2012
    Eu Não Queria Servir
    Notas de rodapé
    Theme

    Eu Não Queria Servir

    Neville Smeda, Califórnia, EUA

    Quando eu tinha onze anos, numa conferência regional em Johannesburgo, África do Sul, o Presidente Howard W. Hunter (1907–1995) apertou-me a mão e disse: “Você vai fazer missão e vai ser um ótimo missionário”.

    A maioria dos rapazes teria entesourado essas palavras para sempre. Comigo não foi assim. Nos dez anos seguintes, não senti a mínima vontade de sair em missão. Estava mais preocupado com o sucesso nos esportes e em minha vida social. Achava que abrir mão de dois anos seria jogar tudo isso fora. Durante entrevistas com meus presidentes de ramo e de estaca, sempre arranjava desculpas para não servir.

    Aos 21 anos, ainda sem o desejo de fazer missão, visitei minha família que morava nos Estados Unidos, em Iowa. Eles tinham se mudado para lá no ano anterior. Durante minha estada em Iowa, tive a chance de ir ao Templo de Winter Quarters Nebraska com o ramo de solteiros local. Eu ainda não recebera a investidura, então pensei em fazer batismos vicários.

    Ao chegar ao templo, descobri que não havia sessão de batismos marcada para aquela tarde. Pensei: “E agora, o que vou fazer nas próximas duas horas e meia?”

    Decidi ir ao centro de visitantes da Trilha Mórmon do outro lado da rua. Depois de assistir a um filme de quinze minutos sobre os pioneiros, duas missionárias vieram até mim para começarmos um tour exclusivo. Depois de ouvir um pouco sobre mim, a Síster Cusick perguntou por que eu não fizera missão. Despejei minhas desculpas habituais. Em seguida, a Síster Cusick prestou testemunho para mim não só dos pioneiros, mas também do trabalho missionário.

    Depois do tour, fiquei sentado na sala de espera do templo, refletindo. De repente, minhas desculpas para não servir missão tornaram-se um estupor de pensamento. O Espírito testificou fortemente que eu deveria servir como missionário. Desde o início de minha conversa com as missionárias, tudo mudara dentro de mim. O Espírito testificou a meu coração o que eu precisava fazer.

    Meses depois, descobri que a voz mansa e delicada dissera à Síster Cusick que eu precisava de um tour só para mim. Ela não sabia o motivo, mas o Senhor tinha planos para mim.

    Servi na Missão Califórnia Ventura — a melhor missão do mundo — e fiz amizades maravilhosas que espero que durem por toda a eternidade. Não acreditei no Presidente Hunter durante dez anos, mas ele sabia exatamente do que estava falando.

    Minha vida mudou completamente, tudo porque uma missionária agiu de acordo com os sussurros do Espírito Santo.