Biblioteca
Revelação
anterior próximo

Revelação

Visão geral

As revelações acontecem quando Deus Se comunica com Seus filhos. Esse tipo de orientação vem por vários meios, de acordo com as necessidades e a situação das pessoas, das famílias e da Igreja como um todo. Quando revela Sua vontade à Igreja, o Senhor fala por intermédio de Seu profeta. Os profetas são as únicas pessoas que podem receber revelação para a Igreja, mas não são os únicos que podem receber revelação. De acordo com nossa fidelidade, podemos receber revelação para nos ajudar em nossas necessidades, responsabilidades e dúvidas pessoais e específicas, além de nos ajudar a fortalecer nosso testemunho.

As escrituras falam de diferentes tipos de revelação, tais como visões, sonhos e visitas de anjos. Por meio desses canais, o Senhor restaurou Seu evangelho nos últimos dias e revelou muitas verdades. Entretanto, a maioria das revelações aos líderes e membros da Igreja vem por meio dos sussurros do Espírito Santo.

Sussurros suaves e espirituais podem não parecer tão espetaculares quanto visões ou visitas de anjos, mas são igualmente poderosos, duradouros e capazes de mudar vidas. O testemunho do Espírito Santo causa uma impressão na alma mais significativa do que qualquer outra coisa que possamos ver ou ouvir. Por meio de tais revelações, receberemos vigor duradouro para permanecer fiéis ao evangelho e ajudar outros a fazerem o mesmo.

Como se preparar para receber revelação

Os seguintes conselhos nos ajudarão na preparação para ouvir os sussurros do Espírito Santo:

Ore pedindo orientação. O Senhor disse: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á” (Mateus 7:7–8). Para encontrar e receber, temos que procurar e pedir.

Seja reverente. A reverência é um sentimento de profundo respeito e amor. Se estivermos reverentes e tranquilos, estaremos mais receptivos à revelação. Mesmo que tudo ao nosso redor esteja tumultuado, podemos ter uma atitude reverente e estar preparados para receber a orientação do Senhor.

Seja humilde. A humildade está intimamente relacionada à reverência. Quando somos humildes, reconhecemos nossa dependência do Senhor.

Guarde os mandamentos. Se guardarmos os mandamentos, estaremos preparados para ouvir, reconhecer e seguir os sussurros do Espírito Santo.

Participe dignamente do sacramento. As orações sacramentais ensinam como ter a companhia constante do Espírito Santo. Ao tomar o sacramento, testificamos a Deus que desejamos tomar sobre nós o nome de Seu Filho, de que sempre nos lembraremos Dele e guardaremos Seus mandamentos. O Pai Celestial promete que, se guardarmos esses convênios, sempre teremos a companhia do Espírito (ver Doutrina e Convênios 20:77, 79).

Estude as escrituras diariamente. Ao estudarmos diligentemente as escrituras, aprenderemos com o exemplo de homens e mulheres cuja vida foi abençoada por seguirem a vontade revelada do Senhor. Também nos tornaremos mais receptivos ao Espírito Santo. Ao ler e ponderar, poderemos receber a revelação de como certa passagem das escrituras se aplica a nós ou sobre qualquer outra coisa que o Senhor deseje nos comunicar.

Reserve tempo para ponderar. Quando ponderamos as verdades do evangelho, ficamos com a mente e o coração abertos à influência orientadora do Espírito Santo (ver 1 Néfi 11:1; Doutrina e Convênios 76:19; 138:1–11). O ato de ponderar faz com que nos desliguemos das coisas triviais deste mundo, ajuda-nos a ter uma perspectiva eterna e nos aproxima do Espírito.

Ao procurar orientação específica, devemos refletir sobre a questão. Às vezes, o Senhor só Se comunicará conosco depois que ponderarmos bem o problema.

Busque pacientemente a vontade de Deus. Deus Se revela “em seu próprio tempo e a seu próprio modo e de acordo com sua própria vontade” (ver Doutrina e Convênios 88:63–68). A revelação provavelmente nos virá linha sobre linha, preceito sobre preceito, um pouco aqui e um pouco ali. Devemos ser pacientes e confiar no tempo do Senhor.

Como reconhecer os sussurros do Espírito Santo

Em meio aos muitos ruídos e às muitas mensagens no mundo de hoje, temos que aprender a reconhecer os sussurros do Espírito Santo. Seguem-se alguns dos principais meios utilizados pelo Espírito Santo para Se comunicar conosco:

Ele fala à mente e ao coração com uma voz mansa e delicada. O Senhor ensinou: “Eis que eu te falarei em tua mente e em teu coração, pelo Espírito Santo que virá sobre ti e que habitará em teu coração. Ora, eis que este é o espírito de revelação” (Doutrina e Convênios 8:2–3). Embora uma revelação dessas possa ter um poderoso efeito sobre nós, as revelações quase sempre vêm de maneira tranquila, como uma “voz mansa e delicada” (ver 1 Reis 19:9–12; Helamã 5:30; Doutrina e Convênios 85:6).

O Espírito Santo nos inspira por meio do que sentimos. Embora descrevamos a comunicação do Espírito como uma voz, essa voz é mais sentida do que ouvida.

Ele nos dá paz. O Espírito Santo é frequentemente chamado de Consolador (ver João 14:26; Doutrina e Convênios 39:6). Ao nos revelar a vontade do Senhor, Ele dará paz a nossa mente (ver Doutrina e Convênios 6:23).

Tópicos relacionados

Escrituras

Referências das escrituras

Recursos de estudo das escrituras

Profetas e líderes da Igreja

Profetas e apóstolos

Outros líderes da Igreja

Ensinamentos dos Presidentes da Igreja

Recursos de aprendizagem

Recursos gerais

“Revelação”, Sempre Fiéis

“Revelation”, Encyclopedia of Mormonism

Revistas da Igreja

“What If My Testimony Doesn’t Come When I Expect?”, New Era, março de 2017

“What Does the Spirit Feel Like?”, New Era, março de 2017

“O caminho do líder para a revelação”, A Liahona, agosto de 2013

“What is revelation?”, Friend, junho de 2012

“Buscar e receber revelação pessoal”, A Liahona, abril de 2010

Notícias

“Divine Revelation in Modern Times”, Church Newsroom

“Revelação”, Sala de Imprensa

Recursos de ensino

Esboços de ensino

Mídia

Vídeo

“Padrões de Luz: O Espírito de Revelação”

Música