2017
Jovem, casada e muito doente

Jovem, casada e muito doente

A Love greater than Terminal illness

Fotografia: cortesia da família Richardson

A vida, na maior parte dos dias, é no mínimo imprevisível, e não saber o que está por vir pode ser assustador. Geralmente perdemos tanto tempo evitando a mudança, o medo e a tristeza que nos esquecemos de aproveitar a vida.

Se não quer ser atacado por um tubarão, nunca nade no mar. Se não quer ser picado por uma abelha, nunca pare para sentir o perfume das rosas. Se não quer ter o coração partido, nunca se apaixone. No entanto, ao evitar essas possíveis consequências, vamos perder muitas das tantas bênçãos e experiências que nosso Pai Celestial quer que desfrutemos.

Nate e Megan Richardson decidiram se casar mesmo estando plenamente cientes da fibrose cística que Megan tinha, uma doença crônica e progressiva que afeta severamente a qualidade e a duração da vida do paciente. Megan e Nate sabiam dos desafios que teriam pela frente. Sabiam que poderiam ter problemas financeiros, dificuldade para ter filhos e, até mesmo, da possibilidade da morte de Megan.

Ainda assim, Nate e Megan escolheram enfrentar juntos os desafios. Leia essa história de amor e de fé para superar o medo no artigo da revista EnsignA Love Greater than Terminal Illness” [Um amor maior do que uma doença grave].