Um Empréstimo do Fundo Perpétuo de Educação Mudou Nossa Vida
anterior próximo

Um Empréstimo do Fundo Perpétuo de Educação Mudou Nossa Vida

Sempre sonhei que estudaria alguma coisa relacionada à medicina. E, como missionário, aprendi que o Senhor sempre prepara o caminho para que Seus filhos alcancem aquilo que Ele deseja que façam.

Logo depois de minha missão, conheci, no instituto, uma jovem chamada Fabíola. Começamos a namorar e ficamos extremamente apaixonados. O Espírito Santo confirmou-me que eu deveria pedir-lhe que fosse minha companheira eterna, assim, fiz o pedido e ela aceitou. Ao planejarmos o futuro, compreendemos que meu salário não seria suficiente para as necessidades do dia a dia. Fabíola ofereceu-se para continuar trabalhando durante algum tempo, a fim de sustentar-me enquanto eu terminava meu curso. Mas isso levaria muito tempo, e desejávamos ter uma família. Assim, oramos ao Pai Celestial pedindo-Lhe ajuda. Queríamos fazer a Sua vontade.

Durante minha missão, eu ouvira o Presidente Gordon B. Hinckley falar sobre o Fundo Perpétuo de Educação. Como ex-missionário, eu assistira a algumas reuniões do instituto sobre o programa do FPE. Meus olhos foram abertos e minhas esperanças animadas; sabia que era um programa que poderia ajudar o progresso de minha futura família. Assim, conversei com Fabíola e estabelecemos metas relativas aos meus estudos.

Decidi estudar fisioterapia. Eu queria esperar um pouco para preencher minha solicitação ao FPE, mas minha noiva insistiu em que eu o fizesse imediatamente. Apresentei minha solicitação de empréstimo em dezembro de 2001, e também naquele mês — no dia 22 de dezembro — Fabíola e eu fomos selados no Templo Cidade do México. Meu empréstimo foi aprovado em janeiro de 2002 e logo depois comecei o curso.

Certo dia, quando estava fazendo um pagamento, encontrei-me com o diretor da escola. Durante nossa conversa, mencionei que era membro da Igreja e expliquei-lhe a respeito do programa do FPE. Ele disse-me que conhecia alguns santos dos últimos dias, e que eram boas pessoas. Disse também que tinha alguns alunos da Igreja.

Quando já havia freqüentado um mês de aulas, o diretor convidou-me a diminuir o prazo de meu curso assistindo a aulas em dobro, formando-me assim em 14 meses em vez de 24. Expliquei-lhe que não poderia pagar a anuidade extra até o próximo ano, quando renovasse meu empréstimo, mas ele disse-me que era suficiente a minha palavra, visto que eu era um santo dos últimos dias. Assim, fui abençoado mais uma vez. Comecei a assistir a mais aulas, embora isso significasse ter de estudar mais e ficar mais horas em classe, ao mesmo tempo que continuava em meu emprego de meio período.

À medida que freqüentava as aulas, maravilhava-me com as bênçãos do Senhor, que aumentavam meu conhecimento. Como parte de meus estudos, tenho ajudado pessoas com problemas nas costas, escoliose, ciática e torcicolo. Ajudá-las a melhorar a saúde por meio da terapia de reabilitação é um prazer — e um sonho que se tornou realidade.

Tudo vai muito bem, sou o presidente do quórum de élderes em minha ala. Por ocasião de minha formatura, em abril de 2003, tinha dado os passos necessários para ter meu próprio consultório, e Fabíola e eu esperávamos nosso primeiro filho.

Sei que o Senhor estabeleceu o FPE e que esse programa ajuda-nos a ser auto-suficientes. Com meu novo emprego, posso sustentar melhor minha família, servir à Igreja, abençoar a vida de outras pessoas e prosseguir meus estudos na universidade.

Nossa vida mudou graças à Igreja e ao programa do FPE. Sei que a vida de muitos jovens pode mudar, caso sigam esse programa inspirado.

Kim Citlalpilli Sánchez Aldana Camacho é membro da Ala de Las Rosas, Cidade do México, Estaca México Villa de las Flores.