Primária
8 a 14 de março. Doutrina e Convênios 23–26: “Fortalecer a Igreja”
anterior próximo

“8 a 14 de março. Doutrina e Convênios 23–26: ‘Fortalecer a Igreja’”, Vem, e Segue-Me — Primária: Doutrina e Convênios 2021

“8 a 14 de março. Doutrina e Convênios 23–26”, Vem, e Segue-Me — Primária, 2021

8 a 14 de março

Doutrina e Convênios 23–26

“Fortalecer a Igreja”

Ao se preparar para ensinar, considere ideias de atividades nas seções para as “Crianças menores” e para as “Crianças maiores”.

Registre suas impressões

Convidar todos a participar

Mostre uma gravura de Emma Smith (ver o esboço da semana em Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar). Peça às crianças que contem o que sabem sobre ela, inclusive o que aprenderam estudando Doutrina e Convênios 25 na semana passada. O “Capítulo 13: Joseph e Emma” (Histórias de Doutrina e Convênios, pp. 51–55) pode ajudar.

Ensinar a doutrina: Crianças menores

Doutrina e Convênios 23:6; 26:1

Deus quer que eu ore e aprenda com as escrituras todos os dias.

O Senhor aconselhou os primeiros líderes e amigos da Igreja a orar (ver Doutrina e Convênios 23:6) e estudar as escrituras (ver Doutrina e Convênios 26:1). Como você pode ajudar as crianças a tornar a oração e o estudo das escrituras parte de sua vida?

Atividades sugeridas

  • Leia para as crianças Doutrina e Convênios 23:6, começando em “deves orar”. Ajude-as a identificar as diferentes maneiras e os lugares onde o Senhor disse que devemos orar. Peça-lhes que desenhem a si mesmas orando de uma dessas maneiras ou em um desses lugares.

  • Se necessário, explique às crianças como orar. Um hino sobre a oração, como “Orar com fé” (A Liahona, março de 1991, seção infantil, p. 5), pode ajudar.

  • Leia para as crianças “Devereis dedicar vosso tempo ao estudo das escrituras” (Doutrina e Convênios 26:1). Diga a elas por que você estuda as escrituras. Ajude-as a pensar em maneiras de aprender com as escrituras mesmo que elas ainda não saibam ler.

  • Cantem juntos “Ler, ponderar e orar” (Músicas para Crianças, p. 66) ou outro hino sobre a oração e o estudo das escrituras. Ajude as crianças a descobrir as bênçãos prometidas nesse hino. Comente sobre os sentimentos espirituais que tem quando ora e lê as escrituras.

Doutrina e Convênios 25:11–12

Jesus ama “o canto do coração”.

O Senhor disse que a música sacra “me é agradável”. Ajude as crianças a entender que cantar não é apenas uma atividade divertida, mas também é uma maneira de adorá-Lo.

Atividades sugeridas

  • Peça a cada criança que cite seu hino ou sua canção favorita da Igreja, e cantem alguns juntos. Leia Doutrina e Convênios 25:12 para as crianças e peça a elas que imaginem como o Pai Celestial e Jesus Se sentem quando nos ouvem cantar esses hinos.

  • Ensine às crianças um hino sobre cantar, como “Vamos com alma cantar” (Músicas para Crianças, p. 124), ou um hino sobre Jesus Cristo, como “Ele mandou Seu Filho” (Músicas para Crianças, pp. 20–21). Peça a elas que cantem o hino com a família durante a semana.

    Cantar é uma maneira de demonstrar nosso amor a Deus.

Doutrina e Convênios 25:13, 15

Posso me preparar para fazer convênios sagrados.

As crianças de sua classe estão se preparando para fazer seu primeiro convênio com o Pai Celestial quando forem batizadas. Como você pode ajudá-las a entender como esses convênios são importantes?

Atividades sugeridas

  • Leia Doutrina e Convênios 25:13 para as crianças. Explique a elas que a expressão “apega-te” nesse versículo significa segurar firme em algo. Para ajudá-las a entender, dê a elas algo sólido, como uma pedra (ou uma barra de ferro), e peça a elas que passem o objeto uma para a outra e o segurem, apertando o máximo possível. Explique a elas que “apegar-se a nossos convênios” significa guardar as promessas que fazemos com o Pai Celestial e nunca desistir.

  • Use a página de atividade da semana para ensinar às crianças sobre as ocasiões em que fazemos convênios com o Pai Celestial. Leia Doutrina e Convênios 25:15 e explique à classe que a “coroa de retidão” representa a bênção de voltar a viver com Deus, nosso Rei Celestial.

Ensinar a doutrina: Crianças maiores

Doutrina e Convênios 23:3–7; 25:7

Jesus quer que eu fortaleça as pessoas ao meu redor.

Quando a Igreja foi organizada pela primeira vez, não havia muitos membros. O Senhor pediu aos santos que edificassem a Igreja compartilhando o evangelho e fortalecendo uns aos outros. Podemos fazer o mesmo hoje.

Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que encontrem todas as ocorrências das palavras “exortação” e “exortar” em Doutrina e Convênios 23:3–7; 25:7. Explique o significado dessas palavras. Como exortar uma pessoa pode fortalecê-la? Peça que as crianças encenem uma situação em que “exortam” alguém, fazendo isso com amor.

  • Como podemos fortalecer melhor outros membros da Igreja? Para demonstrar esse princípio, dê a uma criança uma tarefa que exige a ajuda de várias pessoas. Depois, peça que outras crianças ajudem e debata como a tarefa se tornou mais fácil. Conte uma experiência na qual foi fortalecido pela ajuda de um amigo da Igreja.

Doutrina e Convênios 24:1, 8

O Salvador pode nos livrar “de [nossas] aflições”.

Joseph Smith passou por muitas provações, mas conseguiu “[ser] paciente nas aflições” porque o Senhor prometeu que sempre estaria com ele.

Atividades sugeridas

  • Ajude as crianças a relacionar no quadro algumas aflições ou desafios que Joseph Smith e outros santos estavam enfrentando (ver “Capítulo 11: Mais pessoas se filiam à Igreja”, Histórias de Doutrina e Convênios, pp. 46–47, ou o vídeo correspondente em ChurchofJesusChrist.org). Depois, peça a elas que descubram o que o Senhor disse a Joseph sobre suas aflições em Doutrina e Convênios 24:1, 8. Como podemos buscar a ajuda do Salvador quando estamos passando por um momento difícil?

  • Para ensinar às crianças que às vezes precisamos ser “[pacientes em nossas] aflições”, você pode mostrar o vídeo “Prosseguir com Paciência” (ChurchofJesusChrist.org). Peça que as crianças pensem em algo que elas querem muito, mas precisam esperar. Por que às vezes o Senhor exige que tenhamos paciência com os desafios da vida? Como Ele faz com que saibamos que Ele está conosco durante nossas aflições?

Doutrina e Convênios 25:13

Posso me “[apegar] aos convênios” que fiz.

Logo depois que Emma Smith foi batizada, o Senhor disse a ela: “Apega-te aos convênios que fizeste”. Pense em como esse conselho pode abençoar as crianças a quem você ensina.

Atividades sugeridas

  • Leiam juntos Doutrina e Convênios 25:13 e pergunte às crianças o que significa nesse versículo “[apegar-se] aos convênios” que fazemos. Para ilustrar esse princípio, distribua objetos que estão firmemente amarrados e peça que as crianças tentem separá-los. Por que a palavra “apegar” é uma boa palavra para descrever como devemos nos sentir sobre nossos convênios?

  • Se necessário, examine com as crianças os convênios que fazemos quando nos batizamos (ver Mosias 18:8–10; Doutrina e Convênios 20:37). O que significa “apegar-se” a esses convênios?

  • Relembrem juntos o que sabem sobre a vida de Emma Smith [ver “Capítulo 13: Joseph e Emma” (Histórias de Doutrina e Convênios, pp. 51–55) ou o vídeo correspondente em ChurchofJesusChrist.org]. Dê a cada criança um versículo ou dois da seção 25 e peça a elas que digam como o conselho e as designações do Senhor devem ter ajudado Emma a “[apegar-se] aos convênios” que ela fez. Como podemos seguir seu exemplo?

Incentivar o aprendizado no lar

Peça às crianças que escolham um versículo de que gostaram e que vocês debateram, escrevam a referência e falem sobre ele com alguém da família ou com um amigo.

Aperfeiçoar o ensino

Incentivar a reverência. Ajude as crianças a entender que um aspecto importante da reverência é pensar sobre o Pai Celestial e Jesus Cristo. Você pode lembrá-las de serem reverentes cantando baixinho, murmurando um hino ou mostrando uma gravura de Jesus.