Histórias das Escrituras
Capítulo 13: Joseph e Emma: Julho de 1830
anterior próximo

Capítulo 13

Joseph e Emma

Julho de 1830

Joseph e Emma Smith moravam numa pequena fazenda na Pensilvânia. Amavam um ao outro e empenhavam-se para ajudar-se mutuamente.

Joseph e Emma enfrentaram muitas dificuldades. Tiveram um filho, mas ele morreu ainda bebê. Ficaram muito tristes.

Joseph preocupava-se com sua família. Eles eram pobres e ele desejava atender a suas necessidades. Ele precisava plantar para que tivessem alimento.

Joseph preocupava-se também com a Igreja. Algumas pessoas continuavam a causar problemas para os santos, e alguns líderes da Igreja tiveram de esconder-se.

Às vezes Joseph precisava sair de casa para ajudar os santos. Joseph ficava triste ao partir, e Emma preocupava-se durante sua ausência.

Joseph orou para saber o que fazer. Jesus disse que não precisava temer as pessoas que tentavam atingi-lo. Jesus encorajou Joseph a ser paciente em suas aflições. Disse que sempre o ajudaria.

Jesus disse que Joseph deveria cuidar da fazenda e depois ir ajudar os santos em outras áreas. Disse também que não se preocupasse com alimento, roupas ou dinheiro. Os santos lhe dariam o que fosse necessário.

Jesus deu a Joseph Smith uma revelação para Emma. Jesus disse que Emma Smith era uma mulher especial. Ele escolhera-a para realizar um trabalho importante.

Jesus disse que Emma deveria consolar Joseph quando tivesse dificuldades. Ela o ajudaria a ser feliz e a não se preocupar.

Jesus disse que Emma deveria ensinar os santos e ajudálos a aprender as escrituras. Garantiu que o Espírito Santo a ajudaria a saber o que ensinar.

Jesus disse ainda que Emma deveria usar seu tempo para estudar. Ela teria muito o que aprender e escrever.

Jesus pediu a Emma que escolhesse hinos para os santos cantarem. Os hinos seriam impressos num hinário.

O Pai Celestial adora ouvir pessoas justas cantarem. Seus hinos são como uma prece para Ele, e essas orações serão respondidas com bênçãos.

Jesus exortou Emma a ser humilde e a amar o marido. Aconselhou-a a alegrar-se devido às bênçãos recebidas por Joseph.

Jesus disse a Emma que deveria alegrar-se e rejubilar-se. Aconselhou-a também a guardar seus convênios. Se agisse assim, receberia grandes bênçãos e poderia voltar a viver com Ele no céu.

Jesus falou que as palavras que Ele disse a Emma Smith servem para todos.