Escrituras
    Salmos 9
    Notas de rodapé
    Theme

    Salmo 9

    Salmo messiânico de Davi — Ele louva ao Senhor por repreender as nações — O Senhor julgará o mundo em retidão — Ele habitará em Sião — Os iníquos serão lançados no inferno.

    Salmo de Davi para o músico-mor, sobre aMute-Láben.

    1 Eu te louvarei, Senhor, com todo o meu coração; contarei todas as tuas amaravilhas.

    2 Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.

    3 Porquanto os meus inimigos voltaram para trás, caíram e pereceram diante da tua face.

    4 Pois tu sustentaste o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no trono, julgando justamente.

    5 Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; aapagaste o seu nome para sempre e eternamente.

    6 Oh, inimigo! Acabaram-se para sempre as assolações, e tu arrasaste as cidades, e a sua memória pereceu com elas.

    7 Mas o Senhor está assentado perpetuamente; preparou o seu trono para ajulgar.

    8 Ele mesmo ajulgará o mundo com justiça; fará juízo aos povos com retidão.

    9 O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido, um alto refúgio em tempos de angústia.

    10 E os que conhecem o teu anome em ti bconfiarão, porque tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam.

    11 Cantai louvores ao Senhor, que habita em Sião; aanunciai entre os povos os seus feitos.

    12 Pois quando inquire do derramamento de sangue, lembra-se deles; não se esquece do clamor dos aaflitos.

    13 Tem misericórdia de mim, Senhor, olha para a minha aflição, causada por aqueles que me odeiam, tu que me levantas das portas da morte,

    14 Para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião, e me alegre na tua asalvação.

    15 As nações enterraram-se na cova que fizeram; na rede que ocultaram ficou preso o seu pé.

    16 O Senhor é conhecido pelo juízo que fez; aenlaçado foi o ímpio nas obras de suas próprias mãos. (Higaiom; Selá.)

    17 Os ímpios serão lançados no ainferno, e todas as nações que se esquecem de Deus.

    18 Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a esperança dos pobres perecerá perpetuamente.

    19 Levanta-te, Senhor; não prevaleça o homem; sejam julgadas as nações diante da tua face.

    20 Incute-lhes temor, Senhor, para que saibam as nações que não são mais do que homens. (Selá.)