Ensinar as Crianças
anterior próximo

Ensinar as Crianças

Quando o Salvador ressurreto visitou os nefitas, “ele ensinou e abençoou as criancinhas (…) e soltou-lhes a língua; e disseram grandes e maravilhosas coisas a seus pais, maiores até do que as que ele revelara ao povo” (3 Néfi 26:14). As ações do Salvador são um exemplo para você ao ensinar, cuidar e influenciar a fé e a conversão das crianças (ver 3 Néfi 17:23).

Apoiar os Pais

Os pais são os professores do evangelho mais importantes para os filhos, eles têm tanto a responsabilidade principal quanto o maior poder para influenciar os filhos (ver Deuteronômio 6:6–7). Ao ensinar as crianças na Igreja, busque maneiras, em espírito de oração, para apoiar os pais nesse papel essencial. Por exemplo, você poderia conversar com os pais sobre as necessidades e os interesses de seus filhos, poderia contar para eles o que seus filhos estão aprendendo na classe e poderia descobrir como você pode apoiar os esforços dos pais ao ensinar.

Pergunta para refletir. Em meus esforços para ensinar as crianças na Igreja, como poderia reforçar as experiências que elas estão tendo no lar?

Exemplo das escrituras. O que o Espírito me ensina quando considero os exemplos de pais fiéis no Livro de Mórmon? (Ver, por exemplo, 1 Néfi 1:1; Enos 1:1–3; Alma 56:45–48.)

Usar uma Variedade de Métodos Didáticos

Nem todas as crianças são iguais, e elas estão se desenvolvendo rapidamente. Seus esforços para ensinar as crianças vão ser mais eficazes se você usar uma variedade de métodos didáticos, tais como:

  • Histórias. As crianças entendem os princípios do evangelho com mais facilidade quando os princípios são ensinados em uma história. As histórias ajudam as crianças a ver como o evangelho se aplica à vida delas. As histórias das escrituras, em particular, ensinam a doutrina de modo vigoroso — você poderia usar o relato de Joseph Smith da Primeira Visão, por exemplo, para ensinar sobre oração, revelação, maneiras de vencer a oposição e a natureza da Trindade. Você também pode usar histórias pessoais ou das revistas da Igreja. Ao ensinar as crianças pequenas, planeje maneiras de envolvê-las na história; por exemplo, elas poderiam segurar gravuras, repetir as frases ou fazer mímica.

  • Auxílios visuais. Auxílios visuais como gravuras, vídeos e objetos podem ajudar as crianças a entender melhor e a lembrar-se das histórias das escrituras e dos princípios que eles ensinam. Muitas gravuras e muitos vídeos podem ser encontrados na Biblioteca de Mídia SUD no site LDS.org

  • Música. Os hinos e as músicas podem ajudar as crianças a sentir o amor de Deus, sentir o Espírito e aprender as verdades do evangelho. As melodias, os ritmos e as rimas simples podem ajudar as crianças a lembrar-se das verdades do evangelho por muitos anos. Ao cantar com as crianças, ajude-as a descobrir e entender os princípios ensinados nas canções. A maioria das músicas do Músicas para Crianças e do hinário da Igreja incluem referências de escrituras que podem ser usadas para relacionar a canção à doutrina ensinada nas escrituras.

Pergunta para refletir. Que histórias, objetos e músicas posso usar para ajudar uma criança a entender com mais facilidade um princípio do evangelho?

Exemplo das escrituras. O que aprendo sobre a maneira de ensinar do Salvador em Mateus 18:1–5?

Ver também o vídeo “Primary Music Leader [A Líder de Música da Primária]” (no site LDS.org).

Dar às Crianças a Oportunidade de Expressar Sua Criatividade

Como filhos e filhas de Deus, as crianças nasceram para criar. Quando você convida as crianças a criar algo relacionado a um princípio do evangelho, você está ajudando-as a entender melhor o princípio e dando a elas um lembrete tangível do que aprenderam. Elas também podem usar a criatividade para compartilhar o que aprenderam com outras pessoas. Quando ensinar crianças dê a elas oportunidades para construir, desenhar, colorir, escrever e criar. Essas coisas são mais do que atividades divertidas — elas são essenciais ao aprendizado. Todas as edições das revistas A Liahona incluem atividades criativas para as crianças.

Pergunta para refletir. Como posso incluir atividades criativas ao ensinar?

Incentivar as Crianças a Fazer Perguntas

As crianças são naturalmente curiosas, elas têm muitas perguntas. Esforce-se para ver as perguntas como oportunidades, não como distrações ou obstáculos à sua aula. As perguntas das crianças são uma evidência de que elas estão prontas para aprender. Tais perguntas dão a você ideias valiosas sobre o que as crianças estão pensando, que preocupações elas têm e como elas estão respondendo às coisas que estão aprendendo. Ajude-as a ver que as respostas às perguntas delas podem ser encontradas nas escrituras e nas palavras dos profetas vivos.

Pergunta para refletir. Como posso mostrar às crianças em minha classe que eu valorizo as perguntas e a curiosidade delas?

Exemplo das escrituras. Como o jovem Joseph Smith foi abençoado por um convite a fazer perguntas? (Ver Joseph Smith—História 1:10–20.)

Convidar as Crianças a Compartilhar O Que Sabem

Quando as crianças aprendem algo novo, elas naturalmente querem contar para outras pessoas. Incentive esse desejo dando a elas oportunidades de ensinar os princípios do evangelho umas às outras, à família e aos amigos. Peça-lhes que compartilhem com você os pensamentos, os sentimentos e as experiências relacionados aos princípios que você está ensinando. Você vai descobrir que elas têm ideias que são simples, puras e poderosas.

Pergunta para refletir. Que verdades do evangelho aprendi com uma criança?

Exemplo das escrituras. O que aprendo com o exemplo do Salvador em 3 Néfi 26:14?

Demonstrar Amor ao Lidar com as Interrupções

Às vezes, uma criança age de modo a interromper o aprendizado das outras na classe. Quando isso acontecer, seja paciente, amoroso e compreensivo com os desafios que a criança pode estar enfrentando. Ela pode apenas precisar de mais oportunidades para participar da aula de maneira positiva — segurar uma gravura, desenhar algo no quadro ou ler uma escritura.

Se a criança continua a interromper, pode ser útil falar com ela em particular. Em espírito de amor e paciência, explique-lhe suas expectativas e sua confiança de que ela pode alcançá-las. Você pode convidar um dos pais da criança ou um membro da presidência da Primária para participar dessa conversa.

Se as interrupções forem causadas por uma criança com necessidades especiais, converse com o especialista em necessidades especiais da ala ou da estaca ou acesse o site disabilities.LDS.org para descobrir como você pode melhor atender a essas necessidades.

Pergunta para refletir. Há alguma alteração que eu possa fazer em minha abordagem de ensino que poderia ajudar uma criança que está causando interrupções a sentir-se amada?

Exemplo das escrituras. O que Provérbios 15:1; Doutrina e Convênios 18:10; e 121: 41–44 ensinam sobre como lidar com as interrupções?

Para o Líder do Debate

Compartilhar e aconselhar-se. Comece pedindo aos professores que contem experiências de ensino recentes e façam perguntas relacionadas ao ensino.

Aprender juntos. Peça aos professores que conversem sobre uma ou mais ideias dessa seção. Não tente abordar tudo em uma reunião.

Praticar: Peça aos professores que encenem ensinar um princípio do evangelho para uma criança, usando as sugestões desta seção. Você pode convidar algumas crianças da Primária para serem ensinadas. Em seguida, permita que os professores façam comentários.

Preparar-se. Decidam juntos um tópico para a próxima reunião e convide os professores a preparar-se.