2016
Profecia e Revelação Pessoal


Mensagem da Primeira Presidência

Profecia e Revelação Pessoal

Imagem
Imagem

A verdadeira Igreja de Jesus Cristo foi restaurada e está na Terra hoje. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias sempre foi liderada por profetas e apóstolos vivos, que recebem constante orientação do céu.

Esse padrão divino também era válido antigamente. Aprendemos na Bíblia: “Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Amós 3:7).

Deus falou novamente em nossos dias por meio do Profeta Joseph Smith. Ele revelou por intermédio do Profeta Joseph o evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude. Restaurou Seu santo sacerdócio com suas chaves e todos os direitos, poderes e funções do poder sagrado do sacerdócio.

Em nossos dias, profetas e apóstolos vivos são autorizados a falar, ensinar e dirigir com autoridade de Deus, o Pai, e do Senhor Jesus Cristo. O Salvador disse ao Profeta: “O que eu, o Senhor, disse está dito e não me desculpo; e ainda que passem os céus e a Terra, minha palavra não passará, mas será toda cumprida, seja pela minha própria voz ou pela voz de meus servos, é o mesmo” (D&C 1:38).

Na conferência geral, duas vezes por ano, somos abençoados com a oportunidade de ouvir a palavra de Deus por meio de Seus servos. É um privilégio inestimável. Mas o valor dessa oportunidade depende de recebermos ou não essas palavras sob a influência do mesmo Espírito pelo qual foram dadas àqueles servos (ver D&C 50:19–22). Assim como eles receberam orientação do céu, devemos fazer o mesmo. E isso exige de nós o mesmo nível de esforço espiritual.

“Fazer Minha Parte”

Há vários anos, um dos membros do Quórum dos Doze Apóstolos pediu-me que lesse um discurso que ele estava preparando para proferir na conferência geral. Eu era o membro mais novo do quórum. Senti-me honrado por ele ter-me considerado capaz de ajudá-lo a encontrar as palavras que o Senhor desejava que ele falasse. Com um sorriso, ele me disse: “Este é o vigésimo segundo rascunho do discurso”.

Lembrei-me do conselho que o amoroso e bondoso Presidente Harold B. Lee (1899–1973) me dera com grande ênfase: “Hal, se quiser receber revelação, faça sua parte primeiro”.

Li aquele vigésimo segundo rascunho e ponderei e orei a respeito dele. Estudei o melhor que pude sob a influência do Espírito Santo. Quando aquele membro do quórum fez seu discurso, eu já fizera minha parte. Não tenho certeza se ajudei, mas sei que algo havia mudado em mim quando ouvi o discurso ser proferido. Recebi mensagens que iam muito além das palavras que eu lera e que ele proferiu. As palavras tinham maior significado do que as que eu lera no rascunho. E a mensagem parecia dirigida a mim, bem de acordo com minhas necessidades.

Os servos de Deus jejuam e oram para receber a mensagem que Ele deseja que eles transmitam aos que necessitam de revelação e inspiração. O que aprendi com aquela experiência, e com muitas outras semelhantes, foi que, para adquirir os maiores benefícios disponíveis por ouvir os profetas e apóstolos vivos, devemos nós mesmos pagar o preço necessário para receber revelação.

O Senhor ama cada pessoa pessoa que ouve Sua mensagem e Ele conhece o coração e as circunstâncias de cada uma delas. Ele sabe qual repreensão, incentivo e verdade do evangelho vão ajudar melhor cada pessoa a decidir o rumo a seguir no caminho da vida eterna.

Nós que ouvimos e vemos as mensagens da conferência geral às vezes pensamos depois: “Do que mais me lembro?” A esperança do Senhor para cada um de nós é a de que nossa resposta seja: “Nunca me esquecerei daqueles momentos em que senti a voz do Espírito na mente e no coração dizendo-me o que eu poderia fazer para agradar a meu Pai Celestial e o Salvador”.

Podemos receber revelação pessoal quando ouvimos os profetas e apóstolos e quando nos esforçamos com fé para recebê-la, assim como o Presidente Lee disse que poderíamos. Sei que isso é verdade por experiência própria e pelo testemunho do Espírito.