Tópicos
Dívidas
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Dívidas

Por intermédio do Profeta Joseph Smith, o Senhor disse certa vez a um grupo de membros da Igreja: “Eis que é minha vontade que pagueis todas as vossas dívidas”. (D&C 104:78) Desde os primórdios da Igreja, os profetas do Senhor têm-nos alertado continuamente a evitar a servidão ocasionada pelas dívidas.

Um dos grandes perigos das dívidas são os juros que as acompanham. Alguns tipos de crédito, tais como os dos cartões de crédito, cobram juros altíssimos. Uma vez que alguém tenha dívidas, compreenderá que os juros não têm misericórdia. Eles continuam a acumular-se, independentemente da situação—esteja você trabalhando ou desempregado, saudável ou doente. Eles nunca desaparecerem até que a dívida seja paga. Não se deixe enganar pelas ofertas de crédito, mesmo que elas façam a dívida parecer atraente pela promessa de juros baixos ou até mesmo de não cobrar juros por um certo período.

Examine a sua condição financeira. Discipline-se ao comprar, evitando as dívidas tanto quanto possível. Na maioria dos casos, é possível evitar as dívidas simplesmente administrando sabiamente os recursos que temos. Se você assumir uma dívida, até de um montante razoável a fim de adquirir uma casa modesta ou para terminar os seus estudos, pague-a o mais rapidamente possível para livrar-se dessa carga. Após ter pago suas dívidas e acumulado algumas economias, você estará preparado para as tempestades financeiras que possam atingi-lo. Você terá moradia para a sua família e paz no coração.