2000–2009
Levantem a Tocha Bem Alto
anterior seguinte

Levantem a Tocha Bem Alto

Desenvolvam a divindade que existe em seu íntimo. Não embacem o brilho do espírito com o qual vieram do céu. O Senhor depende de sua bondade e sua influência neste mundo.

Esta é a tocha que levou o fogo Olímpico em parte de sua viagem da Grécia a Salt Lake City, no final de fevereiro. Ela é um símbolo de excelência e esperança. Foi acesa pela primeira vez na Grécia, no início das Olimpíadas, há muito, muito tempo.

Esta é a tocha das Moças. Ela simboliza a luz do evangelho que vem de nosso Pai Celestial. Essa luz teve seu início no céu, antes de você nascer. Lá, foi-lhe ensinado o grande plano de felicidade. Por ter aceitado esse plano, você tem a honra de carregar a tocha de luz.

O Salvador nos ensinou “assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus”.1 A luz divina que levam dentro de sua alma é herdada de Deus, porque vocês são filhas Dele. Parte da luz que a torna tão magnificente é a bênção da feminilidade. Que coisa maravilhosa é saber que suas características de mulher, femininas, são uma investidura de Deus. Nossos profetas dos últimos dias ensinam que “o sexo (masculino ou feminino) é uma característica essencial da identidade e do propósito pré-mortal, mortal e eterno de cada um”.2 É uma bênção sagrada nascer com as qualidades requintadas de uma filha de Deus. As mulheres de Deus, tanto as antigas quanto as modernas, são espirituais e sensíveis, meigas e dóceis. Possuem uma natureza bondosa e acalentadora. Essa é sua herança. Nunca menosprezem os dons que lhes são concedidos por Deus. Desenvolvam a divindade que existe em seu íntimo. Não embacem o brilho do espírito com o qual vieram do céu. O Senhor depende de sua bondade e sua influência neste mundo.

Hoje, quero simplesmente conversar com vocês, de coração para coração, sobre serem bondosas e as vantagens de sê-lo. É sobre levantar essa tocha bem alto.

O mundo tentará fazer com que pensem que ser bondosas está fora de moda e desatualizado, e que a popularidade advém de desrespeitar as leis e rebaixar seus padrões. Não aceitem esse tipo de pensamento. Ao assistir a TV ou ler as revistas, pode ser que venham a sentir-se um pouco fora do normal, quando, na realidade, vocês é que conhecem o que é certo.

Pode ser que vocês saibam que tenho sete filhos. Sei como são os rapazes! A vida lá em casa é emocionante! Tenho aprendido muito com eles e seus amigos, tanto rapazes como moças. Eu lhes poderia contar alguns de seus segredos. Talvez possa partilhar de um deles, e espero não entrar em apuros. Os rapazes detestam ficar embaraçados. Lembro-me de uma vez em que um rapaz conhecido meu tinha um encontro para ir a um baile a rigor. Ele trouxe sua convidada até nossa casa, antes do baile, para que pudéssemos tirar fotografias. Quando chegaram, ele foi até a cozinha onde eu estava procurando uma câmera e disse: “Espere até ver o vestido de minha garota! Ela está tão linda!” Esse rapaz nunca dissera algo assim antes, portanto, eu mal podia esperar para ver o que queria dizer.

Quando a vi, entendi; ela estava muito bonita. O vestido que usava era lindo. Fiquei sabendo que ela e a mãe haviam procurado por toda parte por ele. Quando finalmente encontraram esse vestido, sabiam que ficaria perfeito com alguns toques de tecido e costura para que ficasse dentro dos seus altos padrões.

Todos os seus esforços foram recompensados, pois ela estava absolutamente radiante essa noite, mas, era mais que o vestido que a fazia luzir. Era sua tranqüila confiança. Lembrei-me da escritura: “Que a virtude adorne teus pensamentos incessantemente; então tua confiança se fortalecerá”.3 De onde veio essa confiança? Notei que essa jovem podia encarar outras pessoas porque não estava preocupada com sua aparência. Ela já havia cuidado desse detalhe há semanas. O rapaz com quem ela estava sentia-se à vontade, seguro e feliz com ela porque o vestido que usava não era transparente. Era recatado em todos os aspectos, o que a tornava confiante e feliz. E isso era encantador. Ela não o deixava emba-raçado; ele tinha orgulho dela.

As moças que podem ser maravi-lhosas portadoras da tocha têm padrões elevados durante o tempo todo, não apenas no seu vestido de baile, mas em todos os dias, todos os dias comuns. Existem muitas de vocês que são assim, e eu as saúdo hoje. Vocês fizeram do recato um modo de vida. É mais do que simplesmente a maneira de vestir. Inclui pelo menos seis coisas: 1) Seu comportamento é decente e reca-tado, e no entanto são uma companhia muito divertida; 2) Seu linguajar nunca é chulo, mas alegre e interessante; 3) Vocês se vestem bem e isso é atraente; 4) são notadas por desenvolver seus talentos e alcançar suas metas, não por usar “piercings”, fazer tatuagens e ostentar seu corpo; 5) praticam esportes com entusiasmo, sem nunca perder o controle; 6) parecem não se importar com o que os artistas do momento usam ou fazem; vocês têm seu próprio estilo. Resumindo: Vocês não imitam os padrões do mundo porque conhecem um padrão superior. Sabem quem são, e isso as deixa em grande vantagem. Sabem que são realmente filhas de nosso Pai Celestial. Sabem que Ele as conhece e que as ama. Desejam agradá-Lo e respeitam Seu amor por vocês. Sabem que mesmo que cometam erros tolos, Ele as ajudará, se voltarem-se para Ele.

Vocês agem como se tivessem decorado o livreto Para o Vigor da Juventude! Não é um ótimo guia? Às vezes gosto de chamá-lo de “sugestões para a felicidade”, pois viver esses padrões pode ser sua arma secreta para atrair as pessoas e também para mantê-las no caminho correto. Quando vivem diariamente os elevados padrões da Igreja, vocês levantam alto a tocha.

Liz é um exemplo do que estou dizendo. Ela era aluna de uma classe de matemática juntamente com Lindsay, que notou em Liz um “brilho” diferente à sua volta, segundo suas próprias palavras. Lindsay admitiu que não achava que Liz realmente a conhecesse, mas ainda assim fazia com que se sentisse bem. Ela realmente vivia de acordo com o que acreditava e sempre fazia com que os outros se sentissem bem e incluídos. Lindsay observou Liz durante várias semanas. Então, certo dia, Liz não apareceu na escola. Passou-se mais um dia, e outro. Lindsay ficou finalmente sabendo que Liz estava muito doente, com meningite que lhe ameaçava a vida.

Ela voltou da escola muito triste, sentou-se à mesa e chorou. Embora ela e Liz não fossem grandes amigas, ela disse à mãe que precisavam fazer alguma coisa por Liz. Lindsay sugeriu que a família toda orasse e jejuasse por Liz. Que choque, a mãe ouvir falar em jejum por uma de suas filhas, quando já não se jejuava e nem se mencionava o jejum em sua casa há anos. Quando Lindsay e a mãe conversaram com o resto da família naquela noite, ao jantar, houve certa resistência, mas Lindsay lhes fez um apelo e finalmente todos concordaram em jejuar e orar por Liz, uma estranha. Algo maravilhoso aconteceu. Não demorou muito antes que Liz voltasse à escola, parecendo saudável e feliz como sempre. Mas, não foi só isso; a experiência trouxe um notável espírito de esperança para a casa de Lindsay. Por causa dele, algumas grandes mudanças começaram a suceder na família. Agora eles estão realizando oração familiar juntos, algo que já não acontecia há anos.

A bondade de Liz brilhou, e contagiou. Liz, se você está aqui hoje, eu gostaria de dizer: “Muito obrigada! Por meio de sua bondade, você abençoou pelo menos uma família inteira a quem você provavelmente nem conhece. E, quem sabe quantos outros já foram levados à luz do evangelho ao verem sua tocha levantada”.

Ser bom faz com que você se sinta bem e isso faz também com que outros se sintam bem! Deixem-me dizer-lhes isto: É muito mais fácil fazer o que é certo do que fazer o que é errado. A vida é muito menos complicada quando se é bom.

A maior vantagem de ser boa é que isso as levará ao templo, o lugar mais belo e sagrado de todos os que há nesta Terra. O templo é o local que o Salvador poderia visitar por ser Sua santa casa aqui na Terra.

A neta do Presidente Lorenzo Snow estava certa ocasião, com ele no templo quando ele lhe disse: “’Allie, quero dizer-lhe uma coisa. Foi bem aqui que o Senhor Jesus Cristo me apareceu’. [Vovô] colocou sua mão direita sobre [minha] cabeça e disse: ‘Bem, minha neta, quero que você se lembre de que este é o testemunho de seu avô, que ele lhe disse com suas próprias palavras que realmente viu o Salvador, aqui no templo, e falou com Ele face a face’”.4

Podem imaginar a reverência que sentirão ao andar pelas mesmas salas por onde o Salvador andou? Podem imaginar-se ali, puras e limpas, filhas de Deus, preparadas para receber Suas maiores bênçãos?

O Progresso Pessoal a ajudará em sua preparação para ir ao templo. É inspirado pelos céus. Que belo pequeno tesouro ele é. Ele as ajudará a achegar-se ao Salvador, e as ajudará a magnificar os dons divinos da feminilidade sobre os quais falamos. É algo destinado exatamente a vocês, neste período muito importante de preparação, pois os padrões que estabelecerem e as escolhas que fizerem agora afetarão o resto de sua vida. É nossa oração que à medida que completarem seu Progresso Pessoal, sua luz brilhe com tanta intensidade que seja uma influência para o bem para as gerações vindouras. Por estas razões, e ainda outras, que a Primeira Presidência disse: “Queremos que todas as moças se esforcem para ganhar o Reconhecimento das Moças. À medida que as jovens trabalham para alcançar tal objetivo, elas desenvolverão habilidades e atributos que as levarão ao templo e as prepararão para uma vida de serviço para sua família e para o Senhor”.5 O novo e belo Medalhão das Moças apresenta as torres do templo, lembrando-as que se estão preparando para receber as ordenanças do templo, pois é por meio das ordenanças e convênios do templo que chegamos a Cristo.

Estamos pensando especificamente em Cristo nesta véspera de Páscoa. Há mais de 2.000 anos, nesta noite, enquanto Seu corpo era colocado no sepulcro, alguns acreditaram que a luz havia-se apagado. Mas sabemos que na manhã do terceiro dia, que chamamos de Páscoa, Ele ressurgiu para ser nossa salvação, nosso Salvador, nossa luz eterna que nunca nos faltará. Testifico que Cristo é a luz e a vida do mundo.

Queridas moças, que a sua luz resplandeça diante de toda a sua família e amigos, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao seu Pai que está nos céus. É um privilégio carregar a tocha. Nossa oração é para que a luz de Cristo brilhe em seu caminho a cada passo que derem e que sua bondade as qualifique para receber, um dia, as ordenanças do templo, pois é naquele santo lugar que encontrarão a maior luz de todas. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

  1. Mateus 5:16.

  2. A Família: Proclamação ao Mundo”, A Liahona, out. de 1998, p. 24.

  3. D&C 121:45.

  4. “Lorenzo Snow and the Sacred Vision”, Friend, ago. de 1993, 14.

  5. Carta da Primeira Presidência, 28 de setembro de 2001, sobre Fortalecimento da Juventude.