2012
    Abu Aprende Honestidade
    Notas de rodapé
    Theme

    Abu Aprende Honestidade

    “A honestidade deve começar por mim, em tudo o que disser e fizer” (Children’s Songbook, p. 149).

    Abu ficou sentado do lado de fora observando as pessoas andarem pela rua em frente a sua casa. Abu estava com muita fome. Marian, uma mulher que vendia biscoitos doces, estava perto dele, andando para lá e para cá na rua. Os biscoitos pareciam deliciosos em suas embalagens coloridas e brilhantes. Marian levava-os num jarro na cabeça. Abu queria muito um pacote daqueles biscoitos. Ele sabia que eram muito bons.

    Marian parou, tirou o jarro da cabeça e pôs os biscoitos bem na frente de Abu.

    “Ela sabe que estou com fome e pôs os biscoitos aqui para mim!” pensou ele. Ele pegou rapidamente um pacote de biscoitos.

    Nesse exato momento, seu pai o viu. “Abu, o que você tem aí?” perguntou ele.

    “Pai, estou com muita fome! Preciso de uns biscoitos”, ele respondeu.

    O pai o abraçou carinhosamente. “Abu, quero que você coma biscoitos”, disse ele. “Mas você não pode pegar as coisas de outras pessoas sem pedir ou pagar. Perguntou a Marian se poderia pegar os biscoitos dela?”

    “Não”, disse Abu, olhando para o chão.

    “Vamos devolver a Marian este pacote grande de biscoitos, e vou comprar-lhe um pacote menor. Quero que você aprenda a ser honesto. Sabe o que isso significa?”

    “Pode dizer, pai”, pediu Abu.

    “Significa fazer o que é certo”, explicou o pai. “Significa pagar pelas coisas em vez de roubar. Significa dizer a verdade em vez de mentir. Significa fazer o que você disse que vai fazer. Então vamos pagar à Marian um pacote de seus biscoitos. Marian precisa do dinheiro para comprar comida para seus filhos. Eu amo você, Abu, e o Pai Celestial também ama. E Ele fica feliz quando você faz a coisa certa.”

    “Também amo você, pai”, disse o menino. “Quero sempre ser honesto.”

    Ilustração: Don Seegmiller