Simbolismo
    Notas de rodapé
    Theme

    Simbolismo

    Usar algo como semelhança ou representação de uma outra coisa. Nas escrituras o simbolismo utiliza um objeto, uma circunstância ou um acontecimento conhecido para representar um princípio ou ensinamento do evangelho. Por exemplo, o profeta Alma, do Livro de Mórmon, usou uma semente para representar a palavra de Deus (Al. 32).

    Nas escrituras os profetas usaram o simbolismo para ensinar a respeito de Jesus Cristo. Alguns desses símbolos incluem cerimônias e ordenanças (Mois. 6:63), sacrifícios (Heb. 9:11–15; Mois. 5:7–8), o sacramento (TJS, Mc. 14:20–24 [Apêndice da Bíblia]; Lc. 22:13–20) e o batismo (Rom. 6:1–6; D&C 128:12–13). Muitos nomes bíblicos são simbólicos. A cerimônia do tabernáculo, no Velho Testamento, e a lei de Moisés representavam verdades eternas (Heb. 8–10; Mos. 13:29–32; Al. 25:15; Hel. 8:14–15). Para outros exemplos, ver Mateus 5:13–16; João 3:14–15; Jacó 4:5; Alma 37:38–45.