Conferência Geral
Como o sacerdócio abençoa os jovens
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Como o sacerdócio abençoa os jovens

Por meio do sacerdócio, podemos ser elevados. O sacerdócio traz luz ao nosso mundo.

Sou grata por estar aqui. Quando soube que teria a oportunidade de falar a vocês hoje, fiquei animada, mas, ao mesmo tempo, senti-me muito humilde. Pensei muito sobre o que deveria falar e espero que o Espírito fale diretamente a vocês por meio de minha mensagem.

No Livro de Mórmon, Leí, antes de morrer, dá uma bênção a cada um de seus filhos para ajudá-los a ver os pontos fortes e o potencial eterno que cada um deles tem. Sou a caçula de oito filhos e, desde o ano passado, sou a única dos filhos a morar com meus pais. Para mim, tem sido difícil não ter meus irmãos por perto ou alguém com quem conversar. Houve noites em que me senti muito solitária. Sou grata por meus pais, que dão o melhor de si para me ajudar. Um exemplo disso foi quando meu pai me ofereceu uma bênção do sacerdócio; uma bênção de consolo em um momento especialmente difícil. Depois da bênção, as coisas não mudaram imediatamente, mas pude sentir a paz e o amor do Pai Celestial e de meu pai. Sinto-me abençoada por ter um pai digno que pode me dar bênçãos do sacerdócio sempre que preciso e que me ajuda a ver meus pontos fortes e meu potencial eterno, assim como Leí fez ao abençoar seus filhos.

A despeito de suas circunstâncias, as bênçãos do sacerdócio estão sempre ao seu alcance. Por meio de familiares, amigos, irmãos ministradores, líderes do sacerdócio e do Pai Celestial, que nunca vai desampará-los, é possível receber as bênçãos do sacerdócio. O élder Neil L. Andersen ensinou: “As bênçãos do sacerdócio são infinitamente maiores do que a pessoa que está encarregada de ministrar a dádiva. (…) Se formos dignos, as ordenanças do sacerdócio enriquecem nossa vida”.1

Não hesitem em pedir uma bênção quando precisarem de mais orientação. É nos momentos difíceis que mais precisamos da ajuda do Espírito. Ninguém é perfeito, e todos passamos por dificuldades. Alguns de nós sofrem com ansiedade, depressão, vícios ou com sentimentos de incapacidade. As bênçãos do sacerdócio podem nos ajudar a vencer esses desafios e a receber paz à medida que prosseguimos em direção ao futuro. Espero que nos esforcemos para levar uma vida digna de receber tais bênçãos.

Outra maneira pela qual o sacerdócio nos abençoa é por meio das bênçãos patriarcais. Aprendi a recorrer à minha bênção patriarcal sempre que me sinto triste ou solitária. Minha bênção me ajuda a ver meu potencial e o plano específico que Deus traçou para mim. Ela me consola e me ajuda a enxergar além de minha perspectiva terrena. Ela me ajuda a me lembrar dos dons que tenho e das bênçãos que receberei se viver dignamente. Também me ajuda a sentir paz e a lembrar que Deus proverá respostas e abrirá portas na hora exata em que eu mais precisar.

As bênçãos patriarcais ajudam a nos preparar para voltar a viver com nosso Pai Celestial. Sei que elas vêm de Deus e podem nos ajudar a transformar nossa fraqueza em força. Elas não são mensagens de “adivinhação”; essas bênçãos dizem o que precisamos ouvir. Elas são como uma Liahona para cada um de nós. Quando colocamos Deus em primeiro lugar e exercemos fé Nele, Ele nos guia ao cruzarmos nosso próprio deserto.

Da mesma forma que Deus abençoou Joseph Smith com o sacerdócio para que as bênçãos do evangelho fossem restauradas, nós também podemos receber as bênçãos do evangelho em nossa vida por meio do sacerdócio. Temos o privilégio e a oportunidade de tomar o sacramento todas as semanas. Por meio dessa ordenança do sacerdócio, podemos ter o Espírito sempre conosco, o qual nos limpa e nos purifica. Se sentirem a necessidade de eliminar algo de sua vida, falem com líderes confiáveis para ajudá-los a voltar para o caminho certo. Seus líderes podem ajudá-lo a ter acesso ao pleno poder da Expiação de Jesus Cristo.

Graças ao sacerdócio, também podemos receber as bênçãos das ordenanças do templo. Desde que pude começar a frequentar regularmente o templo, fiz disso uma meta e uma prioridade. Por reservar tempo e fazer os sacrifícios necessários para estar perto de meu Pai Celestial em Sua casa santa, fui abençoada com revelações e sussurros que têm me ajudado ao longo da vida.

Por meio do sacerdócio, podemos ser elevados. O sacerdócio traz luz ao nosso mundo. O élder Robert D. Hales ensinou: “Sem o poder do sacerdócio, ‘toda a Terra seria completamente devastada’ (ver D&C 2:1–3). Não haveria luz nem esperança — somente trevas”.2

Deus torce por nós. Ele quer que voltemos a Ele. Ele nos conhece pessoalmente. Ele conhece vocês. Ele nos ama. Ele nos conhece e nos abençoa mesmo quando achamos que não merecemos. Ele sabe do que precisamos e quando precisamos.

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.

Porque todo aquele que pede, recebe; e o que busca, encontra; e ao que bate, se abre” (Mateus 7:7–8).

Se vocês ainda não tem um testemunho do sacerdócio, eu os incentivo a orar e pedir para conhecer esse poder por si mesmos, e então ler as escrituras para ouvir as palavras de Deus. Sei que se nos esforçarmos para desfrutar o poder do sacerdócio de Deus em nossa vida, seremos abençoados. Em nome de Jesus Cristo. Amém.