Conferência Geral
O poder do Livro de Mórmon na conversão
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

O poder do Livro de Mórmon na conversão

O Livro de Mórmon proporciona nutrição espiritual, prescreve um plano de ação e nos conecta ao Espírito Santo.

Após analisar os resultados de uma recente avaliação médica, soube que precisaria fazer alguns ajustes em meu estilo de vida. Com o intuito de me ajudar, meu médico prescreveu um plano de alimentação e de exercícios que, se eu escolhesse seguir, faria com que eu me tornasse uma pessoa mais saudável.

Se cada um de nós passasse por uma avaliação espiritual, o que aprenderíamos a respeito de nós mesmos? Quais ajustes nosso médico espiritual prescreveria? A fim de nos tornar quem precisamos ser, é essencial que saibamos o que fazer e que façamos o que sabemos.

Jesus Cristo é o Médico dos médicos.1 Por meio de Sua Expiação, Ele ata nossas feridas, toma sobre Si nossas enfermidades e sara nosso coração partido.2 Por meio de Sua graça, nossos pontos fracos podem se tornar fortes.3 Ele nos convida a segui-Lo4 ao aprendermos com Ele, ao ouvirmos Suas palavras e ao andarmos na mansidão de Seu Espírito.5 Ele prometeu nos ajudar6 neste longo processo de conversão, que nos transforma e traz alegria eterna.7

O Salvador nos deu o Livro de Mórmon como uma ferramenta poderosa para auxiliar na conversão. O Livro de Mórmon proporciona nutrição espiritual, prescreve um plano de ação e nos conecta ao Espírito Santo. Escrito para nós,8 ele contém a palavra de Deus9 de forma clara e nos ensina sobre nossa identidade, nosso propósito e nosso destino.10 Com a Bíblia, o Livro de Mórmon testifica de Jesus Cristo11 e ensina como podemos saber a verdade e nos tornar semelhantes a Ele.

Saw Polo

O irmão Saw Polo tinha 58 anos de idade quando o evangelho restaurado de Jesus Cristo foi apresentado a ele. Quando o conheci, já fazia vários anos que ele servia como presidente de ramo, mas descobri que ele nunca havia lido o Livro de Mórmon porque ainda não havia um disponível em seu idioma nativo, o birmanês. Quando perguntei a ele como sabia que o livro era verdadeiro sem tê-lo lido, ele respondeu que havia estudado diariamente o livro de ilustrações Histórias do Livro de Mórmon, ao olhar para as gravuras, usar um dicionário para traduzir as palavras em inglês e fazer anotações minuciosas sobre o que havia aprendido. Ele explicou: “Todas as vezes que eu estudava, orava a respeito do que havia aprendido e sentia paz e alegria. Minha mente ficava tranquila e meu coração enternecido. Sentia o Espírito Santo testificar para mim que o livro era verdadeiro. Sei que o Livro de Mórmon é a palavra de Deus”.

Tal como o irmão Saw Polo, cada um de nós pode estudar o Livro de Mórmon de acordo com nossas circunstâncias. Ao desejarmos acreditar e ponderar a respeito de seus ensinamentos em nosso coração, podemos perguntar a Deus com fé se eles são verdadeiros.12 Se formos sinceros em nosso desejo de saber e tivermos real intenção de agir, Ele nos responderá em nosso coração por meio do Espírito Santo. É pelo poder do Espírito Santo que saberemos a verdade de todas as coisas.13 Quando obtemos um testemunho divino do Livro de Mórmon, também sabemos pelo mesmo poder que Jesus Cristo é o Salvador do mundo, que Joseph Smith é Seu profeta e que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é Sua Igreja restaurada.14

Quando jovem, no início de meu serviço missionário, embarquei em um avião rumo à Austrália. Sentia-me muito sozinho, ansioso e inadequado, mas havia me comprometido a servir. Precisava desesperadamente de uma reafirmação de que o que eu acreditava era verdade. Orava e lia as escrituras sinceramente, mas, à medida que o voo se estendia, minha incerteza crescia e minha condição física piorava. Sofri com isso durante muitas horas e, depois disso, um comissário de bordo passou pelo corredor e parou ao lado de meu assento. Ele tirou de minhas mãos o Livro de Mórmon que eu estava lendo. Ele olhou para a capa e disse: “Este é um ótimo livro!” Então, ele me devolveu o livro e continuou andando. Nunca mais o vi.

Enquanto suas palavras ecoavam em meus ouvidos, ouvi e senti claramente em meu coração: “Estou aqui e sei onde você está. Faça o melhor que puder, e cuidarei do restante”. Naquele avião, acima do Oceano Pacífico, recebi um testemunho pessoal, por meio de meu estudo do Livro de Mórmon e dos influxos do Espírito Santo, de que meu Salvador sabia quem eu era e de que o evangelho era verdadeiro.

O élder David A. Bednar ensinou: “O conhecimento de que o evangelho é verdadeiro é a essência de um testemunho. A constante fidelidade ao evangelho é a essência da conversão”.15 A conversão exige que sejamos “cumpridores da palavra, e não somente ouvintes”.16 O plano de ação do Senhor para nós — a doutrina de Cristo — é ensinado mais claramente no Livro de Mórmon.17 Ela inclui:

  • Primeiro, ter fé em Jesus Cristo ao confiarmos Nele, guardarmos Seus mandamentos e sabermos que Ele nos ajudará.18

  • Segundo, arrepender-nos diariamente de nossas falhas e sentir alegria e paz ao recebermos Seu perdão.19 O arrependimento exige que perdoemos outras pessoas20 e nos ajuda a seguir em frente. O Salvador prometeu nos perdoar sempre que nos arrependermos.21

  • Terceiro, fazer e cumprir convênios com Deus por meio de ordenanças, tal como o batismo. Isso nos manterá no caminho do convênio que nos leva até Ele.22

  • Quarto, receber o dom do Espírito Santo. Esse dom nos permite ter a companhia constante Daquele que nos santifica, consola e guia.23

  • Quinto, perseverar até o fim ao seguirmos adiante à medida que nos banquetearmos diariamente com as palavras de Cristo.24 Ao nos banquetearmos com o Livro de Mórmon e nos apegarmos a seus ensinamentos, podemos vencer as tentações e receber orientação e proteção ao longo de nossa vida.25

Ao aplicarmos constantemente a doutrina de Cristo em nossa vida, venceremos a inércia que impede a mudança e o medo que atrapalha a ação. Receberemos revelação pessoal porque o Espírito Santo “[nos] mostrará todas as coisas que [devemos] fazer”,26 e “as palavras de Cristo [nos] dirão todas as coisas que [devemos] fazer”.27

Durante 20 anos, o irmão Huang Juncong teve problemas com o álcool, o cigarro e o jogo compulsivo. Quando conheceu Jesus Cristo e Seu evangelho restaurado, o irmão Huang teve o desejo de mudar por causa de sua jovem família. Seu maior desafio foi parar de fumar. Ele era um fumante compulsivo e intenso, e tinha tentado parar de fumar muitas vezes, mas não conseguia. Um dia, estas palavras do Livro de Mórmon foram fixadas em sua mente: “com um coração sincero e com real intenção”.28 Apesar de ter falhado em tentativas anteriores, ele sentiu que talvez pudesse mudar com a ajuda do Pai Celestial e de Jesus Cristo.

Os missionários de tempo integral se uniram a ele com fé e lhe apresentaram um plano de ação que continha intervenções práticas e também uma grande quantidade de orações e de estudo da palavra de Deus. Com sinceridade e real intenção, o irmão Huang agiu com determinação e fé, e descobriu que, ao se concentrar mais nos novos hábitos que desejava desenvolver, tal como estudar o Livro de Mórmon, ele se concentrava menos nos hábitos que queria abandonar.

Ao relembrar da experiência que teve há 15 anos, ele comentou: “Não me lembro exatamente quando parei de fumar, mas, ao me esforçar diariamente para fazer as coisas que sabia que precisava fazer a fim de convidar o Espírito do Senhor para minha vida e ao continuar a fazê-las, o cigarro não mais me atraía e continuo assim até hoje”. Ao colocar em prática os ensinamentos do Livro de Mórmon, o irmão teve sua vida transformada e se tornou um marido e pai melhor.

Huang Juncong Family

O presidente Russell M. Nelson prometeu: “Ao estudarem o Livro de Mórmon em espírito de oração todos os dias, vocês tomarão melhores decisões — todos os dias. Prometo que, ao ponderarem sobre o que estudarem, as janelas do céu se abrirão e vocês receberão respostas para suas próprias perguntas e orientação para sua própria vida. Prometo que, ao se aprofundarem diariamente no Livro de Mórmon, vocês serão imunizados contra os males diários, mesmo contra a sedutora praga da pornografia e contra outros vícios que entorpecem a mente”.29

Queridos amigos, o Livro de Mórmon é a palavra de Deus e nos aproximaremos Dele se estudarmos esse livro.30 Ao colocarmos suas palavras à prova, receberemos um testemunho de sua veracidade.31 Ao vivermos de acordo com seus ensinamentos com consistência, não desejaremos mais praticar o mal.32 Nosso coração, semblante e natureza serão transformados33 para nos tornarmos mais semelhantes ao Salvador. Presto meu firme testemunho de que Jesus é o Cristo, nosso Salvador, Redentor e Amigo. Em nome de Jesus Cristo. Amém.