2016
Vá Ver a Rebecca

Do Campo Missionário

Ver a Rebecca

A autora mora em Utah, EUA.

Ninguém veio atender quando bati à porta, mas sabíamos que tínhamos sido enviadas para ajudar uma das filhas de Deus.

Go See Rebecca

Eu estava na Missão Illinois Chicago Sul havia poucos meses, ainda na minha primeira área. A área das sísteres vizinha à nossa tinha sido fechada recentemente, por isso éramos responsáveis por todos os pesquisadores de língua espanhola daquela área. Entre eles havia uma mulher chamada Rebecca.

Na primeira vez que encontramos com Rebecca, fiquei impressionada com sua fé. Ela morava no porão de uma casa, por isso tínhamos que bater na janela dela para que fosse abrir a porta para nós. Os missionários anteriores tinham começado a ensiná-la depois que ela solicitou um vídeo Encontrar a Fé em Cristo. Se ela não tivesse ligado pedindo um vídeo, os missionários jamais a teriam encontrado.

Pude ver pelo que ela nos contou que Rebecca tivera uma vida árdua. Já tinha sido uma pessoa muito feliz, mas agora estava separada do filho e de outros familiares. Embora ela estivesse em situação humilde, senti o amor do Senhor por ela.

Ao ensiná-la, pude ver que ela sentia o Espírito. Nossas visitas elevavam-lhe consideravelmente o estado de espírito. Infelizmente, ela morava longe, e era difícil visitá-la com tanta frequência quanto gostaríamos.

Numa sexta-feira, quando tivemos uma conferência de zona, planejamos ir para aquela parte de nossa área depois da conferência, porque já estávamos na metade do caminho até ali. Perguntamos a Rebecca se estaria em casa, mas ela respondeu que estaria trabalhando. Decidimos ainda assim visitar outros pesquisadores que tínhamos na área.

Terminamos com algum tempo extra ali e não tínhamos certeza do que fazer. Então minha companheira propôs: “Acho que devíamos ir ver se Rebecca está em casa”. Aquela sugestão não fez sentido para mim, já que Rebecca nos dissera que não estaria em casa. Foi então que ouvi uma voz me instando: “Volte e vá visitá-la”. Senti como se meu corpo fosse literalmente empurrado na direção da casa de Rebecca. Foi a mais forte impressão que eu já havia sentido.

Pedi a minha companheira que desse meia-volta com o carro, e fomos para a casa de Rebecca. Batemos nas janelas duas vezes, mas ninguém respondeu. Fiquei muito decepcionada porque sabia que havia um motivo para o Senhor nos enviar ali. Sugeri que batêssemos mais uma vez. Esperamos e, quando estávamos prestes a ir embora, Rebecca atendeu a porta.

Ela estava em casa porque tinha acabado de ser demitida do emprego e precisava muito de alguém com quem conversar. Orara para que fôssemos visitá-la. Disse-nos que éramos seus anjos. Pudemos conversar com ela e fazê-la sentir-se melhor ensinando-lhe mais a respeito do evangelho.

Fico muito feliz por saber que o Pai Celestial Se importa com cada um de Seus filhos e por Ele ter ouvido a oração de Rebecca, e sinto-me feliz por termos seguido a inspiração de ir visitá-la, para que pudéssemos ser essa resposta. Nosso Pai Celestial sabe todas as coisas que acontecem na vida de cada um de nós e, quando confiamos Nele e pedimos com fé, Ele nos ajuda com as coisas de que precisamos.