Escrituras
    Notas de rodapé

    Escrituras

    Palavras escritas ou faladas por homens santos de Deus quando movidos pelo Espírito Santo. As escrituras canônicas oficiais da Igreja hoje consistem na Bíblia, no Livro de Mórmon, em Doutrina e Convênios e na Pérola de Grande Valor. Jesus e os escritores do Novo Testamento consideravam os livros do Velho Testamento escritura (Mt. 22:29; Jo. 5:39; 2 Tim. 3:15; 2 Ped. 1:20–21). Ver também a Cronologia no apêndice.

    Escrituras perdidas

    Há muitos escritos sagrados mencionados nas escrituras que não possuímos hoje, entre os quais estão os seguintes livros e escritores: o livro do convênio (Êx. 24:7), o livro das guerras do Senhor (Núm. 21:14), O livro de Jasher (Jos. 10:13; 2 Sam. 1:18), livro dos atos de Salomão (1 Re. 11:41), Samuel, o vidente (1 Crôn. 29:29), Natã, o profeta (2 Crôn. 9:29), Semaías, o Profeta (2 Crôn. 12:15) Ido, o profeta (2 Crôn. 13:22), Jeú (2 Crôn. 20:34), os livros dos videntes (2 Crôn. 33:19), Enoque (Jud. 1:14); as palavras de Zenoque, Neum e Zenos (1 Né. 19:10), Zenos (Jacó 5:1), Zenoque e Ezias (Hel. 8:20) e um livro de lembranças (Mois. 6:5); e epístolas aos coríntios (1 Cor. 5:9), aos efésios (Ef. 3:3), da Laodiceia (Col. 4:16) e de Judas (Jud. 1:3).

    As escrituras devem ser preservadas

    Valor das escrituras

    Profecias a respeito de escrituras futuras