Pedro
    Notas de rodapé
    Theme

    Pedro

    No Novo Testamento, Pedro era conhecido originalmente como Simeão ou Simão (2 Ped. 1:1), um pescador de Betsaida que vivia com a sua esposa em Cafarnaum. Jesus curou a mãe da esposa de Pedro (Mc. 1:29–31). Junto com André, seu irmão, Pedro foi chamado para ser um discípulo de Jesus Cristo (Mt. 4:18–22; Mc. 1:16–18; Lc. 5:1–11). O seu nome em aramaico, Cefas, que significa “vidente” ou “pedra,” foi-lhe dado pelo Senhor (Jo. 1:40–42; TJS, Jo. 1:42 [Apêndice da Bíblia]). Embora o Novo Testamento mencione algumas das fraquezas humanas de Pedro, também indica que ele as venceu e que se fortaleceu por sua fé em Jesus Cristo.

    Pedro confessou que Jesus era o Cristo e o Filho de Deus (Jo. 6:68–69) e o Senhor escolheu-o para portar as chaves do reino na Terra (Mt. 16:13–19). No Monte da Transfiguração, Pedro viu o Salvador transfigurado, bem como Moisés e Elias, o profeta (Mt. 17:1–9).

    Pedro foi o principal dos apóstolos de sua época. Após a morte, Ressurreição e Ascensão do Salvador ele convocou uma reunião da Igreja e conduziu o processo de chamado de um apóstolo para substituir Judas Iscariotes (At. 1:15–26). Pedro e João curaram um homem que era coxo de nascença (At. 3:1–16) e foram milagrosamente libertados da prisão (At. 5:11–29; 12:1–19). Por meio do ministério de Pedro o evangelho foi pela primeira vez aberto aos gentios (At. 10–11). Nos últimos dias, Pedro, comTiago e João, desceram dos céus e conferiram o Sacerdócio de Melquisedeque e as chaves correspondentes a Joseph Smith e a Oliver Cowdery (D&C 27:12–13; 128:20).

    Primeira epístola de Pedro

    A primeira epístola foi escrita da “Babilônia” (provavelmente Roma) e dirigida aos santos da região agora conhecida como Ásia Menor, logo depois que Nero começou a perseguir os cristãos.

    No capítulo 1 Pedro fala do papel preordenado de Cristo como Redentor. Os capítulos 2–3 explicam que Jesus é a pedra de esquina da Igreja, que os santos possuem um sacerdócio real e que Cristo pregou aos espíritos em prisão. Os capítulos 4–5 esclarecem por que o evangelho foi pregado aos mortos e que os élderes devem apascentar o rebanho.

    Segunda epístola de Pedro

    O capítulo 1 exorta os santos a fazerem cada vez mais firmes a sua vocação e eleição. O capítulo 2 previne contra os falsos mestres. O capítulo 3 refere-se aos últimos dias e à Segunda Vinda de Cristo.