Isaías 48
    Notas de rodapé

    Capítulo 48

    O Senhor revela Seus propósitos a Israel — Israel foi escolhida na fornalha da aflição e há de sair da Babilônia — Comparar com 1 Néfi 20.

    1 Ouvi isto, casa de Jacó, que sois chamados pelo nome de Israel, e saístes das aáguas de Judá, que bjurais pelo nome do Senhor, e fazeis cmenção do Deus de Israel, porém não em verdade nem em justiça.

    2 E até da asanta cidade tomam o nome, e bse firmam sobre o Deus de Israel; o Senhor dos Exércitos é o seu nome.

    3 As coisas passadas já desde a antiguidade anunciei, e procederam da minha boca, e eu as fiz ouvir; apressuradamente as fiz, e aconteceram.

    4 Porque eu sabia que atu eras duro, e a tua bcerviz, um nervo de ferro, e a tua testa, de bronze.

    5 Por isso to anunciei desde a antiguidade, e to fiz ouvir antes que acontecesse, para que porventura não dissesses: O meu ídolo fez estas coisas, ou a minha imagem de escultura, ou a minha imagem de fundição as ordenou.

    6 o ouviste; olha bem para tudo isto; porventura assim vós não o anunciareis? Desde agora te faço ouvir coisas novas e ocultas, e que nunca conheceste.

    7 Agora foram criadas, e não desde a antiguidade, e antes deste dia não as ouviste, para que porventura não digas: Eis que eu já as sabia.

    8 Nem tu as ouviste, nem tu as conheceste, nem tampouco desde a atiguidade foi aberto o teu ouvido, porque eu sabia que agirias muito perfidamente, e que foste chamado atransgressor desde o ventre.

    9 Por causa do meu anome retardarei a minha ira, e por causa do meu louvor me refrearei para contigo, para que não te venha a exterminar.

    10 Eis que te purifiquei, porém não como a prata; escolhi-te na afornalha da aflição.

    11 Por causa de mim, por causa de mim o farei, porque como seria profanado o meu anome? E a minha honra não a bdarei a outrem.

    12 Dá-me ouvidos, ó Jacó, e tu, ó Israel, a quem chamei; eu sou o mesmo, eu sou o primeiro, eu sou também o último.

    13 Também a minha mão fundou a aterra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos.

    14 Juntai-vos todos vós, e ouvi: Quem há, dentre eles, que anunciasse essas coisas? O Senhor o amou, e aele executará a sua vontade contra bBabilônia, e o seu braço será contra os caldeus.

    15 Eu, eu o disse; também já o chamei, e o farei vir, e farei próspero o seu caminho.

    16 Chegai-vos a mim, ouvi isto: Não falei em aoculto desde o princípio, mas desde o tempo em que aquilo se fez eu estava ali, e agora o Senhor Deus me enviou, e o seu Espírito.

    17 Assim diz o Senhor, o teu aRedentor, o Santo de Israel: Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar.

    18 Ah, se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! Então seria a tua apaz como o rio, e a tua justiça, como as ondas do mar.

    19 Também a tua asemente seria como a areia, e os que procedem das tuas entranhas, como os grãos dela, cujo nome nunca seria cortado nem destruído da minha face.

    20 Saí de aBabilônia, fugi de entre os caldeus. E anunciai com voz de júbilo; fazei ouvir isso, e levai-o até o fim da terra; dizei: O Senhor remiu seu servo Jacó.

    21 E não tinham sede, quando os levava pelos desertos; fez-lhes correr aágua da rocha; fendendo ele as rochas, as águas manavam delas.

    22 Porém os ímpios não têm paz, disse o Senhor.