Conferência Geral
A Covid-19 e os templos
anterior

A Covid-19 e os templos

Mantenham, sobretudo, seus convênios e as bênçãos do templo em sua mente e em seu coração. Permaneçam fiéis aos convênios que fizeram.

Meus amados irmãos e irmãs, tivemos um verdadeiro banquete espiritual. Como sou grato pelas orações, pelas mensagens e pela música de toda a conferência. Agradeço a cada um de vocês por se unirem a nós onde quer que estejam.

No início do ano passado, devido à pandemia da Covid-19 e ao nosso desejo de sermos bons cidadãos do mundo, tomamos a difícil decisão de fechar todos os templos temporariamente. Nos meses subsequentes, fomos inspirados a reabri-los gradualmente, de modo bastante cuidadoso. Os templos estão agora sendo abertos em quatro fases, obedecendo aos regulamentos dos governos locais e aos protocolos de segurança.

Nos templos que se encontram na fase 1, os casais qualificados que já receberam sua própria investidura podem ser selados como marido e mulher.

Nos templos que se encontram na fase 2, todas as ordenanças próprias estão sendo realizadas, inclusive a investidura, o selamento de marido e mulher e o selamento de filhos aos pais. Recentemente alteramos os procedimentos da fase 2 e permitimos que nossos jovens, os membros novos e outros irmãos que possuam uma recomendação de uso limitado participem de batismos vicários por seus antepassados.

Nos templos que se encontram na fase 3, os membros com horário marcado podem participar de ordenanças próprias e também de todas as ordenanças por seus antepassados falecidos.

A fase 4 é o retorno a todas as atividades regulares do templo.

Somos gratos por sua paciência e por seu serviço dedicado durante este período desafiador e de mudanças. Oro para que seu desejo de adorar e de servir no templo seja mais intenso do que nunca.

Vocês devem estar se perguntando quando poderão voltar a frequentar o templo. A resposta é que seu templo será aberto quando o governo local permitir. Quando a incidência da Covid–19 em sua área estiver dentro dos limites de segurança, seu templo será reaberto. Façam todo o possível para reduzir os números da Covid-19 em sua área a fim de aumentarem suas oportunidades de ir ao templo.

Enquanto isso, mantenham, sobretudo, seus convênios e as bênçãos do templo em sua mente e em seu coração. Permaneçam fiéis aos convênios que fizeram.

Estamos edificando o futuro agora! Quarenta e um templos estão atualmente em construção ou sendo reformados. Apenas no ano passado, apesar da pandemia, tivemos a abertura de terra de 21 novos templos!

Queremos levar a casa do Senhor para cada vez mais perto de nossos membros para que eles tenham o privilégio sagrado de frequentar o templo tantas vezes quanto suas circunstâncias permitirem.

Ao anunciar nossos planos para a construção de 20 novos templos, pondero a respeito dos pioneiros — do passado e do presente — e presto homenagem a eles, cuja vida consagrada ajudou a tornar a história do dia de hoje possível. Um novo templo será construído em cada um dos seguintes locais: Oslo, Noruega; Bruxelas, Bélgica; Viena, Áustria; Kumasi, Gana; Beira, Moçambique; Cidade do Cabo, África do Sul; Cingapura, República de Cingapura; Belo Horizonte, Brasil; Cali, Colômbia; Querétaro, México; Torréon, México; Helena, Montana; Casper, Wyoming; Grand Junction, Colorado; Farmington, Novo México; Burley, Idaho; Eugene, Oregon; Elko, Nevada; Yorba Linda, Califórnia e Smithfield, Utah.

Os templos são uma parte vital da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude. As ordenanças do templo preenchem nossa vida com poder e força, as quais não estão disponíveis de nenhuma outra maneira. Agradecemos a Deus por essas bênçãos.

Ao encerrarmos esta conferência, mais uma vez expressamos nosso amor por vocês. Oramos para que Deus derrame Suas bênçãos e Sua proteção sobre cada um de vocês. Juntos estamos envolvidos em Sua obra sagrada. Que trabalhemos todos com coragem na gloriosa obra do Senhor! Oro por essas coisas no sagrado nome de Jesus Cristo. Amém.