A Importância de Bons Amigos
    Notas de rodapé
    Theme

    Ensinamentos de Para o Vigor da Juventude

    A Importância de Bons Amigos

    Os amigos exercem forte influência sobre nossas ações, especialmente em nossa juventude. “Eles vão influenciar muito o seu modo de pensar e de agir e até ajudar a determinar a pessoa na qual você vai se tornar.”1 E quando vocês escolhem bons amigos, “eles são uma grande força e bênção para você. (…) Eles vão ajudar você a ser uma pessoa melhor e fazer com que seja mais fácil viver o evangelho de Jesus Cristo”.2

    Nas páginas 52–53 desta edição, Elaine S. Dalton, presidente geral das Moças, ensina a importância de procurar bons amigos e de ser um bom amigo. “A essência da verdadeira amizade é buscar o bem maior da outra pessoa”, afirma ela.

    O desenvolvimento de amizades com base nesses princípios vai ajudar os jovens a criar relacionamentos duradouros e habilidades sociais que vão além de apenas tornarem-se “amigos” nos sites de rede social. Como pais, vocês podem ajudar seus filhos a compreender a importância de ser um bom amigo e de escolher bons amigos que vão incentivá-los a viver o evangelho. As sugestões a seguir podem ser úteis.

    Sugestões para Ensinar os Jovens

    • Como família, examinem as escrituras procurando exemplos de bons amigos. Discutam as qualidades que tornaram fortes aquelas amizades. Alguns exemplos são Davi e Jônatas (ver I Samuel 18–23), Rute e Noemi (ver Rute 1–2) e Alma e os filhos de Mosias (ver Mosias 27–28; Alma 17–20).3

    • Recapitulem a seção sobre amigos em Para o Vigor da Juventude. Digam a seus filhos adolescentes como as amizades influenciaram sua vida. Convidem seus filhos a compartilhar como eles influenciaram os amigos e como foram influenciados por eles.

    • Leiam o artigo da irmã Dalton nesta edição. Conversem sobre a meta estabelecida pela filha dela, Emi, de buscar bons amigos. Ajudem seus filhos a estabelecer metas sobre o tipo de amigos que desejam buscar e ser.

    • Vocês podem realizar uma noite familiar para compartilhar ideias sobre o desenvolvimento de amizades, tais como: “Tenha bons amigos, seja um bom amigo ou uma boa amiga. Demonstre genuíno interesse pelos outros. Sorria e mostre que se importa com eles. Trate todos com bondade e respeito, e abstenha-se de julgar e criticar as pessoas a sua volta”.4

    Sugestões para Ensinar as Crianças

    • Ser um bom amigo inclui ajudar os outros. Leiam “Em Defesa de Caleb” na revista A Liahona de março de 2009 e conversem com seus filhos sobre maneiras pelas quais eles podem ser bondosos com todos que eles conhecem.

    • Em todas as situações, decidimos que tipo de amigos seremos. Cantem juntos “Eu Quero Ser Como Cristo”5 e depois conversem com seus filhos sobre como eles podem decidir ser um bom amigo, como o Salvador, em várias situações.