Liahona
A parábola do nobre: Uma lição de obediência
anterior seguinte

Vem, e Segue-Me

A parábola do nobre: Uma lição de obediência

Doutrina e Convênios 101

Doutrina e Convênios 101:43–62 apresenta uma parábola dada para explicar por que os santos tinham sido expulsos do Missouri.

Na parábola, os servos começam a construir uma torre, mas depois decidem que “não há necessidade” dela (Doutrina e Convênios 101:49). Mas, por não construírem a torre, não recebem aviso quando o inimigo invade e destrói a vinha.

Um nobre instrui seus servos a plantar uma vinha e a construir uma sebe ao seu redor e uma torre para que um atalaia vigie toda a terra.

Os servos plantam a vinha e constroem a sebe, mas decidem não erguer a torre.

Um inimigo inesperado destrói a vinha.

Ilustrações: Ben Simonsen

Eu já questionei os mandamentos de Deus?

Assim como os servos, você já ficou pensando se um mandamento era mesmo necessário? Essa parábola nos ensina que os mandamentos do Senhor nos protegem e nos ajudam a levar uma vida feliz (ver também Mosias 2:41; Doutrina e Convênios 82:8–10).

O que podemos fazer se não virmos a necessidade de um mandamento?

  • Estude o tópico e ore ao Senhor para nos ajudar a sentir que “está certo” (Doutrina e Convênios 9:8).

  • Lembre-se de ocasiões em que a obediência trouxe bênçãos.1

  • Aja com fé, confiando que vamos compreender “depois da prova de [nossa] fé” (Éter 12:6).

Nota

  1. Neil L. Andersen, “Lembranças espirituais determinantes”, Liahona, maio de 2020, p. 18.