Primária
6 a 12 de setembro. Doutrina e Convênios 98–101: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus”
anterior seguinte

“6 a 12 de setembro. Doutrina e Convênios 98–101: ‘Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus’”, Vem, e Segue-Me — Primária: Doutrina e Convênios 2021

“6 a 12 de setembro. Doutrina e Convênios 98–101”, Vem, e Segue-Me — Primária, 2021

C. C. A. Christensen (1831–1912), Saints Driven from Jackson County Missouri [Os Santos São Expulsos do Condado de Jackson, Missouri], aprox. 1878, pintura em musselina, 1,96 x 2,87 m. Museu de Arte da Universidade Brigham Young, doação dos netos de C. C. A. Christensen, 1970

6 a 12 de setembro

Doutrina e Convênios 98–101

“Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus”

Que mensagens as crianças de sua classe precisam ouvir esta semana? Como os princípios contidos em Doutrina e Convênios 98–101 as ajudam a ser melhores discípulos de Jesus Cristo?

Registre suas impressões

Convidar todos a participar

Incentive as crianças a contar algo que aprenderam em Doutrina e Convênios no lar ou na Primária. Pergunte o que elas mais gostaram de aprender em Doutrina e Convênios.

Ensinar a doutrina: Crianças menores

Doutrina e Convênios 98:39–40

Posso perdoar as pessoas que são rudes comigo.

O Senhor pediu aos santos que estavam sendo perseguidos no Condado de Jackson, Missouri, que perdoassem aqueles que os haviam prejudicado. Ao ensinar sobre a importância do perdão, certifique-se de que as crianças também compreendam que, se alguém as machucar, elas devem contar a um adulto de confiança.

Atividades sugeridas

  • Para ajudar as crianças a entender os desafios que os santos em Sião estavam enfrentando, conte a história do “Capítulo 34: Deus adverte o povo de Sião” (Histórias de Doutrina e Convênios, pp. 128–131, ou mostre o vídeo correspondente em ChurchofJesusChrist.org). Leia Doutrina e Convênios 98:39–40 e peça às crianças que identifiquem o que o Senhor disse que os santos deveriam fazer quando seus inimigos pedissem perdão. Por que Jesus quer que perdoemos as pessoas mesmo aquelas que não são gentis conosco?

  • Coloque uma gravura de um rosto feliz em um lado da sala e um rosto triste no lado oposto. Converse com as crianças sobre diferentes situações nas quais alguém foi rude (você pode encontrar histórias em Meu Amigo ou na Liahona). Sugira várias ações que podemos tomar para reagir ao mal comportamento das pessoas para conosco e ajude as crianças a decidir o que as deixariam felizes ou tristes. Peça às crianças que apontem para o rosto correspondente na sala.

Doutrina e Convênios 101:16

Jesus Cristo pode me trazer paz.

Quando os santos estavam sendo perseguidos, o Senhor os consolou dizendo: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus”. Pense em como esse conselho pode ajudar as crianças a quem você ensina.

Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que fiquem se mexendo enquanto estão sentadas na cadeira. Peça que parem de se mexer quando você mostrar uma gravura do Salvador e falar: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus” (Doutrina e Convênios 101:16). Repita essa atividade algumas vezes. Explique-lhes que, quando a vida estava difícil para os santos na época de Joseph Smith, Jesus queria que eles se acalmassem, confiassem Nele e não ficassem preocupados. Como Jesus nos ajuda quando estamos passando por uma dificuldade?

  • Cantem juntos uma música sobre reverência, como “Com amor, com fervor” (Músicas para Crianças, p. 11). Ajude as crianças a reconhecer os sentimentos de paz quando ficam calmas pensando em Jesus — por exemplo, quando estamos orando ou tomando o sacramento.

  • Ajude as crianças a completar a página de atividades desta semana. Enquanto colorem, diga-lhes que pensar em Jesus Cristo ajuda você a sentir paz mesmo em tempos difíceis.

    Detalhe de Cristo e o Jovem Rico, de Heinrich Hofmann

Ensinar a doutrina: Crianças maiores

Doutrina e Convênios 98:1–3, 11–14; 101:16

Minhas provações me ajudam a ser mais semelhante a Jesus Cristo.

À medida que enfrentarem desafios ao longo da vida, as crianças precisarão ter fé que o Salvador pode ajudá-las durante as provações e que essas provações “reverterão para o [seu] bem” (Doutrina e Convênios 98:3).

Atividades sugeridas

  • Peça às crianças que ajudem a fazer uma lista no quadro de alguns dos desafios que uma criança na idade delas pode enfrentar. Conte alguns dos desafios que os santos que moravam no condado de Jackson, Missouri, enfrentaram em 1833 (ver os capítulos 34 e 35 em Histórias de Doutrina e Convênios, pp. 128–131, 132–134). Que conselhos elas dariam a uma criança que estivesse passando por essas dificuldades? Peça às crianças que leiam Doutrina e Convênios 98:1–3, 11–14 e identifiquem as orientações que o Senhor deu. Como elas podem seguir esses conselhos quando enfrentarem desafios como os que estão listados no quadro?

  • Peça às crianças que fiquem paradas e quietas o máximo que conseguirem por alguns minutos enquanto olham uma gravura do Salvador ou ouvem uma música sobre Ele. Em seguida, peça-lhes que contem o que sentiram durante essa experiência. Leia Doutrina e Convênios 101:16. De que maneira ficar em silêncio pensando em Jesus nos ajuda? Ajude as crianças a entender a conexão entre o silêncio reverente e a nossa capacidade de sentir o Espírito ao pensar em Jesus.

Doutrina e Convênios 98:23, 39–40

Jesus quer que eu perdoe as pessoas que não são gentis comigo.

Recebemos o mandamento de amar uns aos outros, de perdoar as pessoas “setenta vezes sete” e dar a outra face (ver Mateus 5:39, 43–44; 18:21–22). Como você pode usar esses versículos para ensinar essas verdades às crianças?

Atividades sugeridas

  • Conte às crianças algumas das perseguições que ocorreram no condado de Jackson, Missouri, em 1833 (ver os capítulos 34 e 35 de Histórias de Doutrina e Convênios, pp. 128–131, 132–134). Pergunte às crianças como se sentiriam se fossem membros da Igreja naquela época. Peça-lhes que leiam Doutrina e Convênios 98:23, 39–40 e identifiquem o que o Senhor queria que os santos fizessem. Por que pode ser tão difícil perdoar aqueles que nos maltratam? De que modo somos abençoados quando o fazemos?

  • Pergunte às crianças se elas conseguem se lembrar de quando Jesus Cristo ou outra pessoa nas escrituras fez o que Doutrina e Convênios 98:23 ensina. Para dar um exemplo, mostre uma gravura de A Crucificação (como a do Livro de Gravuras do Evangelho, nº 57). Peça às crianças que contem o que sabem sobre a Crucificação do Salvador (ver Lucas 23). Peça-lhes que leiam Lucas 23:34. Como podemos seguir o exemplo de Jesus Cristo?

Doutrina e Convênios 101:23–32, 36, 38

Posso encontrar alegria por meio de Jesus Cristo.

A vida não foi feita para ser livre de dificuldades, mas você pode ajudar as crianças a descobrir que, ainda assim, elas podem encontrar alegria completa por meio de Jesus Cristo.

Atividades sugeridas

  • Coloque água em um copo. Peça às crianças que falem as coisas que o Salvador fez por nós para que tenhamos alegria; convide-as a colocar uma pequena pedra no copo para cada coisa que citarem, até que o copo fique cheio. Leia com as crianças Doutrina e Convênios 101:36 e peça-lhes que identifiquem como podemos sentir uma alegria completa. Quais são algumas coisas que podemos fazer para “[buscar] (…) o Senhor” (versículo 38) e sentir a alegria que Ele deseja nos dar?

  • Explique-lhes que Doutrina e Convênios 101:23–32 ensina sobre como será a vida quando Jesus Cristo voltar. Enquanto leem juntos esses versículos, conversem sobre o que as crianças identificaram que nos trará alegria quando Ele voltar. Por que é útil saber dessas coisas quando estamos passando por momentos difíceis?

Incentivar o aprendizado no lar

Ajude as crianças a escolher um versículo em Doutrina e Convênios 98–101 que gostariam de compartilhar com os familiares. Ajude-as a planejar como vão compartilhar o que elas gostam nesse versículo.

Aperfeiçoar o ensino

Desenvolva atributos cristãos como professor. Pense no que você pode fazer para se tornar um professor mais semelhante a Cristo. Use as perguntas de avaliação pessoal da página 37 de Ensinar à Maneira do Salvador para ajudá-lo a se aperfeiçoar.