Estudo Pessoal e Familiar
28 de setembro a 11 de outubro: 3 Néfi 17–19: “Eis que é completa a minha alegria”
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

“28 de setembro a 11 de outubro: 3 Néfi 17–19: ‘Eis que é completa a minha alegria’”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: Livro de Mórmon 2020

“28 de setembro a 11 de outubro: 3 Néfi 17–19”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar, 2020

The Light of His Countenance Did Shine upon Them [A Clara Luz de Seu Semblante Brilhava sobre Eles], de Gary L. Kapp

28 de setembro a 11 de outubro

3 Néfi 17–19

“Eis que é completa a minha alegria”

Enquanto os capítulos anteriores de 3 Néfi se concentravam principalmente nas palavras do Salvador, os capítulos 17–19 descrevem Seu ministério e Seus ensinamentos entre o povo. Ao estudar esses capítulos, o que o Espírito o ensina sobre o Salvador?

Registre suas impressões

Jesus Cristo tinha acabado de passar o dia ministrando na terra de Abundância, ensinando Seu evangelho, dando ao povo a oportunidade de ver e sentir as marcas em Seu corpo ressurreto e testificando que Ele era o Salvador prometido. Agora havia chegado a hora de ir embora. Ele precisava voltar a Seu Pai e sabia que as pessoas precisavam de tempo para meditar a respeito das coisas que ensinara. Com a promessa de voltar no dia seguinte, Ele despediu a multidão para casa. Porém, ninguém foi embora. Eles não disseram o que sentiam, mas Jesus entendeu: eles tinham a esperança de que Ele “permanecesse um pouco mais” (3 Néfi 17:5). Ele tinha outras coisas importantes a fazer, mas a oportunidade de mostrar compaixão nem sempre acontece quando é conveniente; então, Jesus ficou com o povo um pouco mais. O que aconteceu em seguida talvez seja o exemplo mais terno de ministração registrado nas escrituras. Os que estavam presentes só foram capazes de dizer que foi indescritível (ver 3 Néfi 17:16–17). O próprio Jesus resumiu o derramamento espiritual imprevisto com estas palavras simples: “E agora, eis que é completa a minha alegria” (3 Néfi 17:20).

Ideias para o estudo pessoal das escrituras

3 Néfi 17

O Salvador é meu exemplo perfeito de ministração.

Sabemos que havia cerca de 2.500 pessoas (ver 3 Néfi 17:25) presentes na primeira visita de Cristo, como registrado em 3 Néfi 11–18. Mesmo assim, o Salvador encontrou uma maneira de ministrar um a um. O que você aprende com o exemplo do Salvador sobre ministração nesse capítulo? Para que tipo de necessidades Ele ministrou? Pondere sobre como o exemplo Dele pode ajudá-lo em sua ministração aos outros.

Behold Your Little Ones [Olhai Vossas Criancinhas], de Gary L. Kapp

3 Néfi 17:13–22; 18:15–25; 19:6–9, 15–36

O Salvador nos ensinou a orar.

Imagine como seria ouvir o Salvador orando por você. O que Ele diria a seu favor? Os ensinamentos e as orações Dele nesses próximos capítulos podem dar uma ideia. Enquanto estuda, o que você aprende com o exemplo de Cristo que pode ajudá-lo a tornar suas orações mais significativas? Que bênçãos você tem recebido na vida que provêm de suas orações?

3 Néfi 18:1–12

Posso ser nutrido espiritualmente quando partilho do sacramento.

Ao ler 3 Néfi 18:1–12, pense em como tomar o sacramento pode “nutri-lo” espiritualmente (3 Néfi 18:3–5, 9; ver também 3 Néfi 20:1–9). Por exemplo, você pode fazer uma lista de perguntas que levem à reflexão pessoal enquanto partilha do sacramento, tal como: “O que sinto a respeito do Salvador e de Seu sacrifício por mim?”, “De que modo Seu sacrifício está influenciando minha vida diária?” ou “O que tenho feito bem como discípulo e o que posso melhorar?”

As palavras do presidente Henry B. Eyring podem ajudá-lo a refletir sobre como o sacramento pode nutri-lo espiritualmente: “Ao examinar sua vida durante a ordenança do sacramento, espero que seus pensamentos se concentrem não apenas nas coisas que fez de errado, mas também nas coisas que fez certo — nas ocasiões em que sentiu que o Pai Celestial e o Salvador ficaram contentes com você. Você pode até reservar um momento durante o sacramento para pedir a Deus que o ajude a ver essas coisas. (…) Quando faço isso, o Espírito me reassegura de que, embora eu ainda esteja longe de ser perfeito, sou melhor hoje do que fui ontem. E isso me dá a confiança de que, graças ao Salvador, posso me tornar melhor amanhã” (“Recordá-Lo sempre”, Liahona, fevereiro de 2018, p. 5).

3 Néfi 18:36–37; 19:6–22

Os discípulos de Jesus Cristo buscam o dom do Espírito Santo.

Pense em uma oração que tenha feito recentemente. O que suas orações ensinam a você sobre seus desejos mais profundos? Depois de passar um dia na presença do Salvador, as pessoas na multidão “oraram por aquilo que mais desejavam” — o dom do Espírito Santo (3 Néfi 19:9). Ao ler essas passagens, pondere sobre seu desejo pessoal de ter a companhia do Espírito Santo. O que você aprende sobre buscar a companhia do Espírito Santo?

Ideias para o estudo das escrituras em família e para a noite familiar

Ao ler as escrituras com sua família, o Espírito pode ajudá-lo a decidir quais princípios devem ser enfatizados e debatidos a fim de satisfazer as necessidades de sua família. Eis algumas ideias.

3 Néfi 17

Ao estudar esse capítulo com sua família, faça algumas pausas e peça que imaginem se estivessem vivenciando esses momentos pessoalmente. Por exemplo, você pode perguntar: “Que aflições vocês levariam para que o Salvador curasse?”, “O que gostariam que Ele pedisse em seu favor?” ou “Que entes queridos gostariam que Ele abençoasse?” A leitura desse capítulo pode inspirá-los também a orar pelos membros da família, um a um, como fez Jesus.

3 Néfi 18:1–12

O que significa ser “nutrido” quando participamos do sacramento e como vivenciamos isso? O que podemos aprender nos versículos 5–7 sobre o motivo pelo qual Jesus instituiu para nós a ordenança do sacramento?

3 Néfi 18:17–21

O que podemos aprender nesses versículos sobre o propósito da oração? Como podemos aumentar o poder espiritual de nossas orações tanto individualmente como em família?

3 Néfi 18:25; 19:1–3

O que nossa família vivenciou por causa do evangelho que nos faz desejar que todos à nossa volta sintam o mesmo? Como podemos seguir o exemplo das pessoas citadas nesses versículos e “[labutar] afanosamente” (3 Néfi 19:3) para trazer outras pessoas a Cristo a fim de que possam também “ver e sentir” (ver 3 Néfi 18:25) o que encontramos no evangelho?

Para alguns exemplos de como ensinar as crianças, veja o esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Primária.

Aperfeiçoar o estudo pessoal

Deixar que o Espírito guie seu estudo. O Espírito Santo vai guiá-lo às verdades que você precisa aprender diariamente. Seja sensível a Suas impressões mesmo quando parece que estão sugerindo que leia outro tópico ou estude de modo diferente do usual. Por exemplo, ao estudar sobre o sacramento em 3 Néfi 18, o Espírito pode inspirá-lo a passar um tempo maior nesse assunto do que o planejado.

They Saw the Heavens Open [Eles Viram os Céus Abertos], de Walter Rane