TJS, Lucas 12
anterior próximo

TJS, Lucas 12:9–12. Comparar com Lucas 12:9–10; ver também TJS, Mateus 12:37–38 e D&C 132:26–27

Jesus explica que a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada.

9 Mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus.

10 Ora, seus discípulos sabiam que ele dissera isso porque eles haviam falado mal dele diante do povo; pois tinham medo de confessá-lo diante dos homens.

11 E eles arrazoavam entre si, dizendo: Ele conhece o nosso coração, e fala para a nossa condenação, e não seremos perdoados. Mas ele respondeu-lhes, e disse-lhes:

12 E a todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do homem, e se arrepender, ser-lhe-á perdoado; mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo não lhe será perdoado.

TJS, Lucas 12:41–57. Comparar com Lucas 12:37–48

Jesus ensina que Seus servos devem estar sempre preparados para a Sua vinda.

41 Pois eis que ele vem na primeira vigília da noite, e virá também na segunda vigília, e novamente ele virá na terceira vigília.

42 E em verdade vos digo: Ele já veio, como sobre ele está escrito; e novamente quando ele vier na segunda vigília, ou vier na terceira vigília, bem-aventurados são aqueles servos a quem, quando ele vier, achar fazendo assim;

43 Porque o Senhor desses servos se cingirá, e fará com que eles se assentem à mesa; e virá, e os servirá.

44 E agora, em verdade vos digo estas coisas, para que possais saber isto: que a vinda do Senhor é como o ladrão na noite.

45 E é como um homem que é pai de família que, se ele não vigia os seus bens, vem o ladrão numa hora em que ele não espera, e tira os seus bens, e os divide entre os seus companheiros.

46 E eles disseram entre si: Se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, teria vigiado, e não teria permitido que a sua casa fosse minada, e que se perdessem os seus bens.

47 E ele disse-lhes: Em verdade vos digo: Portanto, estai vós também preparados; porque o Filho do Homem virá a uma hora que não imaginais.

48 E disse-lhe Pedro: Senhor, contas essa parábola a nós, ou a todos?

49 E disse o Senhor: Falo àqueles a quem o Senhor fará governantes sobre a sua casa, para dar a seus filhos a ração no devido tempo.

50 E disseram eles: Quem é, pois, esse servo fiel e prudente?

51 E o Senhor disse-lhes: É aquele servo que vigia, para repartir a sua ração no devido tempo.

52 Bem-aventurado seja aquele servo, ao qual o seu Senhor, quando vier, achar fazendo assim.

53 Em verdade vos digo, que sobre todos os seus bens o porá.

54 Mas o servo mau é aquele que não for encontrado vigiando. E se aquele servo não for encontrado vigiando, ele dirá em seu coração: O meu Senhor retarda a sua vinda; e começará a espancar os criados, e as criadas, e a comer, e a beber, e a embriagar-se.

55 Virá o Senhor daquele servo no dia em que não o espera, e numa hora em que ele não sabe, e separá-lo-á, e porá a sua parte com os infiéis.

56 E o servo que soube a vontade do seu Senhor, e não se preparou para a vinda do seu Senhor, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites.

57 Mas o que não soube a vontade do seu Senhor, e fez coisas dignas de açoites, será castigado com poucos. Pois a qualquer que muito for dado, dele muito será requerido; e aquele a quem o Senhor confiou muito, dele os homens pedirão muito mais.