Conferência Geral
Prosseguir com fé
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Prosseguir com fé

Eu os abençoo com paz e com uma fé ampliada no Senhor.

Meus amados irmãos e irmãs, ao chegarmos ao término desta conferência histórica, expressamos nossa gratidão ao Senhor. A música foi sublime e as mensagens foram inspiradoras.

Durante esta conferência, vivenciamos muitos momentos marcantes. Neste bicentenário, apresentamos uma proclamação ao mundo declarando a realidade da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude.

Comemoramos a Restauração com o Brado de Hosana.

Apresentamos um novo símbolo que representa nossa fé no Senhor Jesus Cristo e que será utilizado para o reconhecimento visual de informações e materiais oficiais da Igreja.

Convidamos todas as pessoas a participar de um dia mundial de jejum e oração para que essa pandemia atual seja controlada, que os cuidadores sejam protegidos, que a economia seja fortalecida e que nossa vida seja normalizada. Esse jejum será realizado na Sexta-Feira Santa, dia 10 de abril. Essa será uma sexta-feira maravilhosa!

O próximo domingo será o domingo de Páscoa, quando mais uma vez comemoraremos a Expiação e a Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo. Graças à Sua Expiação, Sua dádiva da Ressurreição estará disponível a todos os que já viveram. E Sua dádiva de vida eterna estará disponível a todos os que se qualificarem por meio da fidelidade às ordenanças e aos convênios feitos em Seus templos sagrados.

Os diversos elementos inspiradores desta Conferência Geral de Abril de 2020 — e da semana sagrada que tem início agora — podem ser resumidos em um decreto divino de poucas palavras: “Ouvir o Senhor”.1 Oramos para que seu enfoque no Pai Celestial, que proferiu essas palavras, e em Seu Filho Amado, Jesus Cristo, tenha mais destaque em sua memória do que tudo o que já tenha acontecido. Oramos para que vocês novamente se comprometam a verdadeiramente ouvir, escutar e obedecer às palavras do Salvador.2 Ao fazerem isso, prometo que nosso medo diminuirá e nossa fé aumentará.

Agradecemos por seu desejo de fazer com que seu lar seja um verdadeiro santuário de fé, em que o Espírito do Senhor possa habitar. Nosso currículo de estudo do evangelho, o Vem, e Segue-Me, continuará a abençoar sua vida. Mesmo durante os momentos em que vocês sentirem que não estão sendo particularmente bem-sucedidos, seu empenho constante nessa tarefa mudará sua vida, a vida de sua família e o mundo. Seremos fortalecidos à medida que nos tornarmos discípulos ainda mais valentes do Senhor, defendendo-O e nos pronunciando sobre Ele, onde quer que estejamos.

Agora, gostaria de falar sobre templos. Temos 168 templos dedicados em todo o mundo. Outros se encontram em vários estágios de planejamento e de construção. Quando anunciamos os planos para a construção de um novo templo, ele se torna parte de nossa história sagrada.

Pode parecer estranho anunciar novos templos quando todos os nossos templos estão fechados por um tempo.

Há mais de um século, o presidente Wilford Woodruff previu condições como as que temos hoje, conforme registrado em sua oração dedicatória do Templo de Salt Lake, proferida em 1893. Alguns de vocês devem ter visto trechos dessa oração memorável nas mídias sociais recentemente.

Ouçam esta súplica de um poderoso profeta de Deus: “Quando Teu povo não tiver a oportunidade de entrar nesta casa santa (…), quando estiver oprimido e se encontrar em apuros, cercado de dificuldades (…) e voltar seu rosto em direção a esta Tua casa santa e pedir a Ti libertação e auxílio para que Teu poder seja concedido em benefício dele, suplicamos a Ti que, de Tua santa habitação, olhe para ele com misericórdia (…) e ouça seus clamores. Ou quando os filhos de Teu povo, nos próximos anos, forem apartados deste lugar, por qualquer motivo, (…) e clamarem a Ti das profundezas de suas aflições e de suas tristezas para que alívio e libertação lhes sejam concedidos, rogamos-Te humildemente (…) que escutes seus clamores e que lhes concedas as bênçãos pelas quais suplicam”.3

Irmãos e irmãs, em nossos momentos de angústia em que os templos estão fechados, ao honrarem seus convênios, vocês ainda podem recorrer ao poder dos convênios e da investidura que fizeram no templo. Aproveitem esse momento em que os templos estão fechados para continuarem a viver de modo digno para entrarem no templo ou para se tornarem dignos de entrar no templo.

Conversem a respeito do templo com sua família e com seus amigos. Por Jesus Cristo ser o centro de tudo o que fazemos no templo, quando pensarem mais a respeito do templo, vocês estarão pensando mais a respeito Dele. Estudem e orem para aprender mais sobre o poder e o conhecimento com os quais foram investidos — ou com os quais ainda serão investidos.

Hoje temos a alegria de anunciar os planos de construção de oito novos templos nos seguintes locais: Bahía Blanca, Argentina; Tallahassee, Flórida; Lubumbashi, República Democrática do Congo; Pittsburgh, Pensilvânia; Benin City, Nigéria; Syracuse, Utah; Dubai, Emirados Árabes Unidos; e Xangai, República Popular da China.

Em todos os oito locais, os arquitetos da Igreja atuarão com os líderes locais para que o templo se harmonize com cada comunidade e seja uma bela adição a ela.

O plano de termos um templo em Dubai vem em resposta ao gentil convite que fizeram, o qual aceitamos com gratidão.

O contexto para os planos referentes a Xangai é muito importante. Por mais de duas décadas, membros dignos que residem na República Popular da China têm frequentado o Templo de Hong Kong China. Mas em julho de 2019, esse templo foi fechado para uma reforma há muito planejada e bastante necessária.

Em Xangai, um local multifuncional de reuniões fornecerá um meio para que os membros chineses continuem a participar das ordenanças do templo — na República Popular da China — para eles mesmos e para seus antepassados.4

Em todos os países, esta Igreja ensina seus membros a honrar, obedecer e apoiar a lei.5 Ensinamos a importância da família, de sermos bons pais e cidadãos exemplares. Por respeitarmos as leis e as regulamentações da República Popular da China, a Igreja não envia missionários de proselitismo para lá; nem o faremos agora.

Congregações de expatriados e congregações de chineses continuarão a se reunir em separado. A condição jurídica da Igreja continua inalterada lá. Em uma fase inicial do uso do prédio, a entrada só será permitida por meio de agendamentos. A casa do Senhor em Xangai não será um local de destino para turistas de outros países.

Esses oito novos templos abençoarão a vida de muitas pessoas em ambos os lados do véu da morte. Os templos são a parte culminante da Restauração da plenitude do evangelho de Jesus Cristo. Em Sua bondade e generosidade, Deus está levando as bênçãos do templo para mais perto de Seus filhos em todos os lugares.

À medida que a Restauração continua, sei que Deus continuará a revelar muitas coisas grandiosas e importantes relativas a Seu reino aqui na Terra.6 Esse reino é A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Queridos irmãos e irmãs, expresso-lhes todo o meu amor. Durante este período de tensão e incerteza, e invocando a autoridade a mim conferida, gostaria de conceder-lhes uma bênção apostólica.

Eu os abençoo com paz e com uma fé ampliada no Senhor.7

Eu os abençoo com o desejo de se arrependerem e de se tornarem um pouco mais semelhantes a Ele a cada dia.8

Eu os abençoo para que saibam que o profeta Joseph Smith é o profeta da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude.

Se houver entre vocês ou entre seus entes queridos alguém que esteja doente, invoco uma bênção de cura, condizente com a vontade do Senhor.

Eu assim os abençoo, expressando mais uma vez meu amor por cada um de vocês, no sagrado nome de Jesus Cristo. Amém.