Daniel
    Notas de rodapé

    Daniel

    Personagem principal do livro de Daniel, no Velho Testamento; um profeta de Deus e homem de grande fé.

    Nada se sabe a respeito de seus progenitores, embora pareça haver sido de linhagem real (Dan. 1:3). Foi levado cativo para a Babilônia, onde recebeu o nome de Beltessazar (Dan. 1:6–7). Daniel e três outros jovens cativos recusaram a comida do rei por motivos religiosos (Dan. 1:8–16).

    Daniel conquistou os favores de Nabucodonosor e de Dario, devido ao seu poder de interpretar sonhos (Dan. 2; 4; 6). Ele também leu e interpretou a escrita na parede (Dan. 5). Os seus inimigos conspiraram contra ele e por isso foi lançado numa cova de leões, mas o Senhor preservou-lhe a vida (Dan. 6).

    Livro de Daniel

    O livro tem duas divisões: os capítulos 1–6 contêm histórias a respeito de Daniel e seus três companheiros; os capítulos 7–12, suas visões proféticas. O livro ensina a importância de ser fiel a Deus e ilustra como o Senhor abençoa os justos.

    Uma das principais contribuições do livro é a interpretação do sonho do rei Nabucodonosor, no qual o reino de Deus nos últimos dias é representado por uma pedra cortada de uma montanha. A pedra rolará até encher toda a Terra (Dan. 2; ver também D&C 65:2).