Escrituras
Jeremias 40
Notas de rodapé

Hide Footnotes

Tema

Capítulo 40

O rei de Babilônia nomeia Gedalias governador dos remanescentes que ficaram em Judá — Jeremias é libertado e mora entre eles.

1 A palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor, depois que Nebuzaradã, capitão da guarda, o deixara ir de Ramá, quando o tomou, estando ele atado com cadeias no meio de todos os do cativeiro de Jerusalém e de Judá, que foram levados cativos para Babilônia;

2 Porque o capitão da guarda tomou Jeremias, e lhe disse: O Senhor teu Deus falou este mal contra este lugar;

3 E o Senhor o trouxe, e fez como havia falado; porque apecastes contra o Senhor, e não obedecestes à sua voz; pelo que vos sucedeu isto.

4 Agora, pois, eis que te soltei hoje das cadeias que estavam sobre as tuas mãos; se for bem aos teus olhos vir comigo para Babilônia, vem, e porei sobre ti os meus olhos; porém, se for mal aos teus olhos vir comigo para Babilônia, deixa de vir. Olha, toda a terra está diante de ti; para onde quer que for bom e reto aos teus olhos que vás, para ali vai.

5 Mas, porquanto ele ainda não tinha voltado, disse-lhe: Volta a Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, a quem o rei de Babilônia pôs sobre as cidades de Judá, e habita com ele no meio do povo; ou para qualquer parte aonde quer que for reto aos teus olhos que vás, para ali vai. E deu-lhe o capitão da guarda sustento para o caminho, e um presente, e o deixou ir.

6 Assim, foi Jeremias a Gedalias, filho de Aicão, a Mizpá; e habitou com ele no meio do povo que havia ficado na terra.

7 Ouvindo, pois, todos os príncipes dos exércitos, que estavam no campo, eles e os seus homens, que o rei de Babilônia tinha posto sobre a terra Gedalias, filho de Aicão, e que lhe havia encarregado os homens, e as mulheres, e as crianças, e os mais pobres da terra, os quais não foram levados cativos a Babilônia,

8 Foram a Gedalias, a Mizpá, a saber: Ismael, filho de Netanias, e Joanã e Jônatas, filhos de Careá, e Seraías, filho de Tanumete, e os filhos de Efai, o netofatita, e Jezanias, filho de um maacatita, eles e os seus homens.

9 E jurou Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, a eles e aos seus homens, dizendo: Não temais servir aos caldeus; ficai na terra, e servi o rei de Babilônia, e bem vos irá.

10 Eu, porém, eis que habito em Mizpá, para estar às ordens dos caldeus que vierem a nós; e vós recolhei o vinho, e as frutas de verão, e o azeite, e colocai-os nos vossos vasos, e habitai nas vossas cidades, que tomastes.

11 Como também todos os judeus que estavam em Moabe, e entre os filhos de Amom, e em Edom, e os que havia em todas aquelas terras, ouviram que o rei de Babilônia havia deixado um remanescente em Judá, e que havia posto sobre eles Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã.

12 E retornaram todos os judeus de todos os lugares, para onde foram lançados, e foram à terra de Judá, a Gedalias, a Mizpá; e recolheram vinho e frutas do verão muito abundantes.

13 Joanã, filho de Careá, e todos os príncipes dos exércitos, que estavam no campo, foram a Gedalias, a Mizpá.

14 E disseram-lhe: Bem sabes que Baalis, rei dos filhos de Amom, enviou Ismael, filho de Netanias, para te tirar a vida. Porém não lhes deu crédito Gedalias, filho de Aicão.

15 Todavia, Joanã, filho de Careá, falou a Gedalias em segredo, em Mizpá, dizendo: Irei agora, e ferirei Ismael, filho de Netanias, sem que ninguém o saiba; por que razão te tiraria ele a vida, e todo o Judá que se tem congregado a ti seria disperso, e pereceria o remanescente de Judá?

16 Porém disse Gedalias, filho de Aicão, a Joanã, filho de Careá: Não faças tal coisa, porque falas falsamente contra Ismael.