2000–2009
Fortalecer o Lar e a Família
anterior seguinte

Fortalecer o Lar e a Família

Três princípios ajudarão vocês a fortalecer seu lar e sua família: cuidados, sacrifício e oração.

Depois de assistirmos ao encerramento das Olimpíadas de 2002, não podemos deixar de lembrar aqueles que levaram para casa a medalha de ouro. Muitos atletas, depois de anos de preparação, vieram para competir, esperando vencer. Como moças na Igreja, vocês também estão preparando-se e competindo por um medalhão, com o Espírito resplandecendo em seu coração.

O programa das Moças oferece um excelente campo de treinamento para ajudar cada uma a atingir suas metas, e o tema das Moças é uma lembrança constante de que não estamos sozinhas nessa competição. Fazemos parte da equipe do Senhor e Ele sempre estará ao nosso lado para ajudar-nos a levar para casa a nossa medalha de ouro.

Como filhas de Deus, algumas de vocês podem possuir excelentes atributos atléticos, mas todas foram abençoadas com muitos talentos e dons. Um dos dons mais importantes é sua capacidade de fortalecer o lar e a família, a nova sentença acrescentada ao tema das Moças. Reconhecem essas palavras? Uma das designações a nós confiadas enquanto moças e mulheres no reino é amar e fortalecer nossa família.

Minha oração esta noite é para que o Espírito resplandeça em seu coração, que tenham um grande desejo de fortalecer sua família agora e de preparar-se para a família que terão no futuro. As escrituras estão repletas de ensinamentos que fortalecem nossa família. Não há maior mestre do que o Salvador. Ao estudarmos Seus ensinamentos e seguirmos Seu exemplo, podemos melhorar nossa vida em família. Vamos falar agora sobre três princípios que ajudarão vocês a fortalecer o lar e a família:

  • Cuidados

  • Sacrifício

  • Oração.

Cuidados

Quem é que não gosta de brincar com uma criancinha ou segurar um recém-nascido em seus braços? Por sermos mulheres, nascemos com uma habilidade natural de amar e cuidar dos outros. Cuidar significa dar apoio uns aos outros, incentivar uns aos outros, nutrir uns aos outros e amar uns aos outros. Estamos fazendo isso em nossa família?

O próprio Salvador mostrou-nos Seus cuidados. Ele nos disse repetidas vezes: “quantas vezes vos ajuntei como a galinha ajunta seus pintos sob as asas e alimentei-vos!” (3 Néfi 10:4)

Quando sua família está reunida, vocês podem fazer muita coisa para propiciar um espírito de união. Quando foi a última vez que vocês envolveram a mãe ou o pai em um abraço e agradeceram a eles por tudo o que fazem? Os pais proporcionam a maior parte dos cuidados, mas eles precisam de cuidados também.

Como mulheres, podemos ajuntar nossos pintos sob as asas com amor e carinho. Recentemente, vi uma jovem mãe falar com sua filhi-nha de dois anos. A menina estava chorando e a mãe não conseguia entender os desejos da filha. A mãe, então, disse-lhe: “Não chore. Fale comigo. Diga o que a está aborrecendo”. A mãe mostrou tanto respeito pela garotinha de dois anos que ela parou de chorar e “falou” com sua mãe. A jovem mãe estava aprendendo a desenvolver seus cuidados.

Quando nosso Pai Celestial apresentou o Salvador ao mundo, Ele demonstrou um enorme cuidado ao utilizar uma voz mansa. A palavra da escritura diz: “ouviram uma voz que parecia vir do céu: (…) e não era uma voz áspera nem forte; entretanto, apesar de ser uma voz mansa, penetrava-lhes até o âmago”. (3 Néfi 11:3)

Em nosso lar, esse pode ser um modelo de como devemos nos comunicar com os membros da família. Evitemos falar alto, preferindo em vez disso uma voz mansa quando falarmos com aqueles a quem amamos. É essa a maneira como o Pai Celestial fala a Seus filhos.

Sacrifício

O segundo princípio é o sacrifício. Como moças, vocês estão aprendendo, todos os dias, o significado do sacrifício. Ficamos impressionadas com tantas coisas boas que vocês estão fazendo.

  • Vocês ajudam a tomar conta dos pequenos quando sua mãe sai para o trabalho. Ajudam a fazer o jantar e levam as crianças para a cama.

  • Preferem ficar em casa no fim-de-semana a participar de reuniõezi-nhas onde se exibem filmes inadequados.

  • Milhares de vocês levantam-se às cinco da manhã para participar das aulas do seminário, antes de ir para a escola.

O Salvador está orgulhoso de vocês. Ele conhece seus problemas e compreende a dificuldade que representa, para vocês, fazer sacrifícios. O Salvador nos ensinou a fazer sacrifício. Ele sacrificou Sua vida por toda a humanidade.

Depois de Sua Ressurreição, a primeira coisa que explicou aos nefi-tas foi o Seu sacrifício. Ele disse: “E bebi da taça amarga que o Pai me deu (…) no que me submeti à vontade do Pai em todas as coisas”. (3 Néfi 11:11) Ele fez o que o Pai Celestial queria que fizesse.

O Pai Celestial deseja que criemos nossa família em retidão. O fato de tornarem-se esposas e mães talvez limite as oportunidades de sua carreira, mas isso pode ser muito recompensador. Quando ainda era uma jovem mãe, lembro-me de ter tocado uma música para minhas filhas enquanto elas dançavam em volta da sala. Pode parecer um pouco ingênua, mas dizia assim:

Quando eu crescer, quero ser mãe e ter uma família:

um bebê, dois bebês, três bebês só meus.

Dentre tantas ocupações, não escolherei nenhuma outra:

terei uma família.

Eu os amarei a qualquer hora do dia,

e lhes darei biscoitos e leite, e amarelos balões.

E os acalentarei se estiverem em dificuldade,

e lerei histórias e cantarei belas canções.

(Janeen Brady, “I Want to Be a Mother”, in Beloved Songs [1987], 10-13)

Acredito que tenham entendido a mensagem. Ser mãe é uma grande bênção, e não um sacrifício.

Oração

Terceiro, o Salvador nos ensina a orar.

Para ajudar a fortalecer sua família, a oração deverá ser uma parte constante e diária de sua vida. Ela irá proteger vocês contra o adversário, proporcionará paz e ajudará os membros da família a amarem mais uns aos outros.

Quando o Salvador visitou os nefitas, Ele dispunha de poucos dias para ensinar-lhes a plenitude do evangelho. A maior parte desse tempo Ele dedicou à oração. Vocês sabiam que do capítulo 17 ao 20, em 3 Néfi, a oração é mencionada cerca de 38 vezes? Diversas vezes Ele ordenou ao povo que orasse. Ajoelhou-Se naquele solo e orou por eles. Ensinou-os a orar. Abençoou as criancinhas e orou ao Pai por elas. Ordenou-lhes que sempre orassem em seu coração.

Talvez durante uma atividade da Mutual vocês possam levar as escrituras, ler esses quatro capítulos em voz alta, e sublinhar onde aparece a palavra oração, compartilhando histórias e testemunhos sobre o poder da oração. Posso garantir-lhes que sentirão o Espírito do Senhor e desenvolverão um testemunho maior sobre a oração.

Nossos profetas disseram que não ficam preocupados com os jovens que oram duas vezes ao dia. E, se eles não se preocupam com vocês, vocês também não têm razão para nos preocupar consigo mesmas, desde que façam suas orações, com sinceridade, duas vezes ao dia.

Ouçam a esta história maravilhosa, contada pela mãe do Profeta Joseph Smith, sobre a noite em que ele foi pegar as placas de ouro. Ela escreveu: “[Naquela noite] fiquei acordada até bem tarde. (…) Aproximadamente à meia-noite Joseph chegou (…) e perguntou-me se eu tinha um baú com cadeado e chave (…) e por não o ter, fiquei muito apreensiva. (…) Mas Joseph (…) disse: ‘Não faz mal, posso dar um jeito (…) mesmo sem ele — acalme-se — está tudo bem’”.

Pouco depois, Joseph e Emma saíram, levando um cavalo e a charrete. Agora prestem atenção ao que disse sua mãe: “Passei a noite toda orando e suplicando a Deus, pois a ansiedade de minha alma não me deixava dormir.” As súplicas de uma mãe, uma filha digna de Deus, confortaram o Profeta e protegeram as placas de ouro. Por muitos anos, suas orações constantes ajudaram a fortalecer seu lar e sua família. (Ver Lucy Mack Smith, History of Joseph Smith, publicado por Preston Nibley [1979], p. 102.)

Como vocês podem utilizar a oração para fortalecer sua família? Devido ao grande amor que o Pai Celestial tem por vocês, Ele quer que vocês falem com Ele. Sejam quais forem os problemas que estão enfrentando, vocês podem orar por toda e qualquer coisa:

  • Podem orar pedindo ajuda para cumprir as normas familiares, como voltar para casa no horário estipulado;

  • Podem orar para que sua família tenha o desejo de estudar as escrituras em conjunto;

  • Podem orar para que a comunicação com a mãe ou o pai melhore;

  • E podem orar para serem mais pacientes com um irmão ou uma irmã, ajudando-os a resolver seus problemas.

Orem pelos problemas que as afligem! Não desistam. O Pai Celestial pode e irá responder às suas orações. Muitas das minhas próprias orações foram respondidas, embora também existam algumas que ainda não o foram. Nossas orações serão respondidas no tempo do Senhor, quando estivermos preparados.

Esta noite eu falei sobre três princípios que irão ajudá-las a fortalecer seu lar e sua família:

  • Cuidados

  • Sacrifício

  • Oração

O Salvador, nosso Redentor e Amigo, mostrou-nos o caminho. Se vocês colocarem em prática Seus ensinamentos, talvez nunca recebam uma medalha Olímpica de ouro ou de prata, mas o fato de serem merecedoras do medalhão das Moças poderá trazer-lhes uma recompensa muito maior, e as ajudará a manter acesa a chama do Espírito Santo, fazendo-a brilhar continuamente no coração de cada uma. Oro para que, ao estudar as escrituras e ter um grande amor por elas, vocês possam encontrar outros meios significativos de fortalecer seu lar e sua família. Em nome de Jesus Cristo. Amém.