Esdras 8
anterior seguinte

Capítulo 8

Enumeram-se os que sobem da Babilônia para Jerusalém — Os levitas são chamados para acompanhá-los — Esdras e o povo jejuam e oram e obtêm orientação e proteção para ir a Jerusalém.

1 Estes, pois, são os achefes de seus pais, com as suas genealogias, dos que subiram comigo de Babilônia no reinado do rei Artaxerxes:

2 Dos filhos de Fineias, Gérson; dos filhos de Itamar, Daniel; dos filhos de Davi, Hatus;

3 Dos filhos de Secanias, e dos filhos de Parós, Zacarias; e com ele, por genealogias, se contaram até cento e cinquenta homens.

4 Dos filhos de Paate-Moabe, Elioenai, filho de Zeraías; e com ele duzentos homens.

5 Dos filhos de Secanias, o filho de Jaaziel; e com ele trezentos homens.

6 E dos filhos de Adim, Ebede, filho de Jônatas; e com ele cinquenta homens.

7 E dos filhos de Elão, Jesaías, filho de Atalias; e com ele setenta homens.

8 E dos filhos de Sefatias, Zebadias, filho de Micael; e com ele oitenta homens.

9 Dos filhos de Joabe, Obadias, filho de Jeiel; e com ele duzentos e dezoito homens.

10 E dos filhos de Selomite, o filho de Josifias; e com ele cento e sessenta homens.

11 E dos filhos de Bebai, Zacarias, o filho de Bebai; e com ele vinte e oito homens.

12 E dos filhos de Azgade, Joanã, o filho de Hacatã; e com ele cento e dez homens.

13 E dos últimos filhos de Adonicão, cujos nomes eram estes: Elifelete, Jeiel e Semaías; e com eles sessenta homens.

14 E dos filhos de Bigvai, Utai e Zabude; e com eles setenta homens.

15 E ajuntei-os perto do rio que corre para Aava, e ficamos ali acampados três dias; então atentei para o povo e para os sacerdotes, e não achei ali nenhum dos filhos de Levi.

16 Enviei, pois, Eliezer, Ariel, Semaías, e Elnatã, e Jaribe, e Elnatã, e Natã, e Zacarias, e Mesulão, os chefes, como também Joiaribe, e Elnatã, que eram sábios.

17 E dei-lhes mandado para Ido, chefe no lugar de Casifia, e lhes pus palavras na boca para dizerem a Ido, seu irmão, e aos netinins, no lugar de Casifia, que nos trouxessem ministros para a casa do nosso Deus.

18 E trouxeram-nos, segundo a boa mão de Deus sobre nós, um homem prudente, dos filhos de Mali, filho de Levi, filho de Israel, a saber, Serebias, com os seus filhos e irmãos, dezoito;

19 E Hasabias, e com ele Jesaías, dos filhos de Merari; com seus irmãos e os filhos deles, vinte;

20 E dos anetinins que Davi e os príncipes deram para o ministério dos levitas, duzentos e vinte netinins; todos foram expressos por seus nomes.

21 Então apregoei ali um ajejum junto ao rio Aava, para nos humilharmos diante da face de nosso Deus, para lhe pedirmos caminho direito para nós, e para nossos pequeninos, e para todos os nossos bens.

22 Porque me envergonhei de pedir ao rei exército e cavaleiros para nos defenderem do inimigo no caminho, porquanto tínhamos falado ao rei, dizendo: A mão do nosso Deus é sobre todos os que o abuscam, para o bbem deles; mas a sua força e a sua ira, sobre todos os que o deixam.

23 Nós, pois, jejuamos, e pedimos isso ao nosso Deus, e amoveu-se pelas nossas orações.

24 Então aseparei doze dos principais dos sacerdotes: Serebias, Hasabias, e com eles dez dos seus irmãos.

25 E pesei-lhes a prata, e o ouro, e os utensílios, que eram a oferta para a casa de nosso Deus, que ofereceram o rei e os seus conselheiros, e os seus príncipes, e todo o Israel que ali se achava.

26 E pesei em suas mãos seiscentos e cinquenta talentos de prata, e em utensílios de prata, cem talentos, e cem talentos de ouro.

27 E vinte taças de ouro, de mil dracmas, e dois utensílios de fino bronze lustroso, tão precioso como ouro.

28 E disse-lhes: Consagrados sois ao Senhor, e sagrados são estes utensílios, como também esta prata e este ouro, oferta voluntária, oferecida ao Senhor Deus de vossos pais,

29 Vigiai, pois, e guardai-os até que os peseis na presença dos principais dos sacerdotes e dos levitas, e dos príncipes dos pais de Israel, em Jerusalém, nas câmaras da casa do Senhor.

30 Então receberam os sacerdotes e os levitas o peso da prata, e do ouro, e dos utensílios, para o levarem a Jerusalém, à casa de nosso Deus.

31 E partimos do rio Aava, no dia doze do primeiro mês, para irmos a Jerusalém; e a mão do nosso Deus estava sobre nós, e livrou-nos da mão dos inimigos, e dos que nos armavam ciladas no caminho.

32 E chegamos a Jerusalém, e repousamos ali três dias.

33 E no dia quatro se pesou a prata, e o ouro, e os utensílios, na casa do nosso Deus, por mão de Meremote, filho do sacerdote Urias, e com ele Eleazar, filho de Fineias, e com eles Jozabade, filho de Jesua, e Noadias, filho de Binui, levitas;

34 Conforme o número e conforme o peso de tudo aquilo; e todo o peso se registrou no mesmo tempo.

35 E os transportados, que vieram do cativeiro, ofereceram holocaustos ao Deus de Israel: doze novilhos por todo o Israel, noventa e seis carneiros, setenta e sete cordeiros, e doze bodes em oferta pelo pecado, tudo em holocausto ao Senhor.

36 Então deram as ordens do rei aos asátrapas do rei, e aos governadores bde aquém do rio; e ajudaram o povo e a casa de Deus.