Tópicos
Ensinar o Evangelho
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Ensinar o Evangelho

O Senhor declarou: “E dou-vos um mandamento de que vos ensineis a doutrina do reino uns aos outros. Ensinai diligentemente e minha graça acompanhar-vos-á, para que sejais instruídos mais perfeitamente em teoria, em princípio, em doutrina, na lei do evangelho, em todas as coisas pertinentes ao reino de Deus, que vos convém compreender”. (D&C 88:77–78)

Ao dar esse mandamento, o Senhor deu-nos um encargo sagrado. Ele também nos dá inúmeras oportunidades de prestar serviços significativos. Poucas coisas se comparam à alegria de ajudar outras pessoas a aprender e viver o evangelho.

O mandamento de ensinar é para você também, mesmo que, no momento, você não tenha o cargo oficial de professor. Você tem oportunidades de ensinar em meio a sua família, no papel de mestre familiar ou professora visitante e até no papel de colega de trabalho, vizinho e amigo. Às vezes você pode ensinar por meio de palavras que se preparou para dizer; outras vezes pode aproveitar ocasiões não planejadas, breves momentos em que tem a oportunidade de falar das verdades do evangelho. Na maioria das vezes, você ensina pelo exemplo.

Ensinar como o Salvador

Em seu empenho de ensinar o evangelho, tenha Jesus Cristo como exemplo. Estude a história do ministério Dele na mortalidade e procure meios de ensinar da mesma forma que Ele. Ele demonstrava amor e desvelo sinceros para com as pessoas a quem servia. Fortalecia as pessoas individualmente ao ensinar os princípios do evangelho de maneira a ajudá-las em suas necessidades pessoais. Em algumas, despertava o desejo de entender e viver o evangelho. Às vezes, fazia perguntas que as ajudavam a aplicar o que aprendiam. Ele ensinava as verdades salvadoras do evangelho de modo a ajudar os que O ouviam a entender o que precisavam saber, fazer e ser para receber a dádiva da vida eterna.

À medida que você seguir o exemplo do Salvador, as coisas que você ensinar ajudarão e edificarão outras pessoas, fortalecerão sua fé e lhes darão confiança para enfrentar as dificuldades da vida. O que você ensinar servirá de incentivo para que elas abandonem os pecados e obedeçam aos mandamentos e as ajudará a achegarem-se a Cristo e permanecerem em Seu amor.

Ensinar pelo Espírito

O Senhor disse: “E o Espírito ser-vos-á dado pela oração da fé; e se não receberdes o Espírito, não ensinareis”. (D&C 42:14) O Espírito, ou seja, o Espírito Santo, é um dos membros da Trindade. Um dos objetivos do Espírito é manifestar a verdade de todas as coisas. (Ver Morôni 10:4–5.) Só a influência do Espírito torna o ensino do evangelho edificante e inspirador.

Ao ensinar o evangelho você tem o privilégio de ser um instrumento para que o Espírito Santo ensine, testifique, console e inspire. Como ensinou o profeta Néfi: “(…) quando um homem fala pelo poder do Espírito Santo, o poder do Espírito Santo leva as suas palavras ao coração dos filhos dos homens”. (2 Néfi 33:1)

Se você se preparar espiritualmente, o Espírito Santo o ajudará a saber o que fazer e dizer ao ensinar. Para preparar-se você pode orar sempre, estudar as escrituras, viver o evangelho e ser humilde.

Métodos de Ensino

Você será mais eficiente ao ensinar se utilizar de uma variedade de métodos adequados. Por exemplo: você poderia contar histórias e dar exemplos para manter a atenção das pessoas e demonstrar como os princípios do evangelho se aplicam à vida diária. Pode usar figuras e objetos para que as pessoas entendam melhor as histórias das escrituras e os princípios do evangelho. A música pode servir para criar um ambiente propício à influência do Espírito Santo e exprimir sentimentos que, de outra forma, seriam difíceis de expressar. Você pode fazer perguntas para estimular o aprendizado por meio da reflexão e dos debates e que levem as pessoas a contarem experiências próprias adequadas. Por meio de atividades simples, é possível ajudar os alunos a prestarem atenção.

Quando pensar em utilizar determinado método de ensino, pergunte-se o seguinte: “Será que o método é um convite à influência do Espírito? Será que condiz com a santidade dos princípios que vou ensinar? Será que edificará as pessoas a quem ensino?”

Lembre-se de que, no papel de professor do evangelho, você representa o Senhor. Certifique-se de que tudo o que disser seja reverente e consistente com a vontade Dele.

Para mais sugestões de como ensinar o evangelho, sugere-se que você consulte Ensino, Não Há Maior Chamado (36123 059); o Guia de Ensino (34595 059) e “Ensino e Liderança no Evangelho”, seção 16 do Manual de Instruções da Igreja, Volume 2: Líderes do Sacerdócio e das Auxiliares (35903 059).