. (Ver 2 Néfi 33:1; D&C 42:14.) Portanto, utilize métodos que proporcionem um clima adequado à aula e convidem o Espírito. Um professor de Doutrina do Evangelho, por exemplo, utilizou a música para falar do martírio do Profeta Joseph Smith. Durante a fase de preparação da aula, o professor pediu a um membro da ala que se preparasse para cantar “Um Pobre e Aflito Viajor”. (Hinos, nº 15) Durante a aula, o hino ajudou a transportar os alunos no tempo e no espaço, levando-os para os instantes que antecederam o ataque das turbas, quando John Taylor cantou esse hino para seus irmãos na cadeia de Carthage. O Espírito, de forma doce e solene, tornou aquele momento marcante para todos.

O método é condizente com o caráter sagrado dos princípios que estou ensinando?

Alguns métodos didáticos são mais descontraídos e informais que outros e, portanto, adequados somente em determinadas ocasiões. Não seria correto, por exemplo, utilizar uma dramatização para representar a Ressurreição. Todavia, pode-se utilizá-la para demonstrar como podemos ser bons vizinhos.

Este método vai edificar e fortalecer meus alunos?

O aprendizado do evangelho deve ser uma experiência positiva e agradável que ajude os alunos a perceber sua natureza divina. Seus alunos devem sentir que você os ama e respeita.

Os assuntos polêmicos ou sensacionalistas não edificam a fé e o testemunho e não devem ser utilizados. Tampouco use métodos que venham a constranger ou depreciar alguém.

Os materiais que pretendo usar são aprovados pela Igreja?

Utilize as edições atualizadas das obras-padrão e os manuais de lições publicados pela Igreja. Antes de consultar outras fontes, examine os métodos sugeridos no manual do professor. Todos os materiais ou idéias que você utilizar que não estejam na lição e nas escrituras devem ressaltar a verdade e a retidão. Para complementar a lição e as escrituras, utilize discursos das conferências gerais, A Liahona e outros materiais e gravuras produzidos pela Igreja.

Segui os procedimentos corretos ao preparar-me para utilizar este método?

Alguns métodos exigem preparação específica. É preciso receber a aprovação do bispo, por exemplo, para convidar pessoas para falar na ala e do presidente de estaca para trazer palestrantes para as reuniões da estaca. (Ver Manual de Instruções da Igreja, Volume 2: Líderes do Sacerdócio e das Auxiliares [1998], p. 325)

Outras Informações

Há mais informações sobre a escolha de métodos didáticos nas lições 8 e 9 do curso Ensinar o Evangelho (páginas 222–229).