2017
Seis Maneiras de Ajudar um Amigo Que Sofre de Ansiedade

Seis Maneiras de Ajudar um Amigo Que Sofre de Ansiedade

Looking through venetian blinds

Geralmente as pessoas que sofrem de ansiedade têm medo do que os outros vão pensar delas. Elas não querem que as pessoas as vejam ter um ataque de pânico ou algum outro problema relacionado à ansiedade. Em geral, tentam esconder o problema. Elas evitam atividades sociais ou faltam na igreja. Veja como você pode ajudá-las.

  1. Ajude-as a entender que somos todos iguais. Pessoas que têm transtorno de ansiedade são seres humanos normais que respondem de maneira previsível a certas crenças, pensamentos e temores.

  2. Tente não as julgar. Ansiedade não é uma fraqueza da pessoa. Sentir ansiedade normal mostra que nos importamos com aquilo que nos deixa ansiosos. Uma maneira positiva de pensar sobre as pessoas ansiosas é: elas se importam muito.

  3. Tenha empatia por elas. Seja autêntico. Ouça para compreender os sentimentos delas, seja sensível às dificuldades que elas têm e expresse que você as compreende. A empatia é o conselho mais eficaz.

  4. Não diga que elas não devem se preocupar. Isso não alivia a ansiedade em nada. Isso só mostra que você não entende como a mudança ocorre. Ajude-as a identificar o que elas podem fazer realisticamente sobre o que as preocupa.

  5. Não diga que devem ser racionais. Elas precisam reconhecer os pensamentos e comportamentos problemáticos por elas mesmas. Se você disser que estão sendo irracionais, elas podem parar de confiar em você e vão pensar: “Não posso conversar com você. Você acha que sou tolo”.

  6. Apoie-as. Incentive-as a pedir ajuda. O bispo delas pode ajudá-las a encontrar um bom terapeuta. Em um momento de crise ou em um dia difícil, ofereça ajuda com algumas tarefas difíceis como dar uma aula, fazer uma refeição, lavar a roupa, cortar a grama, cuidar dos filhos, etc.