A Liahona
    Quatro verdades que aprendi como historiador da Igreja ao estudar a respeito de Joseph Smith
    Notas de rodapé
    Theme

    Apenas online: Os jovens adultos e a Restauração contínua

    Quatro verdades que aprendi como historiador da Igreja ao estudar a respeito de Joseph Smith

    Os jovens adultos não precisam temer a história da Igreja. Na realidade, vocês devem aprender mais.

    Quando eu era mais jovem, gostava muito de ouvir as histórias que minha mãe me contava sobre Joseph Smith e a história de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Cresci no oeste do Oregon, EUA, um local cercado por pomares de nozes e agricultura. Com o canto suave de grilos ao fundo, nossa família se reunia na varanda dos fundos, no verão, e ouvia minha mãe contar essas histórias.

    Talvez porque eu também fosse jovem, ficava muito fascinada pelas histórias da juventude do profeta Joseph Smith, como a operação pela qual teve que passar na perna a fim de remover uma infecção óssea quando tinha apenas 7 anos de idade. Ou como quando a família Smith se mudou para Nova York e o jovem Joseph ainda estava usando muletas depois de três anos. Aprendi tanto sobre Joseph Smith que conheci alguns fatos históricos melhor do que meus professores da Escola Dominical e da Primária!

    Compreender os princípios do evangelho pela história

    Ao continuar meus estudos, comecei a estudar seriamente a história americana e a história da Igreja. Aprendi muito sobre a cultura em que Joseph Smith vivia e o contexto em que a Igreja foi fundada. Essas informações aprimoraram o significado das histórias que aprendi quando era jovem. Meus estudos me ajudaram a ver que estudar a história do evangelho restaurado pode levar a uma compreensão mais profunda de princípios importantes do evangelho. Aprendi que esse processo deve ser desejado, e não temido.

    Em julho de 2018, pude unir minha paixão pela história da Igreja à minha formação histórica quando entrei para o Joseph Smith Papers Project [Projeto Documentos de Joseph Smith] no Departamento de História da Igreja como editora de projetos de publicação. Em meu trabalho, verifico transcrições de documentos históricos e forneço informações aos leitores para que compreendam melhor o texto.

    Em outras palavras, o meu trabalho é pensar na vida de Joseph Smith todos os dias.

    Estudar a história com os olhos da fé

    Joseph Smith, com quem estou mais familiarizada como historiadora, é uma personalidade americana exclusiva e complexa que procurou criar uma comunidade de Sião onde antes era a fronteira ocidental dos Estados Unidos. Existem alguns aspectos da vida de Joseph Smith sobre os quais os historiadores não conseguem compreender muito bem porque ele não registrou suas experiências ou seus discursos.

    Mas, independentemente do que sabemos ou não, a fé deve estar presente ao analisar a história como um santo dos últimos dias. Acreditar em Deus e no princípio da revelação contínua — que Deus não deixará de falar com Seus filhos nem de conduzi-los — permanece sendo a base de minha fé e me mantém firme no evangelho que tanto amo.

    Minhas experiências diárias e profundas ao estudar a vida de Joseph Smith e a história geral da Igreja me ensinaram várias coisas:

    1. O profeta Joseph Smith foi chamado por Deus. Ele realmente se tornou um instrumento nas mãos do Senhor para restaurar Seu evangelho na Terra novamente. E cabe a nós continuarmos essa Restauração.

    2. Deus usa pessoas imperfeitas, como Joseph Smith, para realizar uma grande obra. Cada um de nós cometerá erros, e a verdade é que não seremos os únicos; até os profetas usam a Expiação de Jesus Cristo para se arrepender, assim como nós.

    3. Nosso Pai Celestial conhece cada um de nós pessoalmente, com todas as nossas dificuldades e dúvidas. A doutrina que Deus restaurou por intermédio de Joseph Smith nos ensina que cada pessoa que já nasceu tem um valor individual imenso e um potencial eterno de se tornar como seus Pais Celestiais.

    4. O crescimento e a revelação pessoal podem se desenvolver durante a vida. Joseph Smith provavelmente compreendeu melhor a Primeira Visão à medida que foi envelhecendo, devido às experiências de revelação que teve ao longo do resto de sua vida. Da mesma forma, podemos observar as experiências que temos em nossa vida sabendo que podemos continuar a buscar revelação à medida que edificamos sobre a verdade que aprendemos.

    Como jovens adultos, encontrar respostas para as perguntas sobre a história da Igreja às vezes pode parecer assustador, mas vale a pena trilhar esse processo. Sua fé será fortalecida ao aprender as histórias daqueles que ajudaram no crescimento da Igreja no mundo. Sei que a minha foi.