Levítico 8
    Notas de rodapé

    Capítulo 8

    Aarão e seus filhos são lavados, ungidos, vestidos com suas túnicas do sacerdócio e consagrados perante todo o Israel — Moisés e Aarão oferecem sacrifícios para fazer expiação e reconciliação com o Senhor.

    1 Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

    2 Toma Aarão e seus filhos com ele, e as vestes, e o azeite da unção, como também o anovilho da oferta pelo pecado, e os dois carneiros, e o cesto dos pães ázimos,

    3 E ajunta toda a congregação à porta da tenda da congregação.

    4 Fez, pois, Moisés como o Senhor lhe ordenara, e a congregação ajuntou-se à porta da tenda da congregação.

    5 Então disse Moisés à congregação: Isto é o que o Senhor ordenou que se fizesse.

    6 E Moisés fez chegar Aarão e seus filhos, e os alavou com água,

    7 E lhe vestiu a túnica, e cingiu-o com o cinto, e pôs sobre ele o amanto; também pôs sobre ele o éfode, e cingiu-o com o cinto de obra esmerada do éfode, e o atou com ele.

    8 Depois pôs-lhe o apeitoral, pondo no peitoral o bUrim e o Tumim;

    9 E pôs aa mitra sobre a sua cabeça, e na mitra, diante do seu rosto, pôs a blâmina de ouro, a coroa da santidade, como o Senhor ordenara a Moisés.

    10 Então Moisés tomou o azeite da unção, e ungiu o tabernáculo, e tudo o que havia nele, e o asantificou;

    11 E dele espargiu sete vezes sobre o altar, e ungiu o altar e todos os seus utensílios, como também a pia e a sua base, para santificá-los.

    12 Depois derramou do aazeite da unção sobre a cabeça de bAarão, e ungiu-o, para santificá-lo.

    13 Também Moisés fez chegar os afilhos de Aarão, e vestiu-lhes as túnicas, e cingiu-os com o cinto, e apertou-lhes os barretes, como o Senhor ordenara a Moisés.

    14 Então fez chegar o novilho da oferta pelo pecado; e Aarão e seus filhos puseram as suas mãos sobre a cabeça do novilho da oferta pelo pecado;

    15 E o matou; e Moisés tomou o sangue, e pôs dele com o seu dedo sobre os chifres do altar em redor, e purificou o altar; depois derramou o resto do sangue à base do altar, e o santificou, para fazer expiação sobre ele.

    16 Depois tomou toda a gordura que está nas entranhas, e o redenho do fígado, e os dois rins e a sua gordura; e Moisés os queimou sobre o altar.

    17 Mas o novilho com o seu couro, e a sua carne, e o seu esterco queimou com fogo, fora do acampamento, como o Senhor ordenara a Moisés.

    18 Depois fez chegar o carneiro do holocausto; e Aarão e seus filhos puseram as suas mãos sobre a cabeça do carneiro;

    19 E ele o matou; e Moisés espargiu o sangue sobre o altar em redor.

    20 Partiu também o carneiro nos seus pedaços; e Moisés queimou a cabeça, e os pedaços e a gordura.

    21 Porém, as entranhas e as pernas lavou com água; e Moisés queimou todo o carneiro sobre o altar; holocausto de cheiro suave, uma oferta queimada era ao Senhor, como o Senhor ordenara a Moisés.

    22 Depois, fez chegar o outro acarneiro, o carneiro da consagração; e Aarão com seus filhos puseram as suas mãos sobre a cabeça do carneiro.

    23 E ele o matou; e Moisés tomou do seu sangue, e o pôs sobre a ponta da orelha direita de Aarão, e sobre o polegar da sua mão direita, e sobre o polegar do seu pé direito.

    24 Também fez chegar os filhos de Aarão; e Moisés pôs daquele sangue sobre a ponta da orelha direita deles, e sobre o polegar da mão direita deles, e sobre o polegar do pé direito deles; e Moisés espargiu o resto do sangue sobre o altar em redor.

    25 E tomou a gordura, e a cauda, e toda a gordura que está nas entranhas, e o redenho do fígado, e ambos os rins, e a sua gordura, e a espádua direita.

    26 Também do cesto dos pães ázimos, que estava diante do Senhor, tomou um bolo ázimo, e um bolo de pão azeitado, e um coscorão, e os pôs sobre a gordura e sobre a espádua direita.

    27 E tudo isso deu nas mãos de Aarão e nas mãos de seus filhos; e os moveu como oferta movida perante o Senhor.

    28 Depois Moisés tomou-os das suas mãos, e os queimou no altar sobre o holocausto; esses foram uma consagração, por cheiro suave, oferta queimada ao Senhor.

    29 E tomou Moisés o peito e moveu-o como oferta movida perante o Senhor; aquela foi a porção de Moisés do carneiro da consagração, como o Senhor ordenara a Moisés.

    30 Tomou Moisés também do azeite da unção, e do sangue que estava sobre o altar, e o aespargiu sobre Aarão e sobre as suas vestes, e sobre os seus filhos, e sobre as vestes de seus filhos com ele; e bsantificou Aarão e as suas vestes, e seus filhos, e as vestes de seus filhos com ele.

    31 E Moisés disse a Aarão e a seus filhos: aCozei a carne diante da porta da tenda da congregação, e ali a comei com o pão que está no cesto da consagração, como ordenei, dizendo: Aarão e seus filhos a comerão.

    32 Mas o que sobejar da carne e do pão, queimareis com fogo.

    33 Também da porta da tenda da congregação não saireis em sete dias, até o dia em que se cumprirem os dias da vossa consagração; porquanto por asete dias ele vos consagrará.

    34 Como se fez neste dia, assim o Senhor ordenou que se fizesse, para fazer expiação por vós.

    35 Ficareis, pois, à porta da tenda da congregação dia e noite por sete dias, e guardareis o amandado do Senhor, para que não morrais; porque assim me foi ordenado.

    36 E Aarão e seus filhos fizeram todas as coisas que o Senhor ordenou pela mão de Moisés.