Conferência Geral
Vencer o mundo e encontrar descanso


Vencer o mundo e encontrar descanso

Encontrem descanso da intensidade, das incertezas e da angústia deste mundo ao vencerem o mundo por meio dos convênios que fizeram com Deus.

Meus queridos irmãos e irmãs, sinto-me grato por me dirigir a vocês nesta gloriosa manhã de domingo. Penso em vocês constantemente. Fico admirado com a maneira pela qual vocês entram em ação sempre que veem pessoas necessitadas. Fico impressionado com a fé e o testemunho que vocês demonstram repetidas vezes. Choro por suas tristezas, decepções e preocupações. Eu amo vocês. Asseguro-lhes de que seu Pai Celestial e Seu Amado Filho, Jesus Cristo, amam vocês. Eles estão pessoalmente cientes de suas circunstâncias, de sua bondade, de suas necessidades e das orações que fazem pedindo ajuda. Diversas vezes, oro por vocês para que sintam o amor Deles por vocês.

Vivenciar o amor Deles é vital, pois somos atingidos e atacados diariamente por notícias preocupantes. Vocês já devem ter tido dias em que queriam apenas colocar seu pijama, encolher-se e pedir que alguém os acordasse quando o tumulto terminasse.

Porém, meus queridos irmãos e irmãs, muitas coisas maravilhosas acontecerão. Nos dias que estão por vir, veremos as mais grandiosas manifestações do poder do Salvador que o mundo viu. Entre agora e o momento em que Ele voltar “com poder e grande glória”,1 Ele concederá inúmeros privilégios, bênçãos e milagres para os fiéis.

No entanto, atualmente vivemos na época mais complicada da história do mundo. Muitas pessoas se sentem sobrecarregadas e exaustas pelas complexidades e pelos desafios. Entretanto, considerem uma experiência recente que pode esclarecer como vocês e eu podemos encontrar descanso.

Durante a recente visitação pública do Templo de Washington D.C., um membro do comitê da visitação testemunhou uma interação profunda ao acompanhar vários jornalistas proeminentes pelo templo. Por algum motivo, uma jovem família se uniu a esse grupo na visitação. Um repórter ficou perguntando sobre a “jornada” de um frequentador do templo à medida que ele se deslocava pelo templo. Ele queria saber se a jornada do templo é um símbolo dos desafios da jornada de uma pessoa pela vida.

Um menino da família estava ouvindo a conversa. Quando o grupo entrou em uma sala de investidura, o menino apontou para o altar onde as pessoas se ajoelham para fazer convênios com Deus e disse: “Que legal! Aqui é um lugar para as pessoas descansarem durante sua jornada do templo”.

Acredito que o menino não sabia quão profundo havia sido seu comentário. Ele provavelmente não sabia nada sobre a conexão direta entre fazer um convênio com Deus no templo e a promessa deslumbrante do Salvador:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, (…) e encontrareis descanso para a vossa alma.

Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve”.2

Queridos irmãos e irmãs, lamento pelas pessoas que deixam a Igreja por sentirem que ser membro da Igreja exige demais delas. Elas ainda não descobriram que fazer e guardar convênios, na verdade, torna a vida mais fácil! Cada pessoa que faz convênios em uma pia batismal e no templo — e os guarda — recebe acesso ampliado ao poder de Jesus Cristo. Suplico que ponderem sobre essa verdade maravilhosa!

A recompensa que recebemos ao guardarmos os convênios que fizemos com Deus é o poder celestial — um poder que nos fortalece para suportarmos melhor nossas provações, tentações e tristezas. Esse poder alivia nosso caminho. As pessoas que vivem as leis mais elevadas de Jesus Cristo têm acesso a Seu poder mais elevado. Portanto, as pessoas que guardam convênios têm o direito de receber um tipo especial de descanso que é concedido a elas por intermédio de seu relacionamento com Deus por meio de convênios.

Antes que o Salvador Se submetesse à agonia do Getsêmani e do Calvário, Ele declarou a Seus apóstolos: “No mundo tereis aflição, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.3 Posteriormente, Jesus suplicou que cada um de nós fizesse o mesmo, quando disse: “Desejo que [vós] vençais o mundo”.4

Queridos irmãos e irmãs, minha mensagem para vocês hoje é que, por Jesus Cristo ter vencido este mundo decaído e por Ele ter expiado por cada um de nós, vocês também podem vencer este mundo saturado pelo pecado egoísta e frequentemente exaustivo.

Pelo fato de que o Salvador, por meio de Sua Expiação infinita, redimiu cada um de nós de nossas fraquezas, de nossos erros e do pecado, e porque Ele vivenciou cada dor, preocupação e cada fardo que já tivemos;5 então, à medida que verdadeiramente nos arrependermos e buscarmos a ajuda Dele, poderemos superar este mundo atual e precário.

Vocês poderão vencer as pragas deste mundo que são espiritual e emocionalmente exaustivas, incluindo a arrogância, o orgulho, a raiva, a imoralidade, o ódio, a ganância, a inveja e o medo. Apesar das distrações e das distorções que os rodeiam, vocês poderão encontrar o verdadeiro descanso — ou seja, alívio e paz — mesmo em meio aos seus problemas mais preocupantes.

Essa importante verdade nos faz pensar em três perguntas fundamentais:

Primeira: O que significa “vencer o mundo”?

Segunda: Como podemos fazer isso?

Terceira: Como vencer o mundo abençoa nossa vida?

O que significa “vencer o mundo”? Significa que vencemos a tentação de nos preocuparmos mais com as coisas deste mundo do que com as coisas de Deus. Significa que confiamos mais na doutrina de Cristo do que nas filosofias dos homens. Significa que nos deleitamos na verdade, condenamos a mentira e nos tornamos “humildes seguidores de Cristo”.6 Significa que escolhemos nos abster de qualquer coisa que afaste o Espírito. Significa que estamos dispostos a abandonar até mesmo nossos pecados favoritos.7

Agora, vencer o mundo certamente não significa que vamos nos tornar perfeitos nesta vida nem significa que nossos problemas vão evaporar magicamente — porque eles não vão. E não significa que ainda não cometeremos erros. Porém, vencer o mundo significa que sua resistência ao pecado aumentará. Seu coração será abrandado à medida que sua fé em Jesus Cristo aumentar.8 Vencer o mundo significa aumentar seu amor por Deus e por Seu Filho Amado mais do que vocês amam qualquer pessoa ou qualquer outra coisa.

Então, como podemos vencer o mundo? O rei Benjamim nos ensinou como podemos fazê-lo. Ele disse que “o homem natural é inimigo de Deus” e permanecerá para sempre “a não ser que ceda ao influxo do Santo Espírito e despoje-se do homem natural e torne-se santo pela expiação de Cristo, o Senhor”.9 Cada vez que buscam e seguem os sussurros do Espírito, cada vez que fazem qualquer coisa boa — coisas que “o homem natural” não faria —, vocês estão vencendo o mundo.

Vencer o mundo não é um evento que acontece em um ou dois dias. Acontece durante toda a vida, à medida que repetidamente aceitamos a doutrina de Cristo. Cultivamos fé em Jesus Cristo ao nos arrependermos diariamente e ao guardarmos convênios que nos revestirão de poder. Permanecemos no caminho do convênio e somos abençoados com força espiritual, revelação pessoal, mais fé e com o ministério de anjos. Viver a doutrina de Cristo pode criar o ciclo virtuoso mais poderoso, criando ímpeto espiritual em nossa vida.10

À medida que nos esforçamos para viver as leis mais elevadas de Jesus Cristo, nosso coração e nossa própria natureza começam a mudar. O Salvador nos leva para além da influência deste mundo decaído ao nos abençoar com mais caridade, humildade, generosidade, bondade, autodisciplina, paz e descanso.

Talvez vocês estejam pensando que isso pareça ser mais um trabalho espiritual do que descanso. Porém, esta é a verdade suprema: embora o mundo insista que o poder, os bens, a popularidade e os prazeres da carne tragam felicidade, eles não trazem! Eles não podem trazer felicidade! O que eles produzem é apenas um substituto irreal do “estado abençoado e feliz daqueles que guardam os mandamentos de Deus”.11

A verdade é que é muito mais exaustivo buscar felicidade onde nunca poderemos encontrá-la! Entretanto, quando dividimos o jugo com Jesus Cristo e fazemos o trabalho espiritual necessário para vencer o mundo, Ele, e apenas Ele, tem o poder de nos levar para além da influência deste mundo.

Agora, como vencer o mundo abençoa nossa vida? A resposta é clara: entrar em um relacionamento com Deus por meio de convênios nos une a Ele de maneira que torna tudo relacionado à vida mais fácil. Peço que não me entendam mal: eu não disse que fazer convênios torna a vida fácil. Na realidade, devemos esperar oposição porque o adversário não deseja que descubramos o poder de Jesus Cristo. Porém, dividir o jugo com o Salvador significa que temos acesso à força e ao poder redentor Dele.

Imagem

Reafirmo um ensinamento profundo do presidente Ezra Taft Benson: “Os homens e as mulheres que dedicam a vida a Deus descobrem que Ele pode fazer muito mais por sua vida do que eles conseguiriam por si mesmos. Ele lhes ampliará a alegria, expandirá a visão, acelerará o raciocínio, (…) elevará o espírito, multiplicará as bênçãos, aumentará as oportunidades, consolará a alma, suscitará amigos e encherá a vida de paz”.12

Esses privilégios incomparáveis são dados às pessoas que buscam o apoio do céu para ajudá-las a vencer este mundo. Com esse propósito, dou aos membros de toda a Igreja o mesmo encargo que dei aos jovens adultos em maio. Na ocasião, eu os exortei — e eu imploro a vocês agora — a assumirem a responsabilidade por seu próprio testemunho de Jesus Cristo e de Seu evangelho. Esforcem-se para obtê-lo. Cultivem-no para que ele cresça. Alimentem-no com a verdade. Não o poluam com falsas filosofias de homens e mulheres descrentes. Ao fazerem do fortalecimento contínuo de seu testemunho de Jesus Cristo sua maior prioridade, observem os milagres acontecerem em sua vida.13

Minha súplica a vocês nesta manhã é que encontrem descanso da intensidade, das incertezas e da angústia deste mundo ao vencerem o mundo por meio dos convênios que fizeram com Deus. Permitam que Ele saiba, por meio de suas orações e ações, que vocês estão comprometidos a vencer o mundo. Peçam a Ele que ilumine sua mente e envie a ajuda de que precisam. Todos os dias, registrem os pensamentos que vierem à sua mente ao orarem; depois, ajam de acordo com esses pensamentos com diligência. Passem mais tempo no templo e busquem entender como o templo os ensina a superar este mundo decaído.14

Como já disse anteriormente, a coligação de Israel é o trabalho mais importante que está acontecendo na Terra hoje em dia. Um elemento crucial dessa coligação é preparar um povo que seja capaz, apto e digno de receber o Senhor quando Ele voltar, um povo que já escolheu Jesus Cristo em vez deste mundo decaído, um povo que se alegra em seu arbítrio para viver as leis mais elevadas e mais sagradas de Jesus Cristo.

Faço um apelo a vocês, meus queridos irmãos e irmãs, para que se tornem esse povo justo. Valorizem e honrem seus convênios acima de todos os outros compromissos. Ao permitirem que Deus prevaleça em sua vida, prometo que sentirão mais paz, confiança, alegria e, sim, descanso.

Com o poder do santo apostolado investido em mim, abençoo-os em sua jornada para que vençam este mundo. Eu os abençoo para que aumentem sua fé em Jesus Cristo e aprendam mais sobre como acessar Seu poder. Eu os abençoo para que sejam capazes de discernir a verdade do erro. Eu os abençoo para que se importem mais com as coisas de Deus do que com as coisas deste mundo. Eu os abençoo para que vejam as necessidades das pessoas ao seu redor e fortaleçam seus entes queridos. Jesus Cristo venceu o mundo e, por esse motivo, vocês também podem vencê-lo. Presto testemunho dessas coisas no sagrado nome de Jesus Cristo, amém.