Estudo Pessoal e Familiar
12 a 18 de outubro. 3 Néfi 20–26: “[Vós] sois os filhos do convênio”
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

“12 a 18 de outubro. 3 Néfi 20–26: ‘[Vós] sois os filhos do convênio’”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar: Livro de Mórmon 2020

“12 a 18 de outubro. 3 Néfi 20–26”, Vem, e Segue-Me — Estudo Pessoal e Familiar, 2020

Ilustração de Cristo aparecendo aos nefitas, de Andrew Bosley

12 a 18 de outubro

3 Néfi 20–26

“[Vós] sois os filhos do convênio”

Ao falar sobre as escrituras, Jesus geralmente usava a palavra examinar (ver 3 Néfi 20:11; 23:1, 5). O que você vai examinar enquanto lê 3 Néfi 20–26?

Registre suas impressões

Quando ouve as pessoas usando o termo casa de Israel, você sente que estão se referindo a você? Os nefitas e os lamanitas eram descendentes literais de Israel — a história deles teve início em Jerusalém —, mas, para alguns, Jerusalém parecia ser uma “terra muito longínqua, uma terra que não conhecemos” (Helamã 16:20). Sim, eles eram “um ramo da árvore de Israel”, mas também “se [haviam] perdido de seu tronco” (Alma 26:36; ver também 1 Néfi 15:12). Quando apareceu para aquele povo, o Salvador queria que soubessem que não estavam perdidos para Ele. “Vós sois da casa de Israel”, Ele disse, “e vós sois do convênio” (3 Néfi 20:25). É provável que o Salvador fale algo semelhante hoje em dia para você, pois toda pessoa que é batizada e faz convênios com Ele também faz parte da casa de Israel, “do convênio”, não importa de quem você descende ou do lugar onde vive. Em outras palavras, quando Jesus fala da casa de Israel, Ele está falando de você. A instrução de abençoar “todas as famílias da Terra” serve para você (3 Néfi 20:27). O convite “desperta outra vez, veste-te da tua fortaleza” é feito para você (3 Néfi 20:36). E Sua preciosa promessa de que “minha benignidade não se desviará de ti nem será removido o convênio da minha paz” é para você (3 Néfi 22:10).

Ideias para o estudo pessoal das escrituras

3 Néfi 20–22

Nos últimos dias, Deus vai realizar uma obra grande e maravilhosa.

O Salvador fez algumas promessas extraordinárias à multidão e profetizou sobre o futuro de Seu povo do convênio — o que inclui você. Como disse o presidente Russell M. Nelson: “Fazemos parte do povo do convênio do Senhor. Temos o privilégio de participar pessoalmente do cumprimento dessas promessas. Que época emocionante de se viver!”(“A coligação da Israel dispersa”, A Liahona, novembro de 2006, p. 79.)

Identifique as profecias a respeito dos últimos dias que se encontram nas palavras do Salvador em 3 Néfi 20–22. Dentre essas profecias, quais têm um significado especial para você? O que você pode fazer para ajudar no cumprimento das profecias registradas nesses capítulos?

Observe a indicação em 3 Néfi 21:1–7 de que o surgimento do Livro de Mórmon nos últimos dias (“estas coisas” nos versículos 2 e 3) é um sinal de que as promessas de Deus já começaram a ser cumpridas. Que promessas são essas e como o Livro de Mórmon ajuda a cumpri-las?

Ver também Russell M. Nelson, “Juventude da promessa”, devocional mundial para os jovens, 3 de junho de 2018, broadcasts.ChurchofJesusChrist.org.

3 Néfi 20:10–12; 23; 26:1–12

O Salvador deseja que eu examine as palavras dos profetas.

As palavras de Jesus e Seus atos ao longo desses capítulos revelam o que Ele pensa a respeito das escrituras. O que você aprende sobre as escrituras em 3 Néfi 20:10–12; 23 e 26:1–12? O que você encontra nesses versículos que o inspira a “[examinar] estas coisas diligentemente”? (3 Néfi 23:1.)

3 Néfi 2224

Deus é misericordioso para com aqueles que retornam a Ele.

Em 3 Néfi 2224, o Salvador cita as palavras de Isaías e Malaquias, que são repletas de imagens vivas e comparações — pedras coloridas, brasas no fogo, purificador de prata, janelas do céu. Pode ser interessante fazer uma lista delas. O que cada uma dessas imagens ensina sobre o relacionamento de Deus com Seu povo? Por exemplo, 3 Néfi 22:4–8 compara Deus a um marido e Seu povo a uma esposa. A leitura dessas imagens pode levá-lo a pensar em seu próprio relacionamento com o Senhor. De que modo as promessas contidas nesses capítulos têm se cumprido em sua vida? (Ver especialmente 3 Néfi 22:7–8, 10–17; 24:10–12, 17–18.)

3 Néfi 25:5–6

Meu coração deve se voltar para meus antepassados.

O retorno prometido de Elias tem sido aguardado ansiosamente há muitos séculos pelos judeus em todo o mundo. Os santos dos últimos dias sabem que Elias já voltou quando apareceu a Joseph Smith no Templo de Kirtland em 1836 (ver D&C 110:13–16). O trabalho de converter o coração aos pais — o trabalho de templo e história da família — já está em andamento. Que experiências você tem tido que o ajudam a voltar seu coração a seus antepassados?

Ideias para o estudo das escrituras em família e para a noite familiar

Ao ler as escrituras com sua família, o Espírito pode ajudá-lo a decidir quais princípios devem ser enfatizados e debatidos a fim de satisfazer as necessidades de sua família. Eis algumas ideias.

3 Néfi 22:2

Depois de lerem esse versículo, vocês podem montar uma tenda caseira e conversar sobre como a Igreja pode ser comparada a uma tenda no deserto. Qual o significado das palavras “alonga as tuas cordas” e “firma bem as tuas estacas”? Como podemos convidar as pessoas a encontrar “abrigo” na Igreja?

3 Néfi 23:6–13

Se o Salvador examinasse os registros que nossa família tem mantido, que perguntas Ele faria para nós? Existem eventos importantes ou experiências espirituais que devemos registrar? Agora poderia ser um bom momento para criar um registro familiar ou acrescentar algo a ele e decidirem juntos o que incluir. As crianças talvez apreciem decorar o registro com fotografias ou desenhos. Por que é importante registrar as experiências espirituais de nossa família?

3 Néfi 24:7–18

Como temos experimentado as bênçãos do pagamento do dízimo prometidas nesses versículos? A mensagem do élder David A. Bednar “As janelas do céu” (A Liahona, novembro de 2013, p. 17) pode ajudar os membros da família a reconhecer essas bênçãos.

3 Néfi 25:5–6

Como você pode ajudar os membros da família a voltar o coração aos pais? Peça aos membros da família que aprendam algo sobre seus antepassados e compartilhem com o restante da família o que aprenderam (ver FamilySearch.org). Ou vocês podem trabalhar juntos para encontrar um antepassado que precise das ordenanças do templo e planejar uma ida ao templo para realizar essas ordenanças.

Para alguns exemplos de como ensinar as crianças, veja o esboço desta semana em Vem, e Segue-Me — Primária.

Aperfeiçoar o ensino

Viver seu testemunho. O élder Neal A. Maxwell ensinou: “Você ensina o que você é. Suas características vão ser mais lembradas (…) do que uma verdade específica de uma aula em particular” (“But a Few Days”, discurso para educadores religiosos do Sistema Educacional da Igreja, 10 de setembro de 1982, p. 2). Se você deseja ensinar um princípio do evangelho, faça seu melhor para vivê-lo.

Bring Forth the Record [Trazei os Registros], de Gary L. Kapp