O Caminho Perfeito para a Felicidade
    Notas de rodapé

    O Caminho Perfeito para a Felicidade

    Testifico da grande dádiva que é o plano de nosso Pai para nós. É o único caminho perfeito para a paz e para a felicidade.

    Meus amados irmãos e irmãs, quer estejam aqui no Centro de Conferências ou no mundo todo, sinto-me imensamente grato pela oportunidade de compartilhar meus pensamentos com vocês nesta manhã.

    Há 52 anos, em julho de 1964, eu tinha uma designação na Cidade de Nova York, durante a época em que a Feira Mundial estava sendo realizada. Certa manhã, visitei o Pavilhão Mórmon na feira. Cheguei pouco antes de uma apresentação do filme da Igreja O Homem em Busca da Felicidade, uma representação do Plano de Salvação que se tornou um clássico da Igreja. Sentei-me ao lado de um rapaz que tinha talvez 35 anos de idade. Conversei brevemente com ele. Ele não era membro da nossa Igreja. Em seguida, as luzes se apagaram e o filme começou.

    Ouvíamos a voz do narrador conforme ele fazia as pungentes e universais perguntas: De onde vim? Por que estou aqui? Para onde irei quando partir desta vida? Todos prestaram atenção às respostas e tinham os olhos fixos nas imagens retratadas. Foi dada uma descrição de nossa vida pré-mortal, incluindo uma explicação sobre nosso propósito na Terra. Testemunhamos uma tocante representação do falecimento de um avô idoso e de seu glorioso reencontro com seus entes queridos, que partiram antes dele para o mundo espiritual.

    Ao final dessa bela representação do plano de nosso Pai Celestial para nós, o público saiu silenciosamente, muitos visivelmente tocados pela mensagem do filme. O jovem visitante que estava ao meu lado não se levantou. Perguntei-lhe se tinha gostado da apresentação. Ele respondeu enfaticamente: “Essa é a verdade!”

    O plano de nosso Pai para nossa felicidade e para nossa salvação é compartilhado por nossos missionários no mundo todo. Nem todas as pessoas que ouvem essa mensagem a aceitam ou escolhem segui-la. No entanto, homens e mulheres no mundo todo, assim como meu jovem amigo na Feira Mundial de Nova York, reconhecem suas verdades e firmam seus pés no caminho que os conduzirá em segurança para casa. A vida deles é mudada para sempre.

    Nosso Salvador, Jesus Cristo, é essencial ao plano. Sem Seu sacrifício expiatório, tudo estaria perdido. No entanto, não é o suficiente acreditar Nele e em Sua missão. Precisamos trabalhar e aprender, buscar e orar, arrependermo-nos e melhorar. Precisamos conhecer as leis de Deus e vivê-las. Precisamos receber Suas ordenanças de salvação. Somente dessa forma obteremos a verdadeira e eterna felicidade.

    Somos abençoados por termos a verdade. Temos o dever de compartilhar a verdade. Vivamos a verdade para que mereçamos tudo o que o Pai tem para nós. Ele nada faz que não seja em nosso benefício. Ele nos disse: “Esta é minha obra e minha glória: Levar a efeito a imortalidade e vida eterna do homem”.1

    Do fundo de minha alma, e com toda humildade, testifico da grande dádiva que é o plano de nosso Pai para nós. É o único caminho perfeito para a paz e para a felicidade tanto aqui quanto no mundo vindouro.

    Irmãos e irmãs, ao encerrar, deixo com vocês meu amor e minha bênção, e o faço em nome de nosso Salvador e Redentor, sim, Jesus Cristo. Amém.