Élder (Ancião)
    Notas de rodapé

    Élder (Ancião)

    O termo ancião é usado de diversas maneiras na Bíblia. No Velho Testamento a palavra ancião geralmente se refere aos homens idosos de uma tribo, a quem se costumava confiar assuntos de governo (Gên. 50:7; Jos. 20:4; Rut. 4:2; Mt. 15:2). Sua idade e experiência tornavam valiosos os seus conselhos. Esta designação não se referia, necessariamente, a seu chamado no sacerdócio.

    Na época do Velho Testamento também havia anciãos, ou élderes, ordenados no Sacerdócio de Melquisedeque (Êx. 24:9–11). No Novo Testamento os anciãos ou presbíteros são mencionados como um ofício do sacerdócio na Igreja (Tg. 5:14–15). Entre os nefitas também havia élderes ordenados no sacerdócio (Al. 4:7, 16; Morô. 3:1). Nesta dispensação Joseph Smith e Oliver Cowdery foram os primeiros élderes ordenados (D&C 20:2–3).

    Para evitar a interpretação errônea que podia ser dada ao título “ancião,” a Igreja optou pelo termo “élder” (que significa ancião em inglês) como título apropriado a todos os portadores do Sacerdócio de Melquisedeque. Por exemplo, os missionários são chamados de élderes. Um Apóstolo também é um élder, sendo adequado aplicar este título aos membros do Quórum dos Doze e dos Quóruns dos Setenta (D&C 20:38; 1 Ped. 5:1). Os deveres dos élderes ordenados na Igreja hoje em dia foram especificados nas revelações modernas (D&C 20:38–45; 42:44; 46:2; 107:12).