Escrituras
Levítico 22
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Capítulo 22

Descreve-se quem dos sacerdotes e de suas famílias pode comer das coisas sagradas — Os animais para sacrifício devem ser perfeitos e sem defeito.

1 Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

2 Dize a Aarão e a seus filhos que se apartem das coisas santas dos filhos de Israel, aas quais a mim me santificam, para que não profanem o nome da minha santidade. Eu sou o Senhor.

3 Dize-lhes: Todo homem que entre as vossas gerações, de toda a vossa semente, se chegar às coisas santas que os filhos de Israel santificam ao Senhor, atendo sobre si a sua imundície, aquela alma será bextirpada de diante da minha face. Eu sou o Senhor.

4 Ninguém da semente de Aarão, que for aleproso, ou tiver fluxo, comerá das coisas santas, até que seja limpo; como também o que tocar alguma coisa que está imunda por causa de um cadáver, ou aquele de quem sair a semente da cópula,

5 Ou qualquer que tocar algum réptil, pelo que se fez imundo, ou algum homem, pelo que se fez imundo, segundo toda a sua imundície.

6 O homem que o tocar será imundo até a tarde, e não comerá das coisas santas, mas banhará a sua carne em água.

7 E havendo-se o sol já posto, então será limpo, e depois comerá das coisas santas; porque este é o seu pão.

8 O animal que morreu por si mesmo, ou o animal que foi adilacerado por feras não comerá, para com ele não se contaminar. Eu sou o Senhor.

9 Guardarão, pois, o meu mandamento, para que por isso não levem pecado, e morram nele, havendo-o profanado. Eu sou o Senhor que os santifico.

10 Também nenhum estrangeiro comerá das coisas santas; nem o hóspede do sacerdote nem o jornaleiro comerão das coisas santas.

11 Mas aquando o sacerdote comprar alguma alma com o seu dinheiro, esta comerá delas, e o nascido na sua casa; esses comerão do seu pão.

12 E quando a filha do sacerdote se casar com homem estrangeiro, ela não comerá da oferta das coisas santas.

13 Mas quando a filha do sacerdote for viúva ou repudiada, e não tiver semente, e houver retornado à casa de seu pai, como na sua mocidade, do pão de seu pai comerá; mas nenhum estrangeiro comerá dele.

14 E quando alguém inadvertidamente comer a coisa santa, sobre ela acrescentará seu quinto, e o dará ao sacerdote com a coisa santa.

15 Assim, não profanarão as coisas santas dos filhos de Israel, as quais oferecem ao Senhor,

16 Nem os farão levar a iniquidade da culpa, comendo as suas coisas santas; pois eu sou o Senhor que as santifico.

17 Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

18 Fala a Aarão, e a seus filhos, e a todos os filhos de Israel, e dize-lhes: Qualquer que, da casa de Israel, ou dos estrangeiros em Israel, aoferecer a sua oferta, quer dos seus votos, quer das suas ofertas voluntárias, que oferecerem ao Senhor em holocausto,

19 Segundo a sua vontade, aoferecerá macho sem defeito, das vacas, dos cordeiros, ou das cabras.

20 Nenhuma coisa em que haja adefeito oferecereis, porque não seria baceita em vosso favor.

21 E quando alguém oferecer sacrifício pacífico ao Senhor, fazendo um avoto, ou oferta voluntária de vacas ou de ovelhas, perfeito será, para que seja aceito; nenhum defeito haverá nele.

22 O acego, ou quebrado, ou aleijado, ou verrugoso, ou sarnoso, ou cheio de impigens, este não oferecereis ao Senhor, e deles não poreis oferta queimada ao Senhor sobre o altar.

23 Porém boi, ou gado miúdo, de membros compridos ou curtos, poderás oferecer como oferta voluntária, mas por voto não será aceito.

24 O machucado, ou moído, ou despedaçado, ou cortado, não oferecereis ao Senhor; não fareis isso na vossa terra.

25 Também da mão do estrangeiro nenhum alimento oferecereis ao vosso Deus, de todas essas coisas, pois a sua corrupção está nelas; defeito nelas há; não serão aceitas por vós.

26 Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

27 Quando nascer o boi, ou cordeiro, ou cabra, sete dias estará debaixo de sua mãe; depois, desde o dia oitavo em diante, será aceito como oferta queimada ao Senhor.

28 Também boi ou gado miúdo, ele e seu filho não matareis no mesmo dia.

29 E quando sacrificardes sacrifício de aação de graças ao Senhor, o sacrificareis de vossa própria vontade.

30 No mesmo dia se comerá; nada deixareis ficar até a manhã. Eu sou o Senhor.

31 Pelo que guardareis os meus mandamentos, e os cumprireis. Eu sou o Senhor.

32 E não profanareis o meu santo nome, para que eu seja santificado no meio dos filhos de Israel. Eu sou o Senhor que vos asantifico;

33 Que vos tirei da terra do Egito, para ser vosso Deus. Eu sou o Senhor.