2.21 Indenização de funcionários (somente EUA e Canadá)
    Notas de rodapé

    2.21 Indenização de funcionários (somente EUA e Canadá)

    A indenização dos trabalhadores é um programa exigido pelo estado ou pela província, que utiliza fundos do empregador para pagar por lesões e doenças ocupacionais. As exigências variam em cada estado ou província. Todo funcionário da Igreja que se fira ou adoeça em decorrência e durante o período de emprego pode ser elegível para indenização. Os procedimentos a seguir ajudarão os gerentes e supervisores a garantir que os funcionários elegíveis recebam os benefícios de indenização de funcionários.

    2.21.1 Antes de um incidente

    Treine todos os funcionários em relação aos procedimentos de resposta a emergências.

    • Familiarize os supervisores e outros profissionais de segurança que responderão pelos ferimentos e pelas doenças ocupacionais com os nomes e locais dos prestadores de serviços médicos contratados em sua área que são especializados no tratamento de lesões e doenças industriais. Consulte a Divisão de Gestão de Riscos para obter assistência.

      • Alguns estados permitem que os funcionários acidentados optem por receber tratamento de outros provedores de serviços médicos; no entanto, nem todos os profissionais médicos tratam de lesões relacionadas à indenização de funcionários.

      • Se um funcionário escolher o tratamento fora da rede do provedor, poderá ser solicitado que ele peça a aprovação prévia do avaliador e pague as cobranças pleiteadas.

      • Somente em emergências os funcionários devem receber tratamento no pronto-socorro do hospital.

    • Informe os funcionários sobre seus direitos como funcionários acidentados publicando avisos e examinando as atualizações das informações com os funcionários. Os gerentes e supervisores são responsáveis por garantir que essas informações sejam adequadamente exibidas de acordo com os regulamentos locais.

    2.21.2 Procedimentos após um incidente

    1. O funcionário relata o incidente ao supervisor.

      • Os funcionários da Igreja devem relatar imediatamente uma lesão ou doença relacionada ao trabalho, por menor que seja, a seu supervisor. Se não conseguirem fazê-lo dentro do prazo exigido por lei, os funcionários poderão reduzir ou perder os benefícios de indenização.

    2. O funcionário procura assistência médica.

      • Procure assistência médica apropriada. Isso pode incluir primeiros socorros ou tratamento em clínicas de saúde do trabalho ou em outro provedor. Lembre-se, limite o tratamento no pronto-socorro do hospital apenas para emergências.

    3. O supervisor relata a doença ou o ferimento.

      • Dentro de 24 horas úteis após um incidente, o supervisor do funcionário ou o representante de segurança designado deve relatar qualquer incidente ocorrido usando o site incidents.churchofjesuschrist.org.

      • Os supervisores de Dakota do Norte, Ohio, Virgínia Ocidental e Wyoming devem contatar os escritórios de indenização de funcionários de seu estado.

      • Os supervisores do Canadá devem relatar o incidente por meio dos escritórios provinciais de indenização de funcionários.

      • Esteja preparado para relatar as seguintes informações:

      • Informações do reclamante (funcionário ferido)

        • Número de identificação do funcionário

        • Nome completo: nome, nome do meio, sobrenome

        • Número de telefone residencial

        • Endereço residencial, cidade, estado, código postal, condado

      • Informações sobre o incidente

        • Descrição do incidente ou da doença

        • Causa do incidente (escorregar, derramar, cair, etc.)

        • Parte principal do corpo envolvida (dedo, mão esquerda, mão direita, etc.)

        • Natureza específica do incidente (queimado, cortado com faca, exposto a produtos químicos, etc.)

        • Local do incidente (se diferente do local do relatório): endereço, cidade, estado

        • É um local de propriedade da Igreja?

        • Informações do médico: nome, endereço, cidade, estado, código postal, telefone e ramal, condado

        • Informações hospitalares (se aplicável): nome, endereço, cidade, estado, código postal, telefone e ramal, condado

      • Informações da testemunha

        • Nome completo

        • Telefone residencial

        • Telefone comercial e ramal

    2.21.3 Operadora de indenização do funcionário

    A operadora de indenização de funcionários avalia o relatório e determina se o funcionário é elegível para benefícios. A indenização de funcionários é regida de acordo com os regulamentos do estado ou da província onde o funcionário estava trabalhando quando o incidente ocorreu. Informações sobre os direitos de indenização de funcionários podem ser obtidas com a operadora de indenização de funcionários.

    2.21.4 Retorno ao trabalho

    O supervisor, o funcionário, o representante do departamento de recursos humanos e a equipe da Divisão de Gestão de Riscos coordenam esforços para ajudar o funcionário acidentado a voltar ao trabalho. O funcionário acidentado pode retornar ao dever integral ou temporário ou solicitar acomodação permanente, dependendo das circunstâncias. Tanto o empregador quanto o funcionário são encorajados a minimizar o impacto de lesões e doenças relacionadas ao trabalho por meio do apoio a tarefas coordenadas e temporárias de serviço leve para os funcionários acidentados. Devem fazê-lo até que possam determinar a capacidade do funcionário de retornar permanentemente a tarefas regulares.

    2.21.5 Informações adicionais

    Informações detalhadas a respeito do plano de indenização de funcionários da Igreja se encontram na seção 3.3 das Normas dos Departamentos do Bispado Presidente, 2018.