Estudo Pessoal e Familiar
Ideias para melhorar o estudo das escrituras em família

“Ideias para melhorar o estudo das escrituras em família”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: Doutrina e Convênios 2021

“Ideias para melhorar o estudo das escrituras em família”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar, 2021

Ideias para melhorar o estudo das escrituras em família

O estudo constante das escrituras em família é uma excelente maneira de ajudar sua família a aprender o evangelho. O quanto vocês leem juntos e por quanto tempo não é tão importante quanto seu esforço consistente de estudo. Ao fazer do estudo das escrituras uma parte importante da sua vida em família, você vai ajudar os membros de sua família a se aproximarem uns dos outros e de Jesus Cristo, e a edificarem seu testemunho no alicerce de Sua palavra.

Pense nas seguintes perguntas:

  • Como você pode incentivar os membros de sua família a estudar as escrituras por si mesmos?

  • O que você pode fazer para incentivá-los a compartilhar o que estão aprendendo?

  • Como você pode salientar, em momentos de ensino do dia a dia, os princípios que vocês estão aprendendo em Doutrina e Convênios?

Lembre-se de que o lar é o lugar ideal para o aprendizado do evangelho. Você pode aprender e ensinar o evangelho em casa de maneiras que não são possíveis na igreja. Seja criativo ao pensar em como ajudar sua família a aprender com as escrituras.

Ideias para atividades

Use algumas das ideias a seguir para melhorar o estudo das escrituras em família:

Música

Cante hinos que reforcem os princípios ensinados nas escrituras. Cada esboço semanal sugere um hino ou uma música para crianças. Você poderia, por exemplo, fazer perguntas sobre as palavras ou frases da letra do hino. Além de cantar, sua família pode fazer gestos relacionados às músicas ou ouvi-la como música de fundo enquanto estão fazendo outras atividades.

Compartilhe escrituras significativas

Dê tempo aos membros de sua família para falarem das escrituras que lhes chamaram a atenção durante o estudo pessoal.

Use suas próprias palavras

Peça a alguns deles que resumam com as próprias palavras o que aprenderam sobre as escrituras que estudaram.

Aplique as escrituras à sua própria vida

Depois de ler uma passagem de escritura, peça aos familiares que falem das diferentes maneiras pelas quais a passagem se aplica à vida deles.

Faça uma pergunta

Peça aos membros de sua família que façam uma pergunta sobre o evangelho e, depois, procurem versículos que possam ajudar a responder à pergunta.

Coloque uma escritura em lugar visível

Escolha um versículo que você considerou significativo e o coloque em algum lugar da casa onde os membros de sua família o vejam com frequência. Peça aos outros membros da família que se revezem na escolha de uma escritura para expor.

Faça uma lista de escrituras

Escolha com a família alguns versículos que gostariam de estudar durante a próxima semana.

Memorize escrituras

Escolha uma passagem de escritura que seja significativa para sua família e incentive todos a memorizá-la, repetindo-a diariamente ou fazendo um jogo de memorização.

Ensine utilizando objetos

Encontre objetos que se relacionem com os capítulos e versículos que vocês estão estudando em família. Peça aos membros de sua família que falem sobre como cada objeto se relaciona com os ensinamentos das escrituras.

Escolha um tópico

Deixe que os membros de sua família se revezem na escolha de um assunto que a família vai estudar em conjunto. Use os Tópicos do Evangelho ou o Guia para Estudo das Escrituras (scriptures.ChurchofJesusChrist.org) para encontrar passagens de escrituras sobre o assunto.

Faça um desenho

Leia alguns versículos com a família e dê tempo para que todos desenhem algo relacionado ao que leram. Durante alguns minutos, deixe que os membros de sua família comentem os desenhos.

Represente uma história

Depois de ler uma história, peça aos membros de sua família que façam uma dramatização. Em seguida, comentem como a história se aplica às coisas que acontecem com a família e com cada um individualmente.

Ensinar as crianças

Se você tem crianças pequenas em sua família, veja a seguir algumas atividades que podem ajudá-las a aprender:

Cantar

Os hinos e as músicas do livro Músicas para Crianças ensinam a doutrina de maneira extraordinária. Cada esboço deste recurso inclui uma música sugerida. Você pode usar o índice de tópicos no final de Músicas para Crianças para encontrar músicas que se relacionam com os princípios do evangelho que estiver ensinando. Ajude as crianças a relacionar a mensagem das músicas com a vida delas.

Ouvir ou encenar uma história

As crianças pequenas adoram histórias — das escrituras, de sua vida, da Igreja ou das revistas da Igreja. Procure meios de envolvê-las na hora de contar a história. Elas podem segurar gravuras ou objetos, fazer desenhos sobre o que estão ouvindo, dramatizar a história ou até ajudar a contá-la. Ajude seus filhos a reconhecer os princípios do evangelho nas histórias que você contar.

Ler uma escritura

As crianças pequenas podem não ler muito bem, mas, ainda assim, você pode envolvê-las no aprendizado das escrituras. Talvez seja necessário enfatizar um único versículo, uma frase ou palavra-chave.

Ver uma gravura ou assistir a um vídeo

Faça perguntas sobre uma gravura ou um vídeo relacionado a um princípio do evangelho. Por exemplo, você poderia perguntar: “O que está acontecendo nesta gravura? O que você sente quando olha para ela?” O aplicativo Biblioteca do Evangelho, a Biblioteca de Mídia no site ChurchofJesusChrist.org e children.ChurchofJesusChrist.org são bons lugares para encontrar gravuras e vídeos.

Criar

As crianças podem criar algo, desenhar ou colorir alguma coisa relacionada à história ou ao princípio que estão aprendendo.

Participar de aulas com objetos

Uma simples lição com objetos pode ajudar seus filhos a compreender um princípio do evangelho que seja difícil de entender. Quando usar objetos, encontre maneiras de deixar que seus filhos participem. Eles aprenderão mais com uma experiência interativa do que simplesmente assistindo a uma demonstração.

Fazer uma dramatização

Quando as crianças encenam uma situação provável de acontecer na vida real, elas são mais capazes de compreender como um princípio do evangelho se aplica à vida delas.

Repetir atividades

As crianças pequenas talvez tenham de ouvir os mesmos conceitos várias vezes para entendê-los. Por exemplo, você poderia contar uma história das escrituras várias vezes de maneiras diferentes — lendo as escrituras, fazendo um resumo com suas próprias palavras, deixando que as crianças ajudem a contar a história, convidando-as para dramatizá-la, etc.

Associar atividades às metas de desenvolvimento pessoal

O estudo das escrituras em família pode inspirar os jovens e as crianças a fazerem metas para seu crescimento espiritual, físico, intelectual e social (ver Lucas 2:52).

Ensinar aos jovens

Se você tem jovens na família, veja a seguir algumas atividades que podem ajudá-los a aprender:

Peça-lhes que ensinem

Geralmente aprendemos mais quando ensinamos alguma coisa do que quando apenas ouvimos. Dê oportunidade aos jovens de conduzir os debates em família sobre as escrituras.

Fazer associações com o seminário

Este ano, os alunos do seminário estão estudando Doutrina e Convênios. Se seus filhos estão frequentando o seminário, peça a eles que digam o que estão aprendendo.

Compare as escrituras

Às vezes, os jovens têm dificuldade de ver como a doutrina e os princípios nas escrituras se relacionam à vida deles. Ajude-os a ver como as histórias e os ensinamentos das escrituras se relacionam às situações que eles têm em casa, na escola e com os amigos.

Faça perguntas que incentivem a reflexão

Muitos jovens respondem bem às perguntas que permitem que eles expressem seus sentimentos e suas opiniões sobre as escrituras em vez de simplesmente repetir o que dizem as escrituras. Por exemplo, você poderia perguntar: “O que será que o Senhor está lhe ensinando nesses versículos?” ou “Por que você acha que esta revelação deve ter sido significativa para os santos na década de 1830?”

Associar atividades às metas de desenvolvimento pessoal

O estudo das escrituras em família pode inspirar os jovens e as crianças a fazerem metas para seu crescimento espiritual, físico, intelectual e social (ver Lucas 2:52).

Fique aberto para perguntas

Uma pergunta feita por um jovem é uma oportunidade valiosa de falar sobre uma verdade e buscar entendimento sobre um assunto que ele realmente está interessado. Não tenha medo das perguntas feitas pelos jovens nem as ignore mesmo que pareçam não estar relacionadas ao assunto do debate. Não há problema algum no fato de você não ter todas as respostas. O lar é o lugar ideal para vocês procurarem respostas juntos.

Incentive todos a expressar suas opiniões

Os jovens têm perspectivas e opiniões peculiares com as quais podem contribuir para o estudo das escrituras em família. Deixe que saibam que você está interessado no que o Espírito está ensinando a eles sobre as escrituras. Você poderia até pedir que falem sobre as ideias que tiveram durante seu estudo pessoal.

Seja flexível

Se você tiver um filho que não quer participar do estudo das escrituras em família, procure um modo de se comunicar melhor com ele. Por exemplo, será que vocês poderiam incluir o evangelho naturalmente em suas conversas ou falar de uma escritura interessante de maneira que não pareça um sermão ou uma palestra? O estudo das escrituras não tem que ser igual em todas as famílias. Alguns filhos podem aprender melhor se estudarem só com uma pessoa. Ore e procure seguir os sussurros do Espírito.

O presidente Russell M. Nelson disse: “Prometo que, se trabalharem diligentemente para transformar seu lar em um centro de aprendizado do evangelho, com o tempo seu Dia do Senhor será um verdadeiro deleite. Seus filhos ficarão entusiasmados para aprender e viver os ensinamentos do Salvador, e a influência do adversário em sua vida e em seu lar diminuirá. As mudanças em sua família serão drásticas e contínuas” (“Tornar-nos santos dos últimos dias exemplares”, Liahona, novembro de 2018, p. 113).