Hebreus 9
    Notas de rodapé
    Theme

    Capítulo 9

    As ordenanças mosaicas prefiguravam o ministério de Cristo — Cristo é o Mediador do novo convênio.

    1 Ora, também o aprimeiro tinha bordenanças de serviço divino, e um santuário terrestre.

    2 Porque o atabernáculo foi preparado, o primeiro, em que estava o candelabro, e a mesa e os pães da proposição, o que se chama o santuário.

    3 Mas após o segundo avéu estava o tabernáculo, que se chama o bSanto dos Santos,

    4 Que tinha o incensário de ouro, e a aarca da aliança, toda coberta de ouro em redor, em que estava a btalha de ouro que continha o maná, e a vara de cAarão, que tinha florescido, e as dtábuas do convênio;

    5 E sobre a arca, os aquerubins da glória, que faziam sombra no propiciatório; das quais coisas não falaremos agora particularmente.

    6 Ora, estando essas coisas assim preparadas, a todo tempo entravam os asacerdotes no primeiro tabernáculo, para cumprir os serviços sagrados;

    7 Mas no segundo, só o sumo sacerdote, uma vez no ano, não sem sangue, o qual oferecia por si mesmo e pelos pecados do povo cometidos por ignorância;

    8 Dando nisso a entender o Espírito Santo que o caminho do santuário ainda não fora manifestado, enquanto se conservava em pé o primeiro tabernáculo;

    9 O qual era asímbolo para o tempo de então, em que se ofereciam dádivas e sacrifícios, que, quanto à consciência, não podiam baperfeiçoar aquele que fazia o serviço.

    10 Pois consistiam somente em alimentos, e bebidas, e várias aabluções e ordenanças da carne, bimpostas até o tempo da reforma.

    11 Mas, vindo Cristo, o asumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta feitura,

    12 Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio asangue, uma vez por todas entrou no bsantuário, havendo efetuado uma eterna credenção.

    13 Porque, se o asangue dos touros e bodes, e a cinza da novilha espargida sobre os imundos os santificam, quanto à purificação da carne,

    14 Quanto mais o asangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, bpurificará a vossa consciência das obras mortas para servirdes ao Deus vivo?

    15 E por isso é aMediador do bnovo ctestamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro dtestamento, os que são chamados recebam a epromessa da fherança eterna.

    16 Porque onde há atestamento, necessário é que intervenha a bmorte do ctestador.

    17 Porque um testamento é confirmado em caso de morte; porquanto não é válido enquanto vive o testador.

    18 Pelo que também o primeiro testamento não foi consagrado sem sangue;

    19 Porque, havendo Moisés arelatado a todo o povo todos os mandamentos segundo a lei, tomou o sangue dos bezerros e dos bodes, com água, lã escarlate, e bhissopo, e aspergiu tanto o próprio livro como todo o povo,

    20 Dizendo: Este é o sangue do testamento que Deus vos ordenou.

    21 E semelhantemente aspergiu com sangue o tabernáculo, e todos os vasos do ministério.

    22 E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não se faz remissão.

    23 De sorte que era bem necessário que as afiguras das coisas que estão no céu se purificassem com essas coisas; porém as próprias coisas celestiais, com sacrifícios melhores do que esses.

    24 Porque Cristo não entrou no santuário feito por mãos, figura do averdadeiro, porém no próprio céu, para agora comparecer por nós perante a bface de Deus;

    25 Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o asumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio;

    26 Doutra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo; mas agora ana consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.

    27 E como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois disso o juízo,

    28 Assim também Cristo, aoferecendo-se uma vez por todas para btirar os pecados de muitos, caparecerá uma segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.