Guias e chamados
Procurar lições em tudo
anterior seguinte

10

Procurar lições em tudo

”E agora, como começaste a ensinar a palavra, assim desejo que continues a ensinar. E desejo que sejas diligente e moderado em todas as coisas.” (Alma 38:10)

Enquanto trabalhava em seu jardim, um presidente de estaca estava pensando no discurso que iria fazer na conferência de estaca que se aproximava. Ele estava planejando falar sobre como fortalecer a família.

Sua vizinha, que parecia ter um talento especial para cuidar de flores e deixá-las viçosas, também estava trabalhando em seu jardim. Ele chamou-a e perguntou: “Qual é o seu segredo na jardinagem?”

A resposta que ela deu foi profundamente simples. Ela disse: “Fico sempre perto do jardim. Visito-o todos os dias, mesmo quando não é conveniente para mim. E enquanto estou aqui, fico atenta a sinais de pequenos problemas que possam estar acontecendo, como ervas daninhas, insetos e problemas no solo. Todas essas dificuldades são facilmente contornáveis se detectadas e corrigidas no início, mas irreparáveis se negligenciadas”.

O presidente de estaca foi inspirado a comparar a preocupação de sua vizinha com seu jardim com o cuidado que devemos ter com nossa família. No discurso que fez na conferência de estaca, falou sobre o jardim de sua vizinha. Observou que se quisermos que nossos relacionamentos com os membros da família floresçam, precisamos ficar “perto do jardim”, dedicar tempo a eles todos os dias, conversar com eles, externar-lhes nossa gratidão e procurar sinais de problemas em potencial que possam ser resolvidos antes que seja tarde demais.

Uma irmã presente à conferência lembrou-se do discurso do presidente de estaca quando viu que algumas de suas plantas haviam murchado. Ela não se dera ao trabalho de acompanhar o progresso delas diariamente. Isso fez com que ela pensasse em seus filhos que estavam crescendo e se comprometesse a não desperdiçar os poucos anos que teria junto a eles. Por causa do que aprendeu com seu presidente de estaca, tornou-se uma melhor mãe.

O presidente de estaca seguira o exemplo do Salvador, que sempre comparava verdades espirituais a objetos e atividades familiares e prosaicos. Você pode fazer o mesmo; pode encontrar lições de vida nas coisas que faz e observa todos os dias. Ao ponderar e orar sobre uma lição e sobre seus alunos, o mundo a sua volta pode ganhar vida e fornecer respostas a perguntas e exemplos de princípios do evangelho.

Os dois exemplos a seguir mostram como outros professores identificaram lições em suas observações cotidianas:

Uma professora da Primária ficou observando uma família na Igreja certo domingo. Notou quando um menino da família, que pertencia a sua classe e às vezes era descortês com os colegas de turma, auxiliou a irmã. “Esse é o exemplo de que preciso”, ela disse a si mesma. “Isso vai ilustrar o princípio e ajudar esse menino.” Posteriormente, ela deu o exemplo em uma aula sobre a bondade. As crianças aprenderam com o exemplo, e o menino começou a melhorar seu comportamento e relacionamento com os colegas de turma.

Um pai e seu filho estavam brincando com blocos. Quando o menininho fez algumas tentativas infrutíferas de construir grandes estruturas sobre bases pequenas, o pai enxergou aí uma oportunidade de ensino. Ele explicou a importância de alicerces fortes e sólidos. Então, antes de continuarem a brincar, leu Helamã 5:12, que diz que “é sobre a rocha de nosso Redentor, que é Cristo, o Filho de Deus, que [devemos] construir os [nossos] alicerces”. Mais tarde, no mesmo dia, a família estudou as escrituras em conjunto. Em uma lição curta que reforçava a passagem que leram, pai e filho mostraram os blocos e conversaram sobre a importância de construir sobre o alicerce de Cristo.

Desenvolver Olhos e Ouvidos de Professor

As seguintes sugestões podem ajudá-lo a identificar oportunidades de ensino em todos os lugares.

Estude as lições com bastante antecedência. Se você estiver familiarizado com as aulas que dará, vai estar mais atento às ocorrências do dia-a-dia que poderão ser utilizadas nelas. Se for lecionar para uma classe que tenha um manual, é proveitoso ter uma boa noção do conteúdo do livro inteiro. Então, você estará mais apto a determinar quando certa observação poderá aplicar-se a uma lição que só ensinará dentro de várias semanas.

Ore todos os dias pedindo auxílio em sua preparação. Peça ao Pai Celestial que o ajude a tomar conhecimento de coisas que tornarão suas aulas mais memoráveis, inspiradoras e cheias de vida para seus alunos.

Tenha sempre em mente as pessoas que você ensina e a aula que está preparando. Pense em seus alunos. Reflita sobre a vida deles, as decisões que precisam tomar e os rumos que estão seguindo. Esteja aberto a idéias que poderão ser utilizadas no ensino ao fazer coisas como estudar as escrituras ou observar as belezas da natureza. Elas poderão ocorrer-lhe enquanto realiza atividades como limpar a casa, ir para o trabalho ou fazer compras. Praticamente qualquer experiência pode fornecer exatamente o exemplo, a ilustração ou o esclarecimento de que você precise para uma aula do evangelho.

Registre as Impressões que Receber

Ao identificar idéias de ensino a sua volta, não deixe de registrar as impressões que receber. Tenha sempre à mão um pequeno caderno e escreva sobre as coisas que lhe chamarem a atenção por serem idéias de ensino em potencial. Registre impressões que tiver ao ouvir discursos ou participar de aulas. Escreva sobre experiências que fortaleçam a fé. Ao criar o hábito de anotar essas coisas, você desenvolverá uma percepção cada vez mais aguçada dos ricos recursos didáticos a seu redor.

Não se preocupe com a forma pela qual essas idéias serão utilizadas, apenas tome nota delas. Às vezes, suas observações se aplicarão a uma aula que vai dar dentro em breve, mas outras vezes, você verá ilustrações ou exemplos maravilhosos de princípios que só vai ensinar após semanas ou mesmo anos. Caso não os registre, poderá esquecê-los.

Você pode também criar uma pasta para cada uma das aulas que vai dar nos próximos meses. À medida que lhe ocorrerem ilustrações com objetos, comparações e outras idéias, ponha um lembrete na respectiva pasta. Quando chegar a hora de preparar uma aula específica, talvez você se dê conta de que recolheu um vasto cabedal de idéias e atividades para enriquecer a lição.