Leí, Pai de Néfi
    Notas de rodapé
    Theme

    Leí, Pai de Néfi

    No Livro de Mórmon, profeta hebreu que conduziu sua família e alguns seguidores de Jerusalém a uma terra da promissão no hemisfério ocidental, cerca do ano 600 a.C. No Livro de Mórmon, Leí foi o primeiro profeta entre seu povo.

    Leí fugiu de Jerusalém com a sua família por ordem do Senhor (1 Né. 2:1–4). Ele era descendente de José, que foi vendido ao Egito (1 Né. 5:14). O Senhor deu-lhe uma visão da árvore da vida (1 Né. 8:2–35). Leí e seus filhos construíram um navio e navegaram ao hemisfério ocidental (1 Né. 17–18). Ele e os seus descendentes estabeleceram-se em uma nova terra (1 Né. 18:23–25). Antes de morrer Leí abençoou os seus filhos e ensinou-lhes a respeito de Cristo e do surgimento do Livro de Mórmon nos últimos dias (2 Né. 1:1–4:12).

    Livro de Leí

    Ao traduzir o Livro de Mórmon, Joseph Smith começou com o livro de Leí. Era um registro que Mórmon havia resumido das placas de Leí. Quando Joseph tinha já um manuscrito de 116 páginas que havia traduzido desse livro, ele o entregou a Martin Harris, que por um breve período servira como escrevente de Joseph na tradução do Livro de Mórmon. As páginas foram então perdidas. Joseph não tornou a traduzir o livro de Leí para substituir o manuscrito perdido. Em vez disso, traduziu das placas de ouro outros relatos afins (ver as introduções de D&C 3; 10). Esses outros relatos são agora os seis primeiros livros do Livro de Mórmon.