Esdras
    Notas de rodapé
    Theme

    Esdras

    Sacerdote e escriba do Velho Testamento que levou uma parte dos judeus de volta para Jerusalém, depois do cativeiro babilônico (Esd. 7–10; Ne. 8; 12). No ano 458 a.C. ele obteve permissão de Artaxerxes, rei da Pérsia, para levar a Jerusalém todos os judeus exilados que desejassem ir (Esd. 7:12–26).

    Antes da época de Esdras, os sacerdotes controlavam quase totalmente a leitura da coletânea de escrituras chamada de “a lei.” Esdras ajudou a colocar as escrituras ao alcance de todos os judeus. A leitura pública do “livro da lei” veio a ser, com o tempo, o centro da vida nacional judaica. Talvez o maior ensinamento de Esdras venha de seu exemplo pessoal ao preparar o coração para buscar a lei de Deus, cumpri-la e ensiná-la aos outros (Esd. 7:10).

    Livro de Esdras

    Os capítulos de 1–6 descrevem os eventos que ocorreram de 60 a 80 anos antes de Esdras haver chegado a Jerusalém — o decreto de Ciro em 537 a.C. e o retorno dos judeus liderados por Zorobabel. Os capítulos 7–10 mostram como Esdras foi a Jerusalém. Ele e seus companheiros jejuaram e oraram pedindo proteção. Em Jerusalém encontraram muitos judeus que haviam retornado anteriormente, conduzidos por Zorobabel, e que se haviam casado com mulheres fora do convênio, contaminando-se. Esdras orou por eles e fez com que assumissem o compromisso de se divorciarem de tais esposas. O restante da história de Esdras se encontra no livro de Neemias.