4.20 Métodos de resguardo de máquinas
    Notas de rodapé

    4.20 Métodos de resguardo de máquinas

    Estas diretrizes fornecem informações gerais sobre o resguardo de máquinas. Exemplos de pontos das máquinas que expõem o funcionário a lesões são polias, volantes de motores, pontos de esmagamento, correias, engrenagens, eixos, pontas de haste, porcas ou quaisquer outras projeções potencialmente perigosas. Protetores fixos de gabinete, que envolvem completamente um ponto de operação perigosa, são preferidos a todos os outros tipos; eles fornecem proteção máxima, exigem manutenção mínima, são adequados para operações repetitivas e de alta produção e podem ser instalados de modo a atender muitas aplicações específicas. Um envoltório de proteção fixo também pode controlar efetivamente poeira e lascas. Deve-se proteger toda peça, função ou processo da máquina que possa causar ferimento.

    Siga estas orientações para resguardar as máquinas:

    • Providencie um ou mais métodos de resguardo da máquina a fim de proteger o operador e outros funcionários contra riscos criados pelos pontos de operação.

    • Sempre que possível, instale proteções na máquina. Se não for possível, anexe-as ao local onde elas ofereçam a maior proteção.

    • Uma pessoa qualificada deve projetar e instalar dispositivos de segurança que garantam que nenhuma parte do corpo de um operador esteja em uma zona de risco.

    • Instale e monte cada máquina de modo que ela não “ande” nem se mova enquanto opera a toda velocidade.

    • Somente use rodas abrasivas em máquinas com proteções de segurança.

    • Mantenha os controles de energia e operação ao alcance fácil do operador enquanto ele estiver em uma estação de trabalho regular. O operador não deve precisar se inclinar por cima de uma máquina para ajustar os controles.

    • Somente use ferramentas aprovadas que sejam especificamente projetadas para mover materiais para dentro e para fora das máquinas. Essas ferramentas devem permitir que os funcionários manuseiem facilmente os materiais sem colocar a mão na zona de risco. As ferramentas não substituem os métodos de proteção exigidos.

    • Sempre que os controles de engenharia não estiverem disponíveis ou não forem totalmente capazes de proteger o funcionário, os operadores devem usar roupas de proteção ou equipamentos de proteção individual.

    • Deve-se instalar uma proteção na roda abrasiva de um esmeril para manter uma distância adequada da roda. A lingueta de proteção deve estar posicionada a no máximo 6,35 mm da roda abrasiva. A base da ferramenta não deve estar a mais de 3,18 mm da roda abrasiva.

    • A força dos fixadores deve exceder a força da proteção.