28 de dezembro a 3 de janeiro. Doutrina e Convênios 1: “Escutai, ó povo”


“28 de dezembro a 3 de janeiro. Doutrina e Convênios 1: ‘Escutai, ó povo’”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: Doutrina e Convênios 2021

“28 de dezembro a 3 de janeiro. Doutrina e Convênios 1”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar, 2021

Imagem

28 de dezembro a 3 de janeiro

Doutrina e Convênios 1

“Escutai, ó povo”

Pense em Doutrina e Convênios 1 como a introdução desse livro, feita pelo próprio Senhor, a respeito de Suas revelações para os últimos dias. O que Ele quer que você saiba sobre Doutrina e Convênios? Pondere essa pergunta e escreva todos os pensamentos que lhe ocorreram ao ler a seção 1.

Registre suas impressões

Em novembro de 1831, a Igreja restaurada de Jesus Cristo tinha só 18 meses desde sua fundação. Embora estivesse crescendo, ainda era um grupo quase desconhecido de fiéis que moravam em lugares espalhados pela fronteira, liderados por um profeta com pouco mais de 20 anos de idade. Mas Deus considerava esses fiéis como Seus servos e mensageiros e queria que as revelações dadas a eles fossem publicadas para o mundo.

Doutrina e Convênios 1 é o prefácio do Senhor da compilação dessas revelações e mostra claramente que, mesmo com poucos membros, a mensagem que Ele queria que os santos compartilhassem era grandiosa. É uma “voz de advertência” para todos os “habitantes da Terra”, ensinando-os a se arrependerem e estabelecendo o “eterno convênio” de Deus (versículos 4, 8, 22). Essa mensagem é proclamada “pelos fracos e pelos simples”, porém humildes servos do Senhor, e é tudo de que Ele precisa — hoje e sempre — para tirar Sua Igreja “da obscuridade e das trevas” (versículos 23, 30).

Para mais informações sobre Doutrina e Convênios 1, ver Santos, vol. 1, pp. 140–143.

Imagem

Ideias para o estudo pessoal das escrituras

Doutrina e Convênios 1

O Senhor pede que eu “[examine] estes mandamentos”.

Um prefácio apresenta o livro aos leitores. Ele identifica os assuntos abordados e os propósitos do livro, ajudando o leitor a se preparar para o que vai ler. Ao ler a seção 1, o “prefácio” do Senhor para Doutrina e Convênios (versículo 6), procure os assuntos de que trata o livro e os propósitos do Senhor para Suas revelações. Que ensinamentos você encontra na seção 1 que vão ajudá-lo a tirar o maior proveito possível de seu estudo de Doutrina e Convênios? Por exemplo, você poderia refletir sobre o que significa “[ouvir] a voz do Senhor” nessas revelações (versículo 14) ou “[examinar] estes mandamentos” (versículo 37).

Ver também o texto completo da Introdução de Doutrina e Convênios.

Doutrina e Convênios 1:1–6, 23–24, 37–39

Deus fala por intermédio de Seus servos e Suas palavras serão cumpridas.

A seção 1 começa e termina com uma declaração de Deus, dizendo que Ele fala por meio de Seus servos escolhidos (ver os versículos 4–6, 23–24, 38). Anote o que você aprendeu com essa revelação sobre o Senhor e Sua mensagem. O que você aprendeu sobre os servos do Senhor? Quando foi que você ouviu a voz do Senhor pela voz de Seus servos? (Ver versículo 38.)

Imagem

Os profetas e apóstolos nos ensinam os mandamentos de Deus.

Doutrina e Convênios 1:3, 24–28, 31–33

Se eu for humilde, a repreensão do Senhor pode me levar ao arrependimento.

Observe que, no versículo 3 e nos versículos 24–28, o Senhor disse que os pecados e erros das pessoas seriam revelados. No primeiro caso, é uma experiência triste e dolorosa; no segundo, é instrutiva. Por que essas situações são tão diferentes? Pense em como você se sente ao se dar conta de seus pecados e fraquezas. Que qualidades você encontra nos versículos 24–28 que podem ajudá-lo a agir da forma correta? O que esses versículos, bem como os versículos 31–33, ensinam sobre como o Senhor vê seus pecados e fraquezas?

Ver também Provérbios 3:11–12; Éter 12:27; Morôni 6:8.

Doutrina e Convênios 1:12–30, 35–36

O Senhor restaurou Seu evangelho para me ajudar a enfrentar os desafios dos últimos dias.

Embora a seção 1 contenha a advertência de que virão dias de sofrimento, ela também traz uma mensagem tranquilizadora: “Portanto eu, o Senhor, conhecendo as calamidades que adviriam aos habitantes da Terra, chamei meu servo Joseph Smith Júnior e falei-lhe do céu” (versículo 17).

Observe as calamidades sobre as quais o Senhor nos advertiu (ver, por exemplo, os versículos 13–16, 35). Que outras calamidades você nota no mundo de hoje ou em sua vida? Os versículos 17–30 descrevem o que o Senhor fez por você, prevendo essas calamidades. Se desejar, faça uma lista do que descobrir.

Imagem

Ideias para o estudo das escrituras em família e para a noite familiar

Doutrina e Convênios 1:1–6, 37–39.

Para iniciar uma conversa sobre as advertências do Senhor, você poderia falar sobre as advertências que recebeu de outras pessoas a respeito de perigos que você não conseguiu ver, como um chão molhado, uma grande tempestade ou a aproximação de um carro. O que esses exemplos nos ensinam sobre as advertências do Senhor? De acordo com Doutrina e Convênios 1:1–6, 37–39, como o Senhor nos adverte? Sobre o que Ele nos advertiu recentemente? Talvez você possa assistir a um vídeo ou ler alguns discursos de conferências gerais recentes e procurar exemplos da “voz de advertência” do Senhor.

Doutrina e Convênios 1:16.

O que significa “estabelecer [a] retidão [do Senhor]”? Como podemos ter certeza de que estamos fazendo isso, em vez de “[andar] em [nosso] próprio caminho”?

Doutrina e Convênios 1:30.

O que significa dizer que a Igreja é “verdadeira e viva”? Para que sua família pense sobre essa pergunta, talvez você possa mostrar gravuras de coisas vivas e coisas inanimadas. Você poderia também debater sobre o que vocês podem fazer juntos, em família, para ajudar a “[tirar a Igreja] da obscuridade e das trevas”.

Doutrina e Convênios 1:37.

Pense na possibilidade de você e sua família planejarem como vão “[examinar] estes mandamentos” em Doutrina e Convênios durante o ano. Como vocês vão fazer para tornar o estudo das escrituras uma rotina da vida familiar? Que ideias de estudo podem ajudá-los a aprender as escrituras? (Ver “Ideias para aperfeiçoar seu estudo pessoal das escrituras” no fim deste manual.)

Para mais ideias sobre como ensinar crianças, ver o esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Primária.

Hino sugerido: “Segue o profeta”, Músicas para Crianças, pp. 58–59, principalmente a última estrofe.

Aperfeiçoar seu estudo pessoal

Pesquisar sobre Jesus Cristo. O propósito das escrituras é testificar sobre o Salvador e Seu evangelho. Ao ler Doutrina e Convênios, talvez seja interessante marcar ou anotar os versículos que ensinam alguma coisa sobre Jesus Cristo.

Imagem

As primeiras revelações para a Igreja restaurada foram compiladas no Livro de Mandamentos.