Força dos Jovens
Nossa promessa de ser uma luz
Janeiro de 2023


“Nossa promessa de ser uma luz”, Força dos Jovens, janeiro de 2023.

Vem, e Segue-Me

Mateus 3

Nossa promessa de ser uma luz

Jesus Cristo é a Luz do Mundo. Façamos tudo o que pudermos para compartilhar Sua luz.

Imagem
batismos

Multidões de pessoas vieram de toda parte para ver o homem no deserto que usava roupas feitas de pelos de camelo e comia gafanhotos e mel. Eles estavam interessados em ouvir seus ensinamentos sobre o Salvador, o arrependimento e o batismo. Depois de ouvi-lo, muitas pessoas quiseram ser batizadas. Ele batizou aqueles que haviam se arrependido. O nome desse homem era João Batista.

Certo dia, enquanto João batizava as pessoas no rio Jordão, Jesus Cristo foi até ele e pediu para ser batizado. João ficou surpreso. João sabia que Jesus sempre obedeceu aos mandamentos de Deus e não precisava se arrepender. Na verdade, ele achava que Jesus deveria batizá-lo (ver Mateus 3:14)! Jesus explicou que Deus ordenara que todas as pessoas fossem batizadas, por isso, para ser um exemplo, Ele também precisava ser batizado. João concordou e batizou Jesus no rio Jordão.

O batismo de Jesus nos ensina que nós também precisamos ser batizados. Quando você foi batizado, fez um convênio e mostrou sua disposição de seguir o exemplo do Salvador, não apenas em seu batismo, mas sempre.

Promessas e oportunidades

No batismo, você faz um convênio com Deus e promete tomar sobre si o nome de Jesus Cristo (ver Mosias 5:8–10). Você também promete guardar Seus mandamentos, servir de testemunha de Deus “em todos os momentos e em todas as coisas e em todos os lugares” (Mosias 18:9) e servi-Lo (ver Mosias 18:8–10; Doutrina e Convênios 20:37).

Todas as semanas, na igreja, você renova esse convênio quando toma o sacramento (ver Doutrina e Convênios 20:77, 79). “Deveis, pois, prosseguir com firmeza em Cristo, tendo um perfeito esplendor de esperança e amor a Deus e a todos os homens” (2 Néfi 31:20).

Ao longo do caminho, você terá muitas oportunidades de seguir o exemplo do Salvador e de demonstrar seu amor por Ele e pelas pessoas ao seu redor. O élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “Temos vizinhos para abençoar, filhos para proteger, pobres para erguer e a verdade para defender. Temos coisas erradas para corrigir, verdades para compartilhar e coisas boas para fazer. Em resumo, temos uma vida de dedicado discipulado para demonstrar”.1

Uma luz para os necessitados

Nosso exemplo perfeito, o Salvador, sempre amou e serviu ao próximo e “andou fazendo o bem” (Atos 10:38).

Em tempos difíceis, Jesus Cristo é a Luz que “resplandece nas trevas“ (João 1:5). Ele também nos ensinou a ser uma luz. Ele disse: “Eis que eu sou a luz que levantareis — aquilo que me vistes fazer” (3 Néfi 18:24).

Como discípulos de Jesus Cristo, precisamos estar “dispostos a carregar os fardos uns dos outros, para que fiquem leves” e “chorar com os que choram; sim, e consolar os que necessitam de consolo” (Mosias 18:8–9).

Quando nos deparamos com alguém que está triste ou desanimado, pode ser óbvio como ajudar. Há outras ocasiões, no entanto, em que você não saberá o que dizer ou fazer. Nesses momentos, você ainda pode abrir o coração. Você pode ouvi-los e apoiá-los.

Ao amar e servir ao próximo, a luz do Salvador se torna mais brilhante dentro de você e iluminará o caminho à sua frente. Também atrairá outras pessoas que estão buscando a luz do Salvador. Ao prosseguir e cumprir as promessas que fez no batismo, você encontrará muitas maneiras de tornar este mundo melhor e mais resplandecente.